Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322732
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da vida útil dinâmica de uvas : modelagem matemática da perda de massa por transpiração
Title Alternative: Evaluation of table grapes dynamic shelf-life : mathematical modelling of mass loss due to transpiration
Author: Pereira, Ericsem, 1988-
Advisor: Silveira Júnior, Vivaldo, 1962-
Abstract: Resumo: As condições climáticas afetam diretamente a qualidade pós-colheita de frutas e, se não controladas, podem ser um fator crítico na diminuição de sua vida útil. Em uvas de mesa (Vitis Vinifera L.), a qualidade é afetada principalmente pela desidratação dos cachos, a qual promove escurecimento da ráquis e aparência ressecada nas bagas. Em uma cadeia logística de distribuição, flutuações nas condições de temperatura e umidade relativa (UR) são comuns e podem intensificar a deterioração da qualidade. O objetivo principal desse estudo foi desenvolver um modelo preditivo para a perda de massa por transpiração em uvas de mesa, validando as previsões do modelo em cenários de temperatura e UR variáveis. Realizaram-se ensaios experimentais para avaliar também as correspondências entre as perdas de massa dos cachos e as alterações no seu aspecto visual e o efeito de tempos de atraso para dar início ao resfriamento (cooling delays) sobre as suas taxas de transpiração. Assim, uvas das variedades `Crimson Seedless¿ e `Niagara¿ foram armazenadas em ambientes de temperatura controlada (em torno de 2, 5, 10 e 15 °C) com UR aproximadamente constantes (50 a 60%) e a redução da massa inicial foi medida durante o período de testes. Os dados experimentais obtidos foram utilizados para estimar os parâmetros do modelo preditivo por meio de regressão não linear. Subsequentemente, os parâmetros estimados foram testados em ensaios de validação, nos quais amostras de ambas as variedades de uvas foram armazenadas em refrigeradores comuns, sujeitas a flutuações de temperatura e UR. Os testes de validação comprovaram a habilidade preditiva do modelo, o qual descreveu adequadamente a perda de massa das uvas `Crimson Seedless¿ e `Niagara¿. Portanto, o método aplicado foi útil para fazer o ajuste do modelo preditivo, uma vez que o modelo parametrizado ofereceu estimativas satisfatórias para a perda de massa das uvas em ambas as variedades estudadas. As observações experimentais do aspecto visual dos cachos e da ráquis mostraram que o nível crítico de perda de massa nos cachos depende da variedade estudada, bem como os ensaios com cooling delays indicam que a extensão dos danos causados nos frutos varia de acordo com a cultivar. Os ensaios com cooling delays também mostraram que as taxas de transpiração de frutos que passaram por esses tratamentos antes de serem armazenados em refrigeração constante não diferem significativamente daquelas de frutos que não passaram pelos tempos de espera antes do início do resfriamento

Abstract: Climatic conditions directly affect fruits post-harvest quality, and if not controlled, may be a critical factor diminishing their shelf-life. In table grapes (Vitis Vinifera L.), quality is affected mainly by cluster dehydration, which promotes rachis browning and shriveled berry surfaces. In a logistic chain of distribution, fluctuations in temperature and relative humidity (RH) conditions are common and may intensify quality decay. The main objective of this study was developing a predictive model to mass loss by transpiration of table grapes, validating the model predictions in scenarios of variable temperature and RH conditions. Experimental tests also evaluated the correspondence between clusters mass loss and visual aspects changes and the effect of cooling delays in transpiration rates of the fruit. Thus, table grapes of cultivars `Crimson Seedless¿ and `Niagara¿ were stored in controlled temperature environments (around 2, 5, 10 and 15 °C) with RH approximately constant (50 to 60%) and the initial mass reduction was measured during the experiment period. The obtained experimental data was used to fit a predictive model and estimate the parameters of the model parameters. Subsequently, validation tests, in which samples were stored in common refrigerators subjected to temperature and RH fluctuations, were used to evaluate parameters estimated for both cultivars. Validation tests confirmed the predictive ability of the model, which described adequately the table grapes mass loss, both for `Crimson Seedless¿ and `Niagara¿. Therefore, the method applied was useful to calibrate the predictive model, since the parametrized model yielded satisfactory estimations for the table grapes mass loss in both studied cultivars. The experimental observations of the visual aspect have shown that the critical level of cluster mass loss depends on the cultivar studied, as well as the cooling delays tests indicate that the extend of the mass loss damage vary from one cultivar to another. Cooling delay tests have also shown that the transpiration rates of grapes submitted to these treatments before refrigerated storage are not significantly different from those of fruits immediately refrigerated
Subject: Modelagem
Uva de mesa
Vida útil
Qualidade pós-colheita
Editor: [s.n.]
Citation: PEREIRA, Ericsem. Avaliação da vida útil dinâmica de uvas: modelagem matemática da perda de massa por transpiração. 2017. 1 recurso online (76 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322732>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_Ericsem_M.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.