Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322726
Type: TESE DIGITAL
Title: Interação social em entrevistas televisivas eleitorais nas eleições presidenciais brasileiras de 2014
Title Alternative: Social interaction in electoral television interviews in the Brazilian presidential elections of 2014
Author: Gurgel, Lucas, 1990-
Advisor: Bentes, Anna Christina, 1963-
Abstract: Resumo: No presente trabalho, procuramos investigar o papel da mídia em entrevistas televisivas eleitorais com candidatos à Presidência da República nas eleições de 2014. Para isso, analisamos as ações desempenhadas pelos entrevistadores, os jornalistas William Bonner e Patrícia Poeta, então âncoras à época das entrevistas em agosto de 2014 do telejornal Jornal Nacional (doravante, JN), veiculado pela Rede Globo. Também analisamos as ações discursivas dos candidatos, como o atendimento ou não aos tópicos realizados pelos candidatos entrevistados, na ordem: Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB), Dilma Rousseff (PT), pastor Everaldo (PSC) e Marina Silva (PSB-Rede). Assumimos a noção de turno conversacional da perspectiva textual-interativa proposta inicialmente pelos sociólogos americanos H. Sacks, E. Schegloff e G. Jefferson em seu texto sobre o sistema de organização de tomada de turnos, uma das principais unidades de análise que nos apoiamos para sustentar essa dissertação. Para tanto, analisamos o par pergunta-resposta. Assumimos também a noção de tópico discursivo desenvolvida pelo conjunto de pesquisadores brasileiros estudiosos da organização textual-interativa, no âmbito do Projeto da Gramática do Português Falado (PGPF). O corpus selecionado para nossa pesquisa é composto pelas cinco entrevistas do JN com os candidatos, que somadas consistem em 1 hora e 15 minutos de fala. Outro conceito que adotamos é do gênero entrevista, definido por Fávero et al como uma criação coletiva, pois é o lugar em que os participantes constituem relações de dominância ou igualdade, convivência ou conflito. A partir de nossas análises, observamos que as entrevistas eleitorais podem ser consideradas como um tipo de contexto midiático estratégico devido (i) ao papel do entrevistador no controle da interação, especialmente por meio das ações de interrupção que reconfiguram o sistema de tomada de turnos nessas entrevistas; e (ii) ao modo como ocorre a gestão do tópico nas entrevistas, o que resulta em um desempenho prejudicado especialmente das candidatas Dilma Rousseff e Marina Silva e um consequente favorecimento aos candidatos Aécio Neves, pastor Everaldo e Eduardo Campos

Abstract: In the present work, our goal is to investigate the midia role in television interviews with candidates to Republic¿s presidency in 2014 election. To do that, we have analyzed the actions performed by the interviewers, the journalists William Bonner and Patrícia Poeta, anchors of the TV newscast Jornal Nacional (from now on referred to as JN) broadcasted by Rede Globo at the time the interviews were conducted in August 2014. In addition, we have analyzed the discursive actions of the candidates interviewed, for example, whether they have fulfilled the topics or not, in the following order: Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB), Dilma Rousseff (PT), Pastor Everaldo (PSC), and Marina Silva (PSB-Rede). We have assumed the notion of conversational turn from textual-interactive perspective, initially proposed by the American sociologists H. Sacks, E. Schegloff and G. Jefferson in their text about the turn-taking organization system ¿ one of the main analysis unit we have relied upon to support this dissertation. In order to do that, we analyzed the question-answer pair. Furthermore, we have assumed the notion of discursive topic developed by the Brazilian researchers group, scholars of textual-interactive organization in the scope of the Spoken Portuguese Grammar Project (PGPF). The selected corpus for our research is composed of five JN interviews with the candidates which, together, totalize 1 hour and 15 minutes of speech. Another concept we have adopted is the one of interview as a genre, defined as a collective creation, since it is a place where participants constitute relationships of dominance or equality, coexistence or conflict. Based on our analysis, we have observed that the electoral interviews can be considered as a form of strategic media context due to (i) the interviewer¿s role in the interaction control, specially through interrupting actions which reconfigure the turn-taking system in these interviews; and (ii) the way the topic management occurs in the interviews, resulting in impaired performance, specially by the candidates Dilma Rousseff and Marina Silva, and consequential favoring of the candidates Aécio Neves, Pastor Everaldo, and Eduardo Campos
Subject: Presidentes - Brasil - Eleições, 2014
Entrevistas em televisão - Brasil
Análise do discurso
Topico discursivo
Análise da conversação
Âncoras (Telejornalismo)
Interação social
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gurgel_Lucas_M.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.