Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322674
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Bacusia, ou o país do carnaval : o refinado riso da eutrapelia
Title Alternative: Bacchusia, or the carnival land : the refined laughter of eutrapelia
Author: Brandão, Júlia Ciasca, 1991-
Advisor: Berriel, Carlos Eduardo Ornelas, 1951-
Abstract: Resumo: Esta dissertação consiste em um estudo sobre Bacchusia oder Fastnachtland (1677), de Christoph Andreas Hörl von Wattersdorf. Ao longo da exposição, discute-se, primeiramente, Utopia (1640), obra latina homônima à de Thomas Morus, escrita em 1604 por Jakob Bidermann, jesuíta e futuro inquisidor da Igreja católica em Roma, e que serviu de base para a composição posterior de Hörl. Esta dissertação se propôs a investigar, na medida do possível, em que circunstâncias Hörl estabeleceu contato com o texto de base e se interessou por ele; além de estudar as possíveis definições de Bacchusia oder Fastnachtland como paráfrase, plágio, imitação ou emulação do texto de Bidermann. A investigação das circunstâncias históricas em que foram publicadas as obras e as biografias disponíveis dos autores permitiram apresentar este estudo crítico. Para a compreensão dos textos, foi necessário investigar também algumas de suas características literárias, sua possível inserção no gênero literário utópico, entre outros elementos. O estudo das configurações, significados e efeitos do Carnaval e do grotesco, bem como a função ocupada pelo grotesco na pedagogia religiosa, inserida na cultura trentina; a história do riso no século XVII; a Guerra dos Trinta Anos; e alguns topoi recorrentes na literatura barroca alemã foram essenciais para a composição desta dissertação. A tradução de Bacchusia oder Fastnachtland, por sua, vez, propõe-se a servir de apoio a esse estudo, bem como intenta divulgar, em língua portuguesa, uma obra que se encontra esquecida na Alemanha e completamente desconhecida no Brasil, e que é fruto desse ambiente tão complexo e antitético que é o Barroco alemão

Abstract: This dissertation consists of a study about Bacchusia oder Fastnachtland (1677), wirtten by Christoph Andreas Hörl von Wattersdorf. At long the exposition, one discusses about Utopia (1640), a Thomas Morus¿s homonymous latin work, written in 1604 by Jakob Bidermann, german jesuit and future inquisitor of the Catholic Church in Rome, that served as a base for the later composition of Hörl. This dissertation proposed to investigate, as far as possible, under what circumstances Hörl has made contact with the Utopia and became interested in it; and also the possible definitions of Bacchusia oder Fastnachtland as a paraphrases, plagiarism, imitation or emulation of Bidermann¿s text. The investigation of the historical circumstances in which the works were published and the available biographies of the authors allowed one to present this critical study. For the understanding of the works, it was necessary to investigate also some of its literary characteristics, its possible insertion in the utopian literary genre, among other elements. The study of the configurations, meanings and effects of Carnival ando f the grotesque, as well as the function occupied by the grotesque in the religious pedagogy, inserted in the Trentine Culture; the story of laughter in the seventeenth century; The Thirty Years' War; and some recurrent topoi in the German Baroque literature were essential for the composition of this dissertation. The translation of Bacchusia oder Fastnachtland, in its turn, proposes to serve as a support to this study, as well as attempts to disseminate, in Portuguese idiom, a work that is forgotten in Germany and completely unknown in Brazil, and which is a product of this complex and antithetical time, that is the German baroque
Subject: Hörl von Wattersdorf, Christoph Andreas, m. 1693. Bacusia, ou o país do Carnaval - Crítica e interpretação
Hörl von Wattersdorf, Christoph Andreas, m. 1693. Bacusia, ou o país do Carnaval - Traduções para o português
Bidermann, Jakob, 1577 ou 1578-1639. Utopia - Crítica e interpretação
Utopias na literatura
Carnaval na literatura
Virtudes na literatura
Riso - História - Séc. XVII
Editor: [s.n.]
Citation: BRANDÃO, Júlia Ciasca. Bacusia, ou o país do carnaval: o refinado riso da eutrapelia. 2017. 1 recurso online ( 434 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322674>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Brandao_JuliaCiasca_M.pdf78.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.