Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322362
Type: TESE DIGITAL
Title: Funções executivas e cognição social em crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
Title Alternative: Executives functions and social cognition in children with attention deficit hyperactivity disorder
Author: Pereira, Camila de Fátima, 1989-
Advisor: Celeri, Eloisa Helena Rubello Valler, 1959-
Abstract: Resumo: Crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) geralmente apresentam problemas nas interações sociais. As funções executivas são responsáveis pelo comportamento e estão relacionadas ao repertório da cognição social. A cognição social está associada às capacidades de identificar, manipular e regular o comportamento a partir do processamento de pistas sociais percebidas e, são vistas como um fator de proteção para o indivíduo. Crianças com TDAH podem apresentar dificuldades nessas áreas e muitas destas dificuldades podem ser em decorrência de alterações neuropsicológicas, notadamente das funções executivas. O presente estudo tem como objetivo analisar a relação das funções executivas com a cognição social em crianças com TDAH. Participaram do estudo 78 crianças, sendo 48 com TDAH e 30 controles, de ambos os sexos, na faixa etária entre 8 a 12 anos. Foi utilizado um protocolo de avaliação neuropsicológica e os instrumentos utilizados foram Escala Wechsler de Inteligência para Crianças ¿ 4a edição, Teste de Trilhas Coloridas, Teste Wisconsin de Classificação de Cartas, Figuras Complexas de Rey, Teste da Torre de Londres, Teste Stroop, Teste de Fluência Verbal. E para avaliação da cognição social foram utilizados o Faces Test e Sistema Multimídia de Habilidades Sociais de Crianças. Os resultados evidenciaram que crianças com TDAH demonstram mais dificuldade na cognição social, especialmente no reconhecimento de emoções complexas, e nas habilidades de empatia, assertividade, autocontrole e participação e, estas podem ser em partes explicadas pelas relações com as funções executivas

Abstract: Children with Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) usually present problems in social interactions. Executive functions are responsible for behavior and are related to the repertoire of social cognition. Social cognition is associated with the ability to identify, manipulate and regulate behavior from the processing of perceived social cues and are seen as a protective factor for the individual. Children with ADHD may present difficulties in these areas and many of these difficulties may be due to neuropsychological changes, especially executive functions. The present study aims to analyze the relationship between executive functions and social cognition in children with ADHD. A total of 78 children participated in the study, 48 of them with ADHD and 30 controls, both boys and girls, aged between 8 and 12 years. A neuropsychological assessment protocol was used and the instruments used were Wechsler Intelligence Scale for Children ¿ 4ª edition, Test the colored tracks, Wisconsin Card, Rey Complex Figures, London Tower Test, Stroop Test, Verbal fluency. And for the evaluation of social cognition were used the Faces Test and Multimedia System of Children's Social Skills. The results showed that children with ADHD demonstrate more difficulty in social cognition, especially in the recognition of complex emotions, and in the abilities of empathy, assertiveness, self-control and participation, and these can be explained in part by the relations with executive functions
Subject: Transtorno do deficit de atenção com hiperatividade
Função executiva
Cognição - Aspectos sociais
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_CamiladeFatima_M.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.