Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322345
Type: TESE DIGITAL
Title: Desenvolvimento e avaliação de um MOOC interativo para ensino de biologia celular = Development and evaluation of an interactive MOOC for the teaching of Cell biology
Title Alternative: Development and evaluation of an interactive MOOC for the teaching of Cell biology
Author: Oliveira, Mayara Lustosa de, 1989-
Advisor: Galembeck, Eduardo, 1968-
Abstract: Resumo: Nas últimas décadas a Biologia e a Ciência de um modo geral passaram por uma revolução sem precedentes. Embora a Biologia como ciência tenha experimentado uma transformação significativa, as alterações na área educacional e o currículo mudam mais lentamente. A fim de modificar tal cenário, o projeto "Vision and Change" traz propostas para melhor preparar estudantes de graduação para os desafios relacionados à Biologia no século XXI. As recomendações incluem: utilizar metodologias de aprendizagem centradas no aluno, adotar tecnologias que envolvem e permitem interação por parte dos estudantes, definir os objetivos de aprendizagem e alinhar com as avaliações, dar aos alunos um feedback contínuo de seu progresso e aplicar os dados da avaliação para melhorar e aperfeiçoar o processo de ensino. Os Cursos Massivos Abertos Online, do inglês "Massive Open Online Courses" (MOOCs), associados às ferramentas analíticas de aprendizagem proporcionam grandes oportunidades para o alcance de tais objetivos. A presente pesquisa teve como objetivo desenvolver e avaliar um MOOC interativo voltado para ensino de Biologia Celular. O MOOC foi estruturado por meio das técnicas do Design Instrucional e das diretrizes oferecidas pelo Guia de Construção de Recursos Digitais do Departamento de Educação dos Estados Unidos. Como base para estruturação foi utilizado um aplicativo denominado "The Cell". No MOOC atual há treze módulos, voltados para estudantes de graduação, contudo, por ser um MOOC não há restrição a um público específico. Os módulos possuem quatro submódulos: conteúdo, desafio, jogos de fixação e avaliação. A fim de concluir o curso o usuário deve completar as atividades de todos os módulos e realizar a avaliação final, composta por duas perguntas discursivas e duas missões. As perguntas discursivas são corrigidas pelos próprios usuários (método peer review) por meio de rubricas. Para tratamento dos dados, provenientes das questões e da interação com o aplicativo, foram utilizadas duas interfaces: o Google Analytics e um módulo de análise estatística que nós desenvolvemos. As ferramentas citadas possibilitaram identificar a quantidade de usuários do MOOC, sua localização geográfica, quantos responderam todas as questões, o tempo que levaram para respondê-las, sendo possível identificar aqueles que estavam apenas arriscando palpites e os que estavam respondendo seriamente. Além disso, também foi possível verificar quais as respostas inseridas em cada questão, o que permite constatar erros conceituais e corrigi-los pontualmente. Os resultados observados demonstram que o MOOC, associado às ferramentas analíticas de aprendizagem, reduzem o tempo para tabulação e análise dos dados e permitem intervenções precisas por parte dos instrutores. A associação também é promissora e eficaz para ajudar instrutores numa execução mais transparente e objetiva da avaliação formativa, uma vez que fornece dados sobre o comportamento de aprendizagem do aluno e indicadores de desempenho que possibilitam atuação sobre as deficiências identificadas. Ela também oferece feedback contínuo sobre o progresso dos estudantes e permite a aplicação dos dados da avaliação para aperfeiçoar o processo de ensino. Nossos resultados têm implicações relevantes para desenvolvedores, instrutores e pesquisadores envolvidos na concepção e na avaliação de recursos tecnológicos educacionais nas mais diversas áreas de estudo

Abstract: In the last decades, Biology and Science, in general, have undergone an unprecedented revolution. Although biology, as a science, has experienced a significant transformation, changes in the teaching and curriculum happen at a slower rate. To modify this scenario, the Vision and Change Project brings proposals to better prepare undergraduates for the biology-related challenges of the 21st century. The recommendations include: using student-centered learning methodologies, adopting technologies that involve and enable student interaction, defining the set of learning objectives and aligning it with assessments, giving ongoing feedback to the students on their progress and applying assessment data to improve the teaching process. Massive Open Online Courses (MOOCs), associated with learning analytics tools, provide great opportunities to reach such goals. The present research aimed to develop and evaluate an interactive MOOC planned for Cell Biology teaching. The MOOC was designed through the Instructional Design techniques and guidelines provided by the Ed Tech Developer's Guide of the US Department of Education. We used an application called "The Cell" as a basis to structuring this course. In the current MOOC, there are thirteen modules, aimed at undergraduate students, however, since this is a MOOC, there is no audience restriction. The modules have four sub-modules: content, challenge, training games and assessment. In order to conclude the course, the user must finalize all modules activities and also complete the final assessment, composed of two issue questions and two missions. Two interfaces were used for the treatment of the data from the answers of the questions and the user interaction with the application: Google Analytics and a Statistical Analysis Module that we developed. The tools mentioned above allowed to identify the number of MOOC users, their geographic location, how many of them answered all questions, how much time they spent using the application, and to identify those who were just guessing and those who were seriously answering the questions. In addition, it was also possible to verify the answers of each question, which allows to check conceptual errors and the precise correction of them. The observed results demonstrate that the MOOC, associated with the learning analytics tools, reduces the time for tabulation and analysis of the data, and allows accurate interventions of the instructors. The association is also promising and useful in assisting instructors on a more transparent and objective implementation of the formative assessment, since it provides information on student learning behavior and performance indicators, which enable actions on identified deficiencies. It also provides ongoing feedback on students' progress and allows the use of assessment data to improve the teaching process. Our results have important implications for developers, instructors and researchers involved in the design and evaluation of educational technology resources in the most diverse areas of study
Subject: MOOCs (Cursos Massivos Abertos Online)
Biologia celular - Estudo e ensino
Educação - Processamento de dados
Tecnologia educacional
Avaliação formativa
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_MayaraLustosade_D.pdf23.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.