Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322060
Type: TESE DIGITAL
Title: Efeitos anti-inflamatórios do propranolol na articulação temporomandibular de ratas e sua contribuição na ação antinociceptiva = Anti-inflammatory effects of propranolol in the temporomandibular joint of rats and its contribution to its antinociceptive action
Title Alternative: Anti-inflammatory effects of propranolol in the temporomandibular joint of rats and its contribution to its antinociceptive action
Author: Zanelatto, Fernanda Barchesi, 1987-
Advisor: Tambeli, Claudia Herrera, 1969-
Abstract: Resumo: Foi demonstrado recentemente que os beta-bloqueadores reduzem a dor da articulação temporomandibular. Perguntamos se eles também reduzem a inflamação da articulação temporomandibular e, em caso afirmativo, se este efeito anti-inflamatório pode contribuir para a sua ação analgésica. Para determinar se os beta-bloqueadores reduzem a inflamação da articulação temporomandibular medimos alguns parâmetros de respostas inflamatória após a co-administração do beta-bloqueador propranolol com o agente inflamatório carragenina, na articulação temporomandibular de ratos fêmeas. Para determinar se o efeito anti-inflamatório de um beta-bloqueador pode contribuir para a sua ação antinociceptiva, temos a hipótese de que a ativação de beta-adrenoceptores na articulação temporomandibular induz nocicepção mediada, pelo menos em parte, pela resposta inflamatória. Para testar esta hipótese, foi examinada a resposta nociceptiva induzida pela ativação dos beta-adrenoceptores na articulação temporomandibular em ratos fêmeas pré-tratados com talidomida e fucoidan, que inibe a migração de neutrófilos e a síntese da citocina pro-inflamatória TNF-alfa, respectivamente. Descobrimos que a administração do propranolol beta-bloqueador com carragenina na articulação temporomandibular de ratas reduziu significativamente vários parâmetros da resposta inflamatória induzida pela carragenina, tais como extravasamento plasmático, a migração de neutrófilos e a libertação de citocinas pró-inflamatórias TNF-alfa, IL-1beta e CINC-1. Além disso, a nocicepção induzida pela injeção do agonista do receptor beta-adrenérgico, isoproterenol, na articulação temporomandibular, foi significativamente reduzida pela talidomida, fucoidan e pela co-administração do propranolol, mas não pelo antagonista de receptores beta-adrenérgicos, fentolamina. Concluímos que o propanolol tem efeitos anti-inflamatórios que podem contribuir para a sua ação antinociceptiva na articulação temporomandibular de fêmeas

Abstract: It has been recently demonstrated that beta-blockers reduce temporomandibular joint pain. We asked whether they also reduce temporomandibular joint inflammation and, if so, whether this anti-inflammatory effect may contribute to its analgesic action. To determine whether beta-blockers reduce temporomandibular joint inflammation, we measured many parameters of the inflammatory response after co-administration the beta-blocker propronolol with the inflammatory agent carrageenan in the temporomandibular joint of female rats. To determine whether the anti-inflammatory effect of a beta-blocker may contribute to its antinociceptive action, we hypothetized that the activation of beta-adrenoceptors in the temporomandibular joint induces nociception mediated, at least in part, by the inflammatory response. To test this hypothesis, we examined the nociceptive response induced by the activation of the beta-adrenoceptors in the temporomandibular joint in female rats pretreated with thalidomide and fucoidan, which inhibits neutrophil migration and the synthesis of the pro-inflammatory cytokine TNF-Alpha, respectively. We found that the administration of the beta-blocker propranolol with carrageenan in the temporomandibular joint of female rats significantly reduced several parameters of the inflammatory response induced by carrageenan such as plasma extravasation, neutrophil migration and release of the pro-inflammatory cytokines TNF-Alpha, IL-1beta, and CINC-1. Furthermore, the injection of the beta-adrenergic receptor agonist isoproterenol in the temporomandibular joint induced nociception that was significantly reduced by thalidomide, fucoidan and by the co-administration of propranolol but not of the beta-adrenergic receptor antagonist phentolamine. We conclude that propranolol has anti-inflammatory effects that may contribute to its antinociceptive action in the temporomandibular joint of females
Subject: Propranolol
Articulação temporomandibular
Atividade antinociceptiva
Anti-inflamatórios
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zanelatto_FernandaBarchesi_M.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.