Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322052
Type: TESE DIGITAL
Title: Perfil metabólico de nucleosídeos em amostras de soro sanguíneo de indivíduos com câncer de próstata e pâncreas avaliado por cromatografia liquida acoplada a espectrometria de massas  
Title Alternative: Profile of nucleosides metabolic in serum blood samples the patients with prostate cancer and pancreas analyzed chromatography with mass spectrometry  
Author: Guedes, Sumaya Ferreira, 1987-
Abstract: Resumo: O prognóstico precoce das neoplasias malignas se tornou um dos maiores desafios da medicina moderna, pois permite que as intervenções e terapias efetivas possam contribuir para a redução da mortalidade e morbidade por câncer. Os nucleosídeos têm sido pesquisados como um grupo potencial de biomarcadores tumorais presentes em diversos fluidos biológicos. Porém, são disponibilizadas poucas informações sobre a quantidade dos nucleosídeos presentes em soro sanguíneo de indivíduos com diferentes neoplasias, principalmente sobre o câncer de pâncreas. Dessa forma, foram analisados oito nucleosídeos em soro sanguíneo de indivíduos saudáveis e com câncer (pâncreas e próstata) para avaliar a capacidade discriminante entre os grupos. A quantificação foi realizada em um HPLC-MS/MS com precipitação prévia das proteínas do soro sanguíneo com solvente orgânico, sem extração por fase sólida (SPE). O nucleosídeo timidina não apresentou sinal detectável em nenhuma das amostras de saudáveis ou doentes (abaixo do limite de detecção) e os nucleosídeos adenosina, 2-deoxiadenosina e inosina, apresentaram sinais abaixo do LQ, inviabilizando a quantificação em amostras reais. Para os demais nucleosídeos (uridina, 5-metiluridina, guanosina e xantosina) foi realizado o processo de validação, apresentando linearidade, precisão e exatidão de acordo com o órgão legislador. Após a validação, os nucleosídeos foram quantificados nas amostras de soro sanguíneo de 57 indivíduos saudáveis, 57 com câncer de pâncreas e 57 com câncer de próstata, sendo submetidos a análises estatísticas. Ao avaliar a concentração dos nucleosídeos em uma determinada população através da diferenciação entre os estados patológicos (doentes) e normais (saudáveis), foi possível observar as discriminações do grupo saudável em relação aos doentes, com maiores medidas de sensibilidade (96,5 %), especificidade (97,4 %), VPP (94,8 %), VPN (98,2 %) e acurácia (96,9 %) em relação aos métodos usualmente utilizados no diagnóstico de câncer de pâncreas (CA 19.9) e próstata (PSAt). No entanto, a discriminação entre os dois tipos de câncer (próstata e pâncreas) não foi aparente. Desta forma, embora não tenha sido observada uma discriminação distinta entre os grupos câncer, assim como um biomarcador especifico de cada tipo de neoplasia, foi possível diferenciar as amostras dos indivíduos com câncer e saudáveis, sendo possível utilizar a quantificação dos nucleosídeos no acompanhamento das terapias e intervenções realizadas, além de auxiliar nos exames rotineiramente utilizados, de forma a evitar resultados falso-positivos ou falso-negativos

Abstract: Early prognosis of malignant neoplasms has become one of the greatest challenges of modern medicine because it allows interventions and effective therapies can contribute to reducing mortality and morbidity from cancer. The nucleosides have been studied as a potential pool of tumor biomarkers present in various biological fluids. But they are provided little information about the amount of nucleoside present in blood serum of patients with different malignancies, particularly of pancreatic cancer. Thus, eight nucleosides were analyzed in serum from healthy individuals and cancer (pancreas and prostate) to evaluate the discriminating power between groups. Quantitation was performed on a HPLC-MS / MS with prior precipitation of the serum proteins with the organic solvent without solid phase extraction (SPE). The thymidine nucleoside did not show any detectable signal in the samples from healthy patients or patients (below detection limit) and the nucleosides adenosine, 2-deoxyadenosine and inosine presented below LOQ signals, preventing the measurement of actual samples. For other nucleosides (uridine, 5-methyluridine, guanosine and xanthosine) was performed the validation process, with linearity, precision and accuracy according to the legislator. After validation, the nucleosides were measured in serum samples from 57 healthy subjects, 57 with pancreatic cancer and 57 with prostate cancer and submitted to statistical analysis. In assessing the concentration of the nucleoside in a given population by differentiating between pathological conditions (patients) and normal (healthy), we observed discrimination healthy group compared to patients with higher sensitivity measures (96.5%), specificity (97.4%), PPV (94.8%), VPN (98.2%) and accuracy (96.9%) compared to the methods commonly used in the diagnosis of pancreatic cancer (CA 19.9) and prostate (PSAT). However, discrimination between the two types of cancer (prostate and pancreas) was not apparent. Thus, although it was not observed a distinct discrimination between cancer groups, as well as a specific biomarker of each type of cancer, it was possible to differentiate the samples of individuals with cancer and healthy, and you can use the quantification of nucleosides in the monitoring of therapies and interventions, and help in the tests routinely used in order to avoid false-positive or false-negative results
Subject: Biomarcadores tumorais
Cancer
LC-MS/MS
Nucleosídeos
Editor: [s.n.]
Citationo: GUEDES, Sumaya Ferreira. Perfil metabólico de nucleosídeos em amostras de soro sanguíneo de indivíduos com câncer de próstata e pâncreas avaliado por cromatografia liquida acoplada a espectrometria de massas  . 2016. 1 recurso online (84 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Química, Campinas, SP.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
IQ_Guedes, Sumaya Ferreira_D.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.