Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322009
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Cirurgia micrográfica de Mohs em um serviço universitário : estudo retrospetivo de cinco anos = Mohs micrographic surgery in an university hospital: 5 year restrospective study
Title Alternative: Mohs micrographic surgery in an university hospital : 5 year restrospective study
Author: Pontes, Luciana Takata, 1980-
Advisor: Moraes, Aparecida Machado de, 1958-
Abstract: Resumo: Introdução: A cirurgia micrográfica de Mohs (CMM) é um procedimento cirúrgico utilizado para o tratamento de neoplasias cutâneas. Na CMM as margens tumorais são histologicamente mapeadas no intra operatório, poupando-se o máximo pele sadia. Dessa forma há maior preservação de tecido e controle de margens se comparada com os outros procedimentos cirúrgicos. Uma das medidas objetivas utilizada na CMM é o número de estágios cirúrgicos necessários para que todo o tumor seja retirado. Acredita-se que esse número esteja relacionado a diversos fatores, como por exemplo, o tipo histológico da lesão. O objetivo do presente estudo é compreender melhor as características dos pacientes submetidos à CMM e determinar se a histologia do tumor pode estar relacionada com maior número de estágios e complicações pós operatórias. Metodologia: Foi realizada a avaliação dos prontuários dos pacientes submetidos à Cirurgia micrográfica de Mohs pela equipe da Disciplina de Dermatologia da FCM HC UNICAMP, de outubro de 2008 até novembro de 2013. Os pacientes que não possuíam os dados necessários para o estudo em seus prontuários foram excluídos. Um total de 139 pacientes ( n= 139) foram incluídos e foram coletados dados epidemiológicos como sexo e idade, dados sobre as características clinicas e histopatológicas do tumor como localização anatômica, tipo e subtipo histológico do tumor e dados relacionados à cirurgia, como número de estágios cirúrgicos e complicações pós-operatórias. Resultados: As tabelas de contingência foram utilizadas para cruzar o número de estágios cirúrgicos com os diferentes diagnósticos histológicos. Na análise verificou-se que pacientes com diagnóstico de carcinoma basocelular (CBC) superficial apresentavam 9.026 vezes mais chance de um maior número de estágios. Ao se relacionar as complicações com diagnóstico histológico e idade, notou-se que pacientes com diagnóstico de CBC superficial apresentavam 6.5 vezes mais chances de complicações pós operatórias. Conclusões: Foi observado nesse estudo que o CBC superficial era o subtipo histológico que se relacionava com maior número de estágios. Acredita-se que a principal razão para esse achado seria a dificuldade de se delimitar clinicamente a lesão antes de sua retirada cirúrgica, provavelmente pelo fato de se propagar de forma multifocal com presença de "skip areas". A relação observada entre o CBC superficial e as complicações ocorreu provavelmente pela necessidade de maior número de estágios, levando a um maior tempo cirúrgico , aumentado a probabilidade de sangramento e necrose. Acredita-se que mais estudos são necessários para que se otimize tratamento desse subtipo tumoral, diminuindo a morbidade por ele causada

Abstract: Introduction: Mohs Micrographic Surgery (MMS) is a specialized surgical procedure that is used for the treatment of skin cancer. This technique histologically maps the margins of the tumor infiltration into tissue, while sparing healthy tissue, allowing greater tissue conservation and margin control compared with other surgical procedures. One of the objective measures of a MMS case is the number of stages required for tumor clearance. This number is believed to be related to numerous factors, including anatomic site of the tumor. As with any surgical procedure, there are risks for post-operative complications. The purpose of the study was to better understand the profile of the patients submitted to the procedure and how the histology might be related to the number of stages and to the complications. Methods: Records of the patients submitted to Mohs Micrographic Surgery from October of 2008 to November of 2013 at the Dermatology Division of the Hospital of the Campinas University were assessed. Patients that did not present all the information necessary for the study at their records were excluded. A total of 139 patients¿ records were evaluated. The variables included were: gender, age, anatomic location, histology, number of stages and complications. Results: Contingency tables were used to compare the number of stages with the histologic diagnosis. The analysis showed those patients with superficial basal cell carcinoma (BCC) were 9.03 times more likely of having more than one stage. Comparison between complication and histologic diagnosis showed that patients with superficial basal cell carcinoma were 6.5 times more likely to complications. Conclusion: In our study we found the superficial BCC as the tumor subtype that required a higher number of stages. We believe that the main reason for that is the difficulty of clinical delimitation, probably by the fact that it tends to spread widely with "skip areas". The correlation between the superficial BCC and complications was probably because of the higher number of stages, making the surgery longer, more prone to bleeding and consequently to necrosis. Further research in this subtype of basal cell carcinoma is needed to optimize treatment and decrease morbidity
Subject: Carcinoma basocelular
Cirurgia de Mohs
Neoplasias cutâneas
Editor: [s.n.]
Citation: PONTES, Luciana Takata. Cirurgia micrográfica de Mohs em um serviço universitário: estudo retrospetivo de cinco anos = Mohs micrographic surgery in an university hospital: 5 year restrospective study. 2016. 1 recurso online (42 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322009. Acesso em: 19 May. 2020.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pontes_LucianaTakata_M.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.