Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321973
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Cores e contradições : a luta pela diversidade sexual e de gênero sob o neoliberalismo brasileiro
Title Alternative: Colors and contradictions : the struggle for sexual and gender diversity under Brazilian neoliberalism
Author: Toitio, Rafael Dias, 1983-
Advisor: Araujo, Angela Maria Carneiro, 1952-
Abstract: Resumo: A preocupação de fundo dessa pesquisa é investigar se o neoliberalismo causou alguma influência sobre a atuação do movimento LGBT no Brasil. Para tanto, foi analisada a trajetória da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), entre 1995 e 2015, bem como a relação da associação com os governos FHC, Lula e Dilma na construção de políticas sociais. Além disso, o estudo se voltou também para a análise das principais bandeiras de luta, as formas de organização, as ações coletivas e as formas de mobilização de recursos; as estratégias traçadas diante os limites e desafios de cada contexto; os principais aliados, como o governo federal e outros movimentos sociais, e inimigos, como o neoconservadorismo evangélico; bem como os discursos, concepções e posicionamentos da ABGLT. Na fundamentação teórica, a análise envolveu um diálogo entre os elementos teórico-metodológicos do marxismo com os de outros referenciais, como as contribuições de Michel Foucault, do feminismo e dos estudos sobre a "construção democrática". Além da pesquisa bibliográfica, também houve pesquisa documental, a realização de entrevista com militantes e gestores/as e a observação participante em eventos do movimento LGBT

Abstract: This thesis investigates if neoliberalism had any influence on the collective action of the LGBT movement in Brazil. For that, the trajectory of the Brazilian Association of Lesbian, Gay, Bisexual, Trasvesti and Transsexual (ABGLT) between 1995 and 2015 was analyzed, as well as the associative relationship with the governments FHC, Lula and Dilma in the construction of social policies. In addition, the study also analyzed the main demands, forms of organization, collective actions and ways of mobilizing resources; the strategies outlined in each context; the main allies, such as the federal government and other social movements, and main enemies, such as evangelical neoconservatism; as well as the discourses, conceptions and positions of ABGLT. The analysis involved a dialogue between the theoretical-methodological elements of Marxism and those of other references, such as the contributions of Michel Foucault, feminism and studies on "democratic construction"
Subject: Movimentos sociais
Neoliberalismo
Editor: [s.n.]
Citation: TOITIO, Rafael Dias. Cores e contradições: a luta pela diversidade sexual e de gênero sob o neoliberalismo brasileiro. 2016. 1 recurso online (330 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/321973>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Toitio_RafaelDias_D.pdf2.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.