Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321889
Type: TESE DIGITAL
Title: Investigação dos efeitos do laser de dióxido de carbono 'lambda' = 10.6 µm, fluoreto e biofilme dentário na desmineralização do esmalte. Estudos in vitro e in situ = Investigation of carbon dioxide laser 'lambda' = 10.6 µm, fluoride and dental biofilm effects on enamel demineralization. In vitro and in situ studies
Title Alternative: Investigation of carbon dioxide laser 'lambda' = 10.6 µm, fluoride and dental biofilm effects on enamel demineralization. In vitro and in situ studies
Author: Zancopé, Bruna Raquel, 1988-
Advisor: Nobre dos Santos, Marines, 1956-
Uchoa, Marines Nobre dos Santos
Abstract: Resumo: O laser de dióxido de carbono (CO2) tem sido usado para modificar morfologicamente e quimicamente a superfície do esmalte dentário, bem como para torná-lo mais resistente à desmineralização. O objetivo geral desta tese foi investigar os efeitos do laser de CO2, associado ao fluoreto (F) e ao biofilme dentário na desmineralização do esmalte. Os estudos desenvolvidos são apresentados em quatro capítulos. O capítulo 1 avaliou os efeitos do biofilme dentário e da irradiação com o laser de CO2 (? = 10.6 µm) na progressão da lesão do esmalte dentário bovino. Para a formação do biofilme, 10 voluntários utilizaram dispositivos palatinos contendo 06 espécimes de esmalte bovino cada. O laser foi aplicado antes ou após a remoção do biofilme. Os espécimes foram submetidos ao teste de microdureza e análise por microscopia eletrônica de varredura (MEV). Este estudo demostrou que o biofilme sobre a superfície do esmalte não reduziu o efeito do laser de CO2 na redução da progressão da lesão de cárie. O Capítulo 2 avaliou, in vitro, os efeitos da irradiação com o laser de CO2 (? = 10,6 µm) sobre a formação de biofilme no esmalte dentário. Neste estudo, 96 espécimes de esmalte bovino foram divididos em 2 grupos: controle e laser de CO2. Os biofilmes foram cultivados sobre as amostras por 1, 3 e 5 dias sob desafio cariogênico intermitente e as superfícies irradiada e não irradiada foram avaliadas quanto ao peso seco, ao número de micro-organismos pela contagem de colônias viáveis, análise de polissacarídeos, análise PCR em tempo real e do ângulo de contato. A morfologia do biofilme foi caracterizada por microscopia de fluorescência e microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo. Em conclusão, a irradiação com laser de CO2 modificou a superfície de energia e rompeu a formação do biofilme inicial. O capítulo 3 investigou os efeitos do laser de CO2 (? = 10,6 µm) e de produtos fluoretados na formação de CaF2 na superfície do esmalte e na progressão da lesão subsuperficial. Espécimes de esmalte decíduo desmineralizado foram distribuídos em grupos (n = 15): gel de flúor fosfato acidulado (FFA), fluoreto espuma, verniz fluoretado e laser de CO2. Os espécimes foram submetidos ao teste de microdureza e análise por MEV. A irradiação com o laser isolada ou combinada com produtos fluoretados inibiu a progressão da lesão. No entanto, nenhum efeito sinérgico foi observado. O Capítulo 4 avaliou, in situ, os efeitos do laser de CO2 (? = 10,6 µm) e do FFA na formação de fluoreto de cálcio (CaF2) e fluorapatita (FAp) sobre esmalte humano previamente desmineralizado. Avaliou-se também, os efeitos na progressão de lesão de cárie e na formação de fluoreto no biofilme. Um estudo in situ foi conduzido com 04 fases de 14 dias cada. Espécimes foram submetidos ao teste de microdureza, análise de concentração CaF2 e FAp e de F no biofilme. A maior formação de CaF2 e FAp decorrente da irradiação com laser de CO2 tornou o esmalte mais resistente a progressão da lesão de cárie subsuperficial

Abstract: Carbon Dioxide Laser (CO2) has been used to morphologically and chemically modify the dental enamel surface as well as to make this substrate more resistant to demineralization. The general objective of this thesis was to investigate the CO2 laser, fluoride (F) and dental biofilms effects on enamel demineralization. Four studies were developed and are presented in four chapters. Chapter 1 evaluated the effects of dental biofilm and CO2 laser (? = 10.6 µm) irradiation on enamel lesion progression of bovine tooth enamel. For biofilm formation, 10 volunteers wore palatal appliances containing 06 specimens of bovine enamel each. The laser irradiation was performed before and after biofilm removal. The specimens were submitted to microhardness test and scanning electron microscopy analysis (MEV). This study showed that biofilm covering enamel surface did not reduce the CO2 laser irradiation effect on reduction progression of dental caries lesion. Chapter 2 evaluated, in vitro, the CO2 laser (? = 10.6 µm) irradiation effects on biofilm formation in dental enamel. In this study, 96 bovine enamel specimens were divided into 2 groups: Control and CO2 laser. The biofilms were grown on the enamel specimens for 1, 3 and 5 days under intermittent cariogenic condition in the irradiated and not irradiated surface and were evaluated by dry weigh, counting of the number of microorganisms through viable colonies counting, polysaccharides analysis, quantitative real-time-PCR as well as by contact angle. The biofilms morphology was characterized by fluorescence microscopy and Field Emission Scanning Electron Microscopy. In conclusion CO2 laser irradiation modified the surface energy and disrupted the initial biofilm formation. Chapter 3 investigated the CO2 laser (? = 10.6 µm) effects and of the fluoridated products in calcium fluoride (CaF2) formation on the enamel surface and subsurface lesion progression. Demineralized primary enamel specimens were allocated in groups (n=15): Acidulated Phosphate Fluoride (APF) gel, fluoride foam and fluoride varnish and CO2 Laser. The specimens were submitted to microhardness test and MEV. Laser irradiation alone or combined with fluoridated products inhibited lesion progression However, no synergistic effect was observed, Chapter 1 evaluated, in situ, the CO2 laser (? = 10.6 µm) and APF effects on CaF2 and fluorapatite (FAp) formation on the surface of previously demineralized enamel specimens. It was also the aim of this study to evaluate these effects on carious lesions progression and on fluoride biofilm formation. An in situ study was conducted with 04 double-blind phases of 14 days each. Specimens were subjected to microhardness test, CaF2 and FAp concentration analysis and of the F on biofilm. The higher formation of CaF2 and FAp due to CO2 laser irradiation rendered the enamel more resistant to subsurface caries lesion progression
Subject: Lasers
Biofilme
Flúor
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zancope_BrunaRaquel_D.pdf11.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.