Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321875
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Associação entre biomarcadores salivares, biofilme visível e a cárie precoce da infância : um estudo longitudinal = Association among salivary biomarkers, visible bioflm and early childhood caries : a longitudinal study
Title Alternative: Association among salivary biomarkers, visible bioflm and early childhood caries : a longitudinal study
Author: Borghi, Gabriela Novo, 1989-
Advisor: Nobre dos Santos, Marinês, 1956-
Abstract: Resumo: A prevalência da cárie precoce da infância (CPI) no Brasil é alta e a severidade aumenta com a idade. A análise da literatura evidência que a saliva contém biomarcadores e esses, têm sido correlacionados com a cárie dentária. No entanto, não se tem conhecimento de pesquisas prévias que tenham avaliado se esses biomarcadores salivares podem ser considerados preditores de risco de cárie dentária em pré-escolares. Assim, o presente estudo teve como objetivos: 1. Investigar a associação entre a cárie precoce da infância, a presença de biofilme visível nas superfícies vestibulares dos incisivos superiores anteriores e biomarcadores salivares como a ? amilase salivar e a anidrase carbônica VI (AC VI); 2. Investigar se biomarcadores salivares como a ? amilase salivar e a anidrase carbônica VI, bem como a presença de biofilme visível, são preditores de risco para a cárie precoce da infância. Para isto, a amostra foi constituída de 100 pré-escolares de 24 a 48 meses, de ambos os gêneros, que frequentavam creches e pré-escolas municipais na cidade de Piracicaba-SP. As crianças foram submetidas ao exame clínico para determinação do índice de cárie, pelo critério de Nyvad (1999), adaptado para dentes decíduos por Séllos e Sovieiro (2011) e a verificação da presença de biofilme visível. Assim, 02 grupos foram constituídos: Grupo livre de cárie (n=55) e Grupo com cárie (n=45). A seguir realizou-se a coleta de saliva para análise das proteínas salivares.Foram determinadas a atividade da amilase salivar e a atividade da AC VI, por meio dos métodos Elisa e Zimografia, respectivamente. Após 1 ano, as crianças foram reavaliadas para a determinação do índice de cárie e verificação da presença de biofilme visível. Os resultados obtidos foram submetidos aos testes de Mann-Whitney, qui-quadrado, à análise de regressão logística múltipla, além da correlação de Spearman para avaliar a relação entre a cárie e as variáveis estudadas. Todas as análises foram realizadas empregando-se um nível de significância de 5% e um intervalo de confiança de 95%. A atividade da AC VI foi significativamente maior na saliva das crianças do grupo com cárie (p ? 0,05). Por outro lado, a atividade da ? amilase salivar foi significativamente maior na saliva das crianças livres de cárie (p < 0,0001). A presença de biofilme visível aumentou em 3,6 vezes o risco de a criança desenvolver CPI (OR=3,6). Além disso, crianças com atividade da ? amilase salivar menor que 122,8 U/mL apresentaram 3,33 vezes maior risco de desenvolver cárie precoce (OR=3,33). Os resultados encontrados nos permitem concluir que a presença de biofilme visível e a menor atividade da ? amilase salivar podem ser consideradas preditores de risco para a cárie precoce da infância

Abstract: The prevalence of early childhood caries (ECC) in Brazil is high and its severity increases with age. The literature shows that saliva contains biomarkers and they have been correlated with tooth decay. However, whether these salivary biomarkers can be considered precdictors of dental caries in preschoolers is largely unknown. Thus, this study aimed to: 1-Investigate the association between ECC and clinically visible biofilm, and salivary biomarkers as ? amylase and carbonic anhydrase VI. 2- Investigate if salivary biomarkers such as ? amylase and carbonic anhydrase as well as clinically visible biofilm can predict caries development in preschool children. The sample consisted of 100 preschool children 24-48 months, of both genders, who attended kindergartens and municipal preschools in the city of Piracicaba-SP, Brazil. The children underwent clinical examination to determine the decay rate using the Nyvad criteria, adapted for primary teeth by Séllos and Sovieiro (2011) and for verification of the presence of visible biofilm. Then, two groups were formed: caries free group (n=55) and group with caries(n=45). Following, saliva samples were collected and the activity of salivary ? amylase and carbonic anhydrase VI were determined using Elisa and zymography methods, respectively. After one year, the children were clinically examined again to determine the decay rate and to verify the presence of visible biofilm. The results were subjected to Mann-Whitney test, chi-square test as well to multiple logistic regression analysis. In addition, the Spearman correlation test was used to assess the relationship between the decay and the studied variables. All analyses were performed using a significance level of 5% and a 95% confidence interval. The activity of AC VI was significantly higher in the saliva of children in the caries group (p ? 0.05). On the other hand, the activity of salivary ? amylase was significantly higher in the saliva caries free children (p < 0.0001). The presence of visible biofilm increased 3.6 times the risk to develop ECC (OR = 3.6). In addition, children with activity of salivary ? amylase lower than 122,8 U/mL had 3.33 times higher risk of developing ECC than children showing higher activity of this protein in their saliva. (OR = 3.33). The results allow us to conclude that the presence of visible biofilm and a lower salivary activity of ? amylase may be considered risk predictors for early childhood carie
Subject: Cárie dentária
Alfa-amilases
Anidrases carbônicas
Placas dentárias
Proteínas e peptídeos salivares
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Borghi_GabrielaNovo_M.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.