Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321734
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Validade da análise de impedância bioelétrica para a estimativa das alterações na massa isenta de gordura em cadetes do exército brasileiro
Title Alternative: Validity of bioelectrical impedance analysis to estimate fat-free mass changes in the brazilian army cadets
Author: Langer, Raquel David, 1985-
Advisor: Gonçalves, Ezequiel Moreira, 1977-
Abstract: Resumo: O objetivo principal deste estudo foi analisar a validade de uma equação preditiva específica baseada na análise de impedância bioelétrica (BIA), desenvolvida a partir de uma amostra de cadetes do exército Brasileiro, na avaliação das alterações da massa isenta de gordura (MIG), após um período de cerca de sete meses de rotina militar, utilizando os valores determinados pela absorciometria por dupla emissão de raio x (DXA) como o método de referência. Inicialmente, foi analisado a validade de equações preditivas de BIA já publicadas e da equação específica desenvolvida no presente estudo, na estimativa da MIG. Métodos: Foram avaliados 396 e 310 (estudo transversal e longitudinal, respectivamente) cadetes do exército Brasileiro do sexo masculino com idade entre 17 e 24 anos. Oito equações preditivas de BIA e uma específica, foram utilizadas para testar a validade nesta amostra. O teste t de Student, o coeficiente de determinação (R²), o erro padrão de estimativa (EPE), o teste de Lin e de Bland-Altman, foram utilizados para determinar a validade das equações preditivas de BIA na estimativa da MIG. Resultados: No estudo transversal, as oito equações preditivas de BIA apresentaram diferenças significativas na MIG (-3,0 a 2,4 kg) comparadas com a DXA (p<0,05); o valor de R² variou de 0,68 a 0,88 e o EPE variou de 2,3 a 3,6 kg. A MIG da equação específica não apresentou diferença significativa com a DXA tanto no momento pré, quanto no momento pós (p<0,001). O valor de R² no momento pré e pós foi de 0,87 e 0,91, respectivamente; o EPE foi de 2,3 e 2,0 kg, respectivamente, e o limite de concordância diminuiu de 9,1 para 7,7 kg. Conclusão: As oito equações preditivas de BIA testadas não demonstraram serem válidas para esta amostra. A equação específica de BIA desenvolvida neste estudo, demonstrou melhores resultados na avaliação transversal e apresentou boa acurácia nessa amostra de cadetes do exército na avaliação das alterações da MIG. Contudo, seus resultados devem ser analisados com cautela quando a equação for aplicada em indivíduos com diferentes valores de MIG

Abstract: The aim of this study was to analyze a specific prediction equation based on bioelectrical impedance analysis (BIA) developed in a sample of Brazilian Army cadets, by evaluating fat-free mass (FFM) changes after seven months of military command, and using values determined by dual-energy X-ray absorptiometry (DXA) as a reference method. Initially, the validity of published predictive BIA equations was analyzed and a specific equation was developed in the present study to estimate FFM. Methods: A total of 396 and 310 males (cross-sectional and longitudinal study, respectively) Brazilian Army cadets, aged between 17 and 24 years were included. The study used eight predictive BIA equations and a specific equation to validate this sample. Student's t-test, adjusted coefficient of determination (R²), standard error of estimation (SEE), Lin's approach and Bland-Altman test were used to determine the BIA equations¿ validity of prediction for estimating FFM. Results: In the cross-sectional study, eight predictive BIA Equations showed significant differences in FFM (-3.0 to 2.4 kg) compared with DXA (p<0.05); R² values ranged from 0.68 to 0.88, and SEE ranged from 2.3 to 3.6 kg. During pre and post moments, FFM estimated by the specific BIA equation showed no significant difference with DXA (p<0.001). The pre and post R² values were 0.87 and 0.91, respectively; SEE was 2.3 and 2.0 kg, respectively, and the limits of agreement decreased from 9.1 to 7.7 kg. Conclusion: The eight predictive BIA Equations tested were not valid for this sample. The specific BIA equation developed in this study showed better results in the cross-sectional study and showed better accuracy on FFM changes in this sample of Brazilian Army cadets. However, its results should be analyzed with caution, especially if it is used on samples of individuals with different FFM values
Subject: Impedância elétrica
Militares
Alterações do peso corporal
Editor: [s.n.]
Citation: LANGER, Raquel David. Validade da análise de impedância bioelétrica para a estimativa das alterações na massa isenta de gordura em cadetes do exército brasileiro. 2016. 1 recurso online (78 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/321734>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Langer_RaquelDavid_M.pdf6.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.