Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321716
Type: TESE DIGITAL
Title: Processos de criação e leitura de livros de imagem : interlocuções entre artistas e crianças
Title Alternative: Creative process in wordless picturebooks : dialogues between artists and children
Author: Araújo, Hanna T. G. P., 1982-
Advisor: Reily, Lucia, 1952-
Abstract: Resumo: O livro de imagem é uma produção editorial que desafia tanto os artistas criadores quantos os leitores, uma vez que a narração ocorre pela imagem. Para os artistas, criar uma história tendo como suporte as sequências de composições imagéticas requer, além do domínio técnico, conhecimento das estruturas narrativas transpassando-as para a linguagem visual. Para os leitores, é um instigante objeto que demanda a leitura de imagens em cada uma das composições, e nas relações estabelecidas entre elas no momento de virada da página. Esta pesquisa seguiu a abordagem sociocultural; sobre a linguagem visual, valeu-se principalmente das contribuições de Ostrower (1987, 1997 e 1998), Gombrich (1993, 2007 e 2012) e Dondis (1997). O objetivo desta pesquisa foi investigar processos de interlocução entre artistas produtores de livros de imagem e crianças no processo de fruição, leitura e interpretação destes produtos. Neste estudo qualitativo que seguiu a metodologia da pesquisa participante, mediamos os processos de criação poética de dois artistas plásticos - Laurent Cardon e Ciça Fittipaldi - durante a produção de narrativas visuais em interlocução com um grupo de crianças pré-escolares. Cada artista criou, em etapas, uma narrativa visual através do diálogo com o grupo de crianças. Os artistas tiveram acesso aos registros que revelavam os modos como as crianças recebiam e interpretavam os segmentos do manuscrito visual. De um lado, o projeto buscou compreender melhor as estratégias que as crianças empregam na leitura de imagens narrativas. De outro, buscou investigar como os artistas respondem aos esforços de significação das crianças convidadas a interpretar segmentos narrativos de livros de imagem durante as suas etapas de criação. Evidenciou-se o papel do outro no processo de construção de significados durante a leitura coletiva, na dinâmica das negociações de sentidos entre os leitores. O livro de imagem reafirma-se como um objeto plural, que permite e instiga diversas leituras

Abstract: Wordless picturebooks are a genre of editorial production that challenges both the artist that creates them and the readers, since the narrative is constructed through images. For the artists, creating a story based on sequences of visual compositions requires, besides technical mastery, understanding narrative structures that cross over into visual language. For readers, wordless picturebooks are intriguing in that they demand reading images in each composition and establishing relations as they turn the page. This study followed a sociocultural approach. Regarding visual language, the authors that support the discussion are Ostrower (1990), Gombrich (1999) and Dondis (1991). The aim of the study was to investigate dialogical processes between the artists that produce picturebooks and children as they appreciate the books, read them and interpret them. This qualitative study used participant research methodology. We mediated the processes of poetic creation of two Brazilian visual artists - Laurent Cardon and Ciça Fittipaldi - during the production of visual narratives in dialogue with a group of pre-school children. Over a period of time, each artist created a visual narrative that the children had access to bit by bit. The artists in turn had access to the transcriptions that showed how the children received and interpreted the segments of the visual manuscript. On the one hand, the project aimed to better understand the strategies that children use to read visual narratives. On the other, the aim was to investigate how the artists responded to the attempts the children made to make sense of the narrative sequences. The results showed the role of the other in the construction of meaning during collective reading, in the dynamic of negotiations of meanings among the readers. The wordless picturebook reaffirms itself as a plural object that allows and instigates diverse readings
Subject: Processo criativo
Ilustração de livros
Compreensão na leitura
Literatura infantojuvenil
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_HannaT.G.P._D.pdf14.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.