Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321658
Type: TESE DIGITAL
Title: Avaliação ambiental do setor de coprocessamento no Estado de Minas Gerais
Title Alternative: Environmental assessment of coprocessing sector in Minas Gerais State
Author: Malard, Antônio Augusto Melo, 1982-
Advisor: Tambourgi, Elias Basile, 1957-
Abstract: Resumo: O estado de Minas Gerais é o maior produtor de cimento do Brasil, possuindo doze empresas e dezoito fornos rotativos, totalizando uma capacidade instalada superior a dezenove milhões de toneladas de clínquer por ano. Desses empreendimentos, dez possuem licença ambiental para realizar o coprocessamento de resíduos, que consiste na substituição de matérias-primas e combustíveis convencionais por uma grande variedade de resíduos, incluindo os blends, que são misturas preparadas em unidades específicas para esse fim, denominadas popularmente de blendeiras. No Estado existem oito dessas unidades, que juntas com as cimenteiras, caracterizam o setor de coprocessamento. Tendo em vista a relevância desse setor, e considerando que o seu potencial poluidor é bem significativo, foi proposto a realização de uma avaliação ambiental, tomando como referência o gerenciamento dos resíduos sólidos nas cimenteiras e nas blendeiras, o controle das emissões atmosféricas geradas nos fornos rotativos das cimenteiras, com abordagem da influência dessas emissões na qualidade do ar no vetor norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, principal polo de fabricação de cimento do Brasil, o processo de licenciamento ambiental e a legislação aplicável ao coprocessamento em Minas Gerais, Deliberação Normativa COPAM nº 154/2010. As análises basearam-se em dados e informações obtidas nas visitas técnicas à todas as cimenteiras e blendeiras existentes no Estado, por meio de um check list elaborado para essa finalidade, e em investigação realizada no Sistema Integrado de Informação Ambiental (SIAM). Os resultados preliminares da investigação, subsidiaram a definição de quinze parâmetros ambientais, considerados os mais relevantes para avaliar as empresas que realizam o coprocessamento, para os quais foram definidas uma série de critérios, que permitiram pontuar os parâmetros em questão, e classificar as cimenteiras, levando em consideração o desempenho das blendeiras, suas fornecedoras. Nesse contexto, foram consideradas sete classes de desempenho ambiental ¿ Péssimo, Muito Ruim, Ruim, Regular, Bom, Muito Bom e Ótimo ¿, sendo que, duas empresas foram classificadas na classe Ruim e oito na classe Regular, demonstrando a necessidade de normas e procedimentos de operação mais efetivos, bem como uma legislação mais abrangente e detalhada, além de modificações no processo de licenciamento ambiental, para o alcance de um desempenho ambiental mais eficiente nos empreendimentos

Abstract: The State of Minas Gerais is a major producer of cement in Brazil, with twelve enterprises and eighteen rotary kilns, with a total installed capacity of nineteen million tons of clinker a year. Ten of these enterprises have environmental license to carry out the co-processing of waste, consisting in the replacement of raw materials and conventional fuels by a wide variety of wastes, including blends, mixtures prepared in specific units for this purpose, popularly called blendeiras. In the State there are eight of these units, which with together the cement industry, characterize the co-processing sector. Given the sector relevance, and considering that their pollution potential is significant, it was proposed to do an environmental assessment, taking as reference the management of solid waste in the cement industry and in the blendeiras, the control of atmospheric emissions generated in the rotary kilns of cement plants, with approach to influence of these emissions on air quality in northern vector of the Metropolitan Region of Belo Horizonte, the main center for cement production in Brazil, the environmental licensing process and legislation applicable to co-processing in Minas Gerais, Deliberação Normativa COPAM nº 154/2010. The reviews were based on data and information obtained in technical visits to all the State cement plants and blendeiras through a check list prepared to this purpose, and in research carried out in the Integrated Environmental Information System (Sistema Integrado de Informação Ambiental ¿ SIAM). The preliminary research results, subsidized a definition of fifteen environmental parameters, considered the most relevant to evaluate the performance level of the companies that perform coprocessing, for which a series of criteria were defined, which allowed to point such parameters, and to classify the cement plants, taking into account the performance of blendeiras, it¿s suppliers. In this context, seven categories of environmental performance were taken into account ¿ Poor, Very Bad, Bad, Regular, Good, Very Good and Excellent ¿, where two enterprises were included in the category Bad and eight in the category Regular, demonstrating the need for rules and more effective operating procedures, as well as a more embracing and detailed legislation, plus changes in the environmental licensing process, to achieve a more efficient environmental performance in the enterprises
Subject: Resíduos sólidos
Controle de poluição ambiental
Efluentes - Minas Gerais (MG)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Malard_AntonioAugustoMelo_D.pdf20.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.