Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321599
Type: TESE DIGITAL
Title: Revista de Divulgação Científica : da mídia impressa para as mídias digitais
Title Alternative: Revista de Divulgação Científica : from print media to digital media
Author: Santos, Raudiner Railton dos, 1989-
Advisor: Rojo, Roxane Helena Rodrigues, 1952-
Abstract: Resumo: Esta dissertação de Mestrado, situada no campo da Linguística Aplicada, teve como objetivo analisar três meses de publicação das revistas Superinteressante e Ciência Hoje, comparando-as nas versões impressas e digitais (tablet e site). Para que essa comparação fosse concretizada, primeiramente, descrevemos os projetos gráfico-editorais de cada revista em sua versão impressa e, em seguida, fizemos uma categorização sistemática de todos os textos/enunciados em gêneros e temas. Finalmente, voltamo-nos para as mídias digitais de modo a observar se ocorreu alguma mudança em tais projetos ou, ainda, se houve alteração nos gêneros, tal como a inserção de vídeos, som, hiperlinks, etc. Além disso, escolhemos o gênero infográfico para ter um maior enfoque em nossa pesquisa, com o intuito de verificar como ele aparece em cada periódico. Para sustentar a nossa base teórica, utilizamos as contribuições de Bakhtin e seu círculo para nos ajudar na formulação dos conceitos de gênero, esfera e tema, para, assim, podermos relacioná-los com a divulgação científica e entendermos suas condições de produção. Ademais, vozes de pesquisadores da Linguística Aplicada e do jornalismo (científico) fizeram-se mais do que necessárias para entender tais condições, já que se verificou a intersecção de três esferas na DC, sendo: a acadêmica/científica, a jornalística e a escolar. Ainda, foi necessária uma ampliação do conceito de gênero de Bakhtin, já que o meio digital também foi incorporado na pesquisa. Para isso, uma definição de gênero digital foi estabelecida para que os elementos desse meio (tais como vídeo, som, etc.) fossem relacionados na produção dos gêneros na internet e no tablet. Quanto à metodologia, para nos auxiliar na descrição e análise do corpus, assim como na compreensão das relações existentes entre eles, priorizamos a pesquisa documental de cunho qualitativo e interpretativo. Como resultado, concluímos que, enquanto a Superinteressante volta-se mais para o jornalismo científico, a Ciência Hoje encontra-se mais na DC, uma vez que a primeira explora mais o gênero reportagem, cujos temas fazem parte do universo do público jovem, ao passo que a segunda oferece mais vozes ao pesquisador/especialista, explorando, assim, gêneros escritos por eles (tais como artigo e coluna, por exemplo), priorizando os temas de Ciência e da Tecnologia

Abstract: This dissertation, situated within the field of Applied Linguistics, has aimed at analyzing three-month of publication of Superinteressante and Ciência Hoje magazines, comparing their printed and online versions. In order to realize this comparison, first of all, we have described the graphic-editorial projects from each magazine in their printed versions. Next, we have made a systematic categorization of all texts in genre and themes. Finally, we have turned to the digital media to observe if there was any change in these projects or if there was any modification in the genres, such as inclusion of videos, sounds, hyperlinks, etc. Besides, we have chosen the genre infographic to be highlighted in our research, in order to verify how it appears in each periodic. To support the theoretical basis, we have used Bakhtin and his circle¿s contribution to formulate genre, sphere and theme definitions, and relate them with Scientific Divulgation, in order to understand its production conditions. Furthermore, voices from Applied Linguistics and (scientific) journalism researchers were included to help us to understand these conditions, since it was found the intersection of three spheres in SD, as follow: academic/scientific; journalistic and educational. Moreover, an extension from Bakhtin¿s genre concept was necessary, once the digital media has also been incorporated in the research. Because of that, a digital genre definition has been established to relate digital elements (such as video, sound, etc.) in the genres production on the internet and tablet. As the methodology, in order to help us in the corpus description and analyses as well as in the understanding of existing relation among them, we have prioritized the qualitative and interpretative documentary research. As a result, we have concluded that, while Superinteressante turns more to Scientific Journalism, Ciência Hoje is more related to SD, since the first explores more the genre report, whose themes are part of young universe, whereas the second offers more space to the researcher/specialist, exploring genres written by them (such as articles and column, for example), prioritizing Science and Technology themes
Subject: Divulgação científica - Brasil
Gêneros textuais
Mídia digital
Jornalismo científico
Periodicos brasileiros
Linguística aplicada
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_RaudinerRailtondos_M.pdf6.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.