Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321541
Type: TESE DIGITAL
Title: Análise das cidades inteligentes sob a perspectiva da sustentabilidade : o caso do Centro de Operações do Rio de Janeiro
Title Alternative: Analysis of smart cities from the sustainability perspective : the Rio de Janeiro Operations Center case
Author: Benites, Ana Jane, 1969-
Advisor: Consoni, Flávia Luciane, 1973-
Abstract: Resumo: De acordo com o primeiro relatório do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC) o Brasil experimentará, nas próximas décadas, sérias crises devido às alterações no clima e seus centros urbanos, particularmente os costeiros, serão as áreas de maior vulnerabilidade. Esse é um dos principais contextos em que vem se estabelecendo, no país e no mundo, o conceito das cidades inteligentes (CIs), que exploram toda a capacidade das tecnologias de informação e comunicação (TICs) modernas para aprimorar o fornecimento e gerenciamento de serviços e infraestruturas públicas, recorrendo à inovação para incrementar suas capacidades de desenvolvimento sustentável e resiliência. Esse estudo investiga os níveis de maturidade e inteligência de uma implementação brasileira de cidade inteligente ao verificar sua competência em alavancar, difundir e aproveitar a máxima potencialidade de suas TICs emergentes na entrega de serviços alinhados aos planos estratégicos urbanos voltados, de forma equilibrada, à sustentabilidade ampla, isto é, nas dimensões ambiental, social, econômica, institucional e cultural. O arcabouço analítico para CIs elaborado nessa pesquisa focaliza a plataforma do Centro de Operações do Rio de Janeiro (COR), já que este figura como um caso de sucesso internacionalmente reconhecido desta nova tendência mercado-tecnológica e, portanto, um potencial agente difusor de lições aprendidas aplicáveis ao cenário de outros centros urbanos. O framework de análise submete a fronteira tecnológica do COR ao detalhamento de suas componentes (a) estratégica: verificando a capacidade desse modelo de CI em entregar serviços sustentáveis amplos e equilibrados; (b) tática-operacional: utilizando a teoria de Sistemas Tecnológicos de Inovação (STIs) para caracterizar o ambiente em que vêm se desenvolvendo a CI do Rio de Janeiro, ao determinar a capacidade de materialização de objetivos estratégicos do desenvolvimento sustentável urbano pelo ecossistema de inovação aberta em serviços que a suporta. A análise evidencia o estreitamento das articulações entre instituições governamentais e atores do setor público e privado, além do próprio cidadão, formando círculos virtuosos em redes de instituições locais de diversos portes e setores, além da conexão com redes internacionais comprometidas com a sustentabilidade e resiliência das cidades frente aos desafios da mudança climática. A trajetória de amadurecimento tático-operacional desse SI edificado em torno das soluções tecnológicas incorporadas pelo COR contribui com a elevação da sua eficiência estratégica, aprimorando a capacidade de entrega de serviços de sustentabilidade em todas as dimensões e, portanto, sua inteligência. O arcabouço elaborado nessa pesquisa auxilia no processo de adequação de políticas e planejamentos urbanos apoiados por CIs propondo uma ferramenta útil para orientá-las a soluções duradouras, sustentadas por tecnologias adequadas ao contexto regional e mais abrangentes e balanceadas nas perspectivas da sustentabilidade

Abstract: According to the first report of the Brazilian Panel on Climate Change (BPCC), Brazil will experience, in the coming decades, serious crises due to changes in climate and its urban centers, particularly the coastal ones, will be the most vulnerable areas. This is one of the main contexts in which the concept of smart cities (SCs) has been established in the country and around the world: urban communities which explore the whole capacity of modern information and communication technologies (ICTs) to improve the delivery and management of public services and infrastructures, counting on innovation to enhance its sustainable development capabilities and resilience. This study investigates the maturity and intelligence levels of a brazilian implementation of smart city, verifying its competence in launching, disseminating and appropriating the full potentiality of its emergent ICTs in the delivery of services aligned to the urban strategic plans aimed at equilibrium in the environmental, social, economic, institutional and cultural sustainability dimensions, that is, broad sustainability. The SCs analytical framework elaborated in this research focuses the Rio de Janeiro Operations Center (COR) platform, as it figures as an internationally recognized success in this new market and technological trend and thus a potential diffusion agent of lessons learned applicable to the setting of other urban centers. The analytic framework submits the COR technological frontier to the detailing of its components (a) strategic: checking the capacity of this CI model to deliver broad and balanced sustainability services; (b) tactical-operational: using the theory of Technological Innovation Systems (TISs) to characterize the environment in which the Rio de Janeiro SC has been being developed, determining its open services innovation ecosystem¿s materialization capacity for urban sustainable development strategic objectives. The analysis shows the strengthening of links between government institutions and actors in the public and private sector, including the citizen itself, building virtuous circles in networks of local institutions of all sizes and sectors, in addition to connections to international networks committed to cities sustainability and resilience facing the challenges of change climate. The tactical and operational maturity path built by the COR TIS around technological solutions contributes to the increment of its strategic efficiency, improving the delivery of sustainability services in all dimensions and, hence, its smartness. The framework developed in this research aids in the process of architecting policies and urban plans based on ICTs proposing a useful tool to drive robust solutions, supported by appropriate technologies to regional and wider, homogeneous context from the perspectives of sustainability
Subject: Gestão da inovação
Indicadores de sustentabilidade
Mudanças climáticas
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Benites_AnaJane_M.pdf5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.