Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321430
Type: TESE DIGITAL
Title: Para dentro das portarias, por detrás das cancelas : características e condicionates da autossegregação das elites em Campinas
Title Alternative: Inside the ordinances, behind the gates : characteristics and constraints of high class in Campinas
Author: Silva, Dafne Sponchiado Firmino da, 1987-
Advisor: Cunha, José Marcos Pinto da, 1959-
Abstract: Resumo: Ao longo do século passado, estabeleceu-se entre vários estudiosos da cidade que esta deveria ser estudada a partir da oposição entre centro e periferia, sendo o primeiro o lócus da elite, consolidado e bem servido dos equipamentos urbanos e o segundo a área onde viveriam os trabalhadores, carente de serviços e mais denso, geralmente. Em meados da década de 1950, no entanto, um novo padrão emerge principalmente nas cidades estadunidenses, colocando em cheque a oposição clássica: em busca de um novo estilo de vida e auxiliada pelos fortes investimentos ao modelo de federalismo rodoviário, parte da classe média dos Estados Unidos se muda para os subúrbios das grandes cidades de então. Nas décadas seguintes, várias cidades latino-americanas testemunharam fenômeno semelhante, com a transformação de alguns bairros periféricos em zonas de elevada concentração de uma população de alto estrato social, residente de condomínios e loteamentos de acesso restrito. Essa dissertação respalda-se em dois esforços metodológicos diferentes, mas certamente complementares e tem como objetivo principal analisar as novas formas de produção do espaço que tem tido lugar nas últimas décadas nas metrópoles dos países periféricos, a partir do caso da cidade de Campinas (SP/BR). Por um lado, pretende contribuir com as discussões teóricas acerca do fenômeno da emergência e expansão dos condomínios e loteamentos fechados nas franjas das cidades, principalmente enquanto reflexo da segregação urbana (e esta como inerente à sociedade desigual). Neste sentido, esse texto filia-se à tradição de autores materialista-históricos, mais do que a dos funcionalistas, ainda que o debate não desconsidere a contribuição do segundo grupo, fundamental para a análise crítica do fenômeno. Por outro lado, apresentaremos aqui algumas tabulações dos dados do censo brasileiro de 2010, referentes à Campinas no geral e às áreas da cidade que tem maior concentração de empreendimentos imobiliários de caráter privado. Os dados, em sua maioria já analisados, foram trabalhados com o auxílio de softwares estatísticos e correspondem ao que poderíamos chamar perfil sócio-demográfico desta parcela da população. O debate sobre a literatura e os dados tabulados do censo serão as linhas fundamentais para responder ao objetivo central da dissertação: levantar quais as características da população de alta renda em Campinas que podem auxiliar a esclarecer os condicionantes da autossegregação e o crescimento, espacial e demográfico, destas áreas

Abstract: Throughout the past century it was established amongst scholars that cities should be studied by the juxtaposition of the center and the suburbs. The first would be the locus of the elite, which is consolidated and well equipped with urban infrastructure. The second is the area where the workforce resides, poor of services and usually more dense population wise. In the mid 1950¿s, however, a new pattern emerged mainly in American cities that put into question this classic juxtaposition. At that time, part of the American middle class moved to the suburbs of big cities in search of a new way of life aided heavily by investments to the federal roadway model. The next decades would see many Latin American cities go through a similar phenomenon of transformation of some neighborhoods into areas of high concentration of people of elevated social status, residing in condominiums and subdivisions of limited access. This dissertation is supported by two different methodological efforts, although they are certainly complementary, and has the main objective of analyzing new means of production of the space that have taken place in metropolises of peripheral countries taking the city of Campinas (SP/BR), as example. On one hand, the intention is a contribution to theoretic discussions about the phenomenon of emergence and expansion of condominiums and subdivisions on the margins of cities, primarily as a reflection of the urban segregation (and this being inherent to a unequal society). Therefore, this work joins authors of historic-materialist tradition more than functionalists even though the debate considers the contribution of the last group fundamental to the critical analysis of the phenomenon. On the other hand, we will show some tabulation of data of the Brazilian census of 2010 concerning Campinas in general and the areas of the city that have larger concentration of real estate enterprises of private capital. The data, mostly analyzed already, were worked on with the help of statistic software and correspond to what we can call sociodemographic profile of this part of the population. The literature review and the tabulated data of the census are the paths that conduct this work to its main objective which is to answer the question: what are the characteristics of the wealthiest population of Campinas and do theses characteristics shed some light onto the conditionals of auto segregation and the growth, spatially and demographically, of theses areas
Subject: Segregação
Campinas (SP) - População
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_DafneSponchiadoFirminoda_M.pdf4.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.