Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321420
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A elaboração do conceito de objeto subjetivo na obra de Donald W. Winnicott
Title Alternative: Winnicott's concept of subjective object
Author: Muratori, Ricardo, 1956-
Advisor: Loparic, Zeljko, 1939-
Abstract: Resumo: O objetivo desta dissertação é fazer uma apresentação do conceito winnicottiano de objeto subjetivo, buscando caracterizar seu significado e abrangência na teoria do amadurecimento pessoal. Com essa finalidade, primeiramente, utilizo a introdução para situar o conceito e sua relação com outros conceitos usados por Winnicott para descrever, segundo sua visão, os fenômenos que ocorrem no estágio primitivo, isto é, que antecede à separação entre o bebê e a mãe. Em seguida, faço um breve relato do histórico profissional do autor, buscando destacar as ideias e posturas que me parecem relacionar-se com a necessidade da elaboração desse conceito. No primeiro capítulo, falo mais diretamente do conceito, caracterizando o sentido que possuía quando utilizado pela primeira vez. Em seguida, apresento a ampliação do seu significado, quando Winnicott, propõe o conceito de elemento feminino puro. Finalizo esse capítulo, tentando caracterizar os diferentes modos que o autor utiliza o conceito em alguns artigos. No capítulo segundo, falo das implicações teóricas que decorrem desse conceito, e, para isso, divido o capítulo em três itens. No primeiro, aponto os diferentes sentidos com que Winnicott utiliza o conceito de objeto, dentro da teoria do amadurecimento, ou seja, objeto subjetivo, transicional, uso do objeto e objetivamente percebido. No segundo item, faço a distinção do conceito de objeto subjetivo quanto a outros sentidos do termo objeto que pertencem ao jargão psicanalítico tradicional. No item final do capítulo, apresento outras implicações teóricas que decorrem das inovações introduzidas por esse conceito, na medida em que ele se refere a fenômenos desconhecidos ou nunca estudados pela psicanálise tradicional. No capítulo terceiro, apresento as implicações do conceito na área clínica, buscando caracterizar os diversos conceitos tradicionais da psicanálise que são afetados pelas implicações decorrentes desse conceito e aqueles inovadores, trazidos pela clínica winnicottiana. No capítulo quarto, faço uma breve apresentação do conceito de objeto subjetivo, segundo a visão dos poucos autores que, na literatura secundária, descrevem o conceito ou apenas o mencionam

Abstract: The aim of this dissertation is to present Winnicott's concept of subjective object, seeking to characterize its meaning and scope within the individual maturation theory. In my introduction, I begin by situating the concept and its relationship to other concepts used by Winnicott to describe his view of the phenomena that occur in the early stages, i.e., prior to the separation between the baby and the mother. Then I make a brief account of the author's professional history, seeking to highlight the ideas and attitudes that seem to relate to the development of this concept. In the first chapter, I speak more directly about the concept, featuring the meaning it had when first used. Next, I present the expansion of its meaning when Winnicott proposes the concept of pure female element. I conclude this chapter by trying to characterize the different ways that the author uses the concept in various articles. In the second chapter, I talk about the theoretical implications derived from this concept, dividing the chapter into three parts. In the first, I point out the different meanings that Winnicott applies to the concept of object, within the theory of maturation, i.e., subjective object, transitional, object usage and objectively perceived. In the second part, I distinguish the concept of subjective object of other senses from its use in the traditional psychoanalytic jargon. In concluding the chapter, I present further theoretical implications arising from the innovations introduced by this concept, as they refer to unknown phenomena or to areas previously unexplored by traditional psychoanalysis. In the third chapter, I introduce the concept of the implications in the clinical area, seeking to characterize the various traditional concepts of psychoanalysis that are affected by the implications of this concept and of the innovations brought about by Winnicott's clinic. In the fourth chapter, I make a brief presentation of the concept of subjective object, according to the vision of the few authors who, in the secondary literature, describe the concept or just mention it
Subject: Winnicott, D. W. (Donald Woods), 1896-1971
Objeto (Filosofia)
Psicanálise
Psicologia do desenvolvimento
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Muratori_Ricardo_M.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.