Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321409
Type: TESE DIGITAL
Title: Peculiaridades do trabalho nos Call Centers : um estudo das teleoperadoras de Campinas-SP
Title Alternative: Peculiarities of the work in Call Centers : a study about the teleworkers from Campinas-SP
Author: Martinelli, Bruna, 1990-
Advisor: Antunes, Ricardo, 1953-
Antunes, Ricardo Luiz Coltro
Abstract: Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo compreender os principais aspectos do trabalho em call centers, bem como identificar quais são as parcelas da população que compõe, predominantemente, os teleoperadores. Nesse intuito, realizamos entrevistas com os teleoperadores de duas centrais de teleatendimento localizadas na cidade de Campinas-SP. São elas as empresas Atento e Actionline. Analisamos as particularidades dos teleoperadores com relação aos aspectos de classe, gênero, sexualidade, geração, bem como suas experiências sindicais e de resistências cotidianas no espaço de trabalho. Os call centers surgiram como um setor de informação a partir dos anos 1980, e no Brasil, mais especificamente, por volta dos anos 1990, principalmente após a privatização das telecomunicações. Nesse momento, a esfera da produção passava por intensas transformações, em decorrência da chamada "reestruturação produtiva", processo que transformou substancialmente as práticas de trabalho. Isso se deu, principalmente, através da utilização das novas tecnologias de informação, bem como de novas formas de gestão e controle do trabalho. Ao mesmo tempo, o capitalismo entrava em uma nova fase quanto ao seu modo de ser de acumulação, sendo essa a chama "acumulação flexível". A acumulação flexível, juntamente com o surgimento das novas tecnologias de informação, provocou uma expansão do setor de serviços ao qual o telemarketing faz parte. Desse modo, procuramos estabelecer as possíveis conexões entre o trabalho nos call centers e as novas tendências econômicas, no esforço de encontrar pistas para a compreensão das novas tendências do mundo do trabalho e da classe trabalhadora contemporânea

Abstract: The goal of this research is to understand the main aspects of the labor at the call centers and also identify which parts of the population are predominantly the teleworkers. To reach this the teleworkers of two telemarketing companies at Campinas-SP, which are Atento and Actionline, were interviewed focusing in the class, gender, sexuality, and generation aspects, and also in their tradeunisms experiences and resistances on the workspace. Call Centers have emerged as an information sector in the 1980s and specifically in Brazil around the 1990s, especially after the telecommunications privatization. At this time the production sector was intensely changing as a result of the "rengeneering", which deeply transformed the labor practices. That happened thanks to the new uses of information technologies and the new forms of labor control emerged. At the same time the capitalism was going through a new phase in its accumulation process called "flexible accumulation". This flexibility of accumulation and the new information technologies made expand the service sector, which telemarketing is part of it. Thus the connections between the work at the call centers and new economic tendencies were established, trying to understand the new tendencies of the labor-world and the labor class nowadays
Subject: Trabalho
Centro de atendimento ao cliente
Telecomunicações
Classe trabalhadora
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martinelli_Bruna_M.pdf915.97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.