Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321395
Type: TESE DIGITAL
Title: Farmacocinética e depleção de resíduos do florfenicol em tambaqui (Colossoma macropomum)
Title Alternative: Pharmacokinect and residue depletion of florphenicol in tambaqui (Colossoma macropopmum)
Author: Branco, Luciana da Conceição Castello, 1985-
Advisor: Reyes, Felix Guillermo Reyes, 1948-
Abstract: Resumo: A aquicultura é um sistema de produção agropecuário que mais cresce no mundo e apresenta grande potencial de expansão. Dentre os sistemas de provimento de alimentos protéicos, é o que apresenta maior potencial de expansão, e com alto valor nutritivo. O Brasil apresenta elevado potencial para expansão da aquicultura: uma costa litorânea de 8,4 mil quilômetros, 5,5 milhões de hectares de reservatórios de águas continentais, clima favorável, terras disponíveis, mão de obra abundante e crescente mercado interno. Dentre as espécies com potencial produtivo, destaca-se o tambaqui (Colossoma macropomum), que atualmente é a segunda espécie de peixe de águas continentais mais criada no Brasil, e é a espécie nativa da região amazônica com maior expressão produtiva. Em pisiculturas intensivas, maximizan-se os recursos produtivos com o aumento do adensamento populacional favorecendo a difusão de doenças entre os animais. Estudos para o efetivo e correto tratamento de enfermidades que acometem os peixes em sistemas intensivos de produção, são de elevada importância. No Brasil, existem unicamente dois fármacos aprovados para utilização na aquicultura, são eles o florfenicol e a oxitetraciclina. O florfenicol (FF) é um antimicrobiano da família dos anfenicóis, que apresenta amplo espectro de ação, sendo muito eficaz no tratamento de infecções bacterianas. Sua utilização no Brasil é aprovada para tilápias (Oreochromis niloticus) e trutas (Oncorhynchus mykiss), sendo necessário a realização de estudos para utilização em espécies nativas. Assim, este trabalho contribui com o desenvolvimento e expansão da aquicultura no país, através do estudo da farmacocinética e depleção de resíduos do FF em tambaqui, após sua administração via ração medicada. O perfil farmacocinético foi obtido pela administração de FF em dose única (21,0 mg/kg de peso vivo - pv), através da ração, e posterior análise do plasma dos animais. O período de depleção foi determinado pela administração de FF, simulando o tratamento da doença, sendo administrado 10 mg/kg de pv, por 10 dias, e posterior análise do músculo dos animais. Foram desenvolvidos e validados métodos analíticos para determinação de FF na ração medicada e de FF e de seu metabólito, o florfenicol amina (FFA), no plasma e músculo. Pode-se concluir que para o tambaqui, o FF apresentou potencial para tratamento das principais bacterioses que acometem a espécie, e que o período de carência após 10 dias de tratamento, foi menor do que 24 horas

Abstract: Aquaculture is a system of production that has been growing considerably throughout the entire world. Among the systems of providing protein-based food, it is the one that presents the highest potential for expansion, with high nutritional value. Brazil shows elevated potential for expansion in aquaculture: having a coastline of 8.4 thousand kilometer, 5.5 million hectares of inland water reserves, favorable weather conditions, available land, an abundance in laborers and a growing internal market. Among the species with potential production, the tambaqui (Colossoma macropomum) stands out. It is currently the second most raised inland water fish in Brazil, and is one of the native species to the Amazon region with the highest production expression. The intensive systems of production bring them the factor of proximity between the animals and a possibility of higher propagation of diseases among themselves. Studies about the effective and correct treatment of illnesses that affect the fish in intensive production are of elevated importance. In Brazil, only two drugs are approved for use in aquaculture, florphenicol (FF) and oxytetracycline. FF is a broad-spectrum antibiotic of the anphenicol family, which is very effective in the treatment of bacterial infections, mainly those that affect fish farms. Its use in Brazil is approved for tilapias and trouts. Thus, in order to use it on native species studies are necessary. Therefore, this study aimed to contribute to the development and expansion of fish farming in the country, through the study of the pharmacokinetics and depletion of FF residues in tambaqui, after its administration via medicated feed. The pharmacokinetic profile was obtained administering FF in a single dose (21 mg/kg body weight - bw), by the feed, and a posterior analysis of the animal¿s plasma. The depletion period was determined by administering FF, simulating the treatment of a disease, being administered 10 mg/kg bw, for 10 days, and a posterior analysis of the animal¿s muscles. It can be concluded that for the tambaqui, FF showed potential for the treatment of the main bacteria that attack the species, and that the withdrawal period, after 10 days of treatment, is less than 24 hours
Subject: Depleção
Farmacocinética
Florfenicol
Florfenicol amine
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Branco_LucianadaConceicaoCastello_D.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.