Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321276
Type: TESE DIGITAL
Title: O Instituto de Agroecologia Latino Americano Amazônico como espaço em construção permanente = The Agroecology Institute Amazon Latin American as space permanent construction
Title Alternative: The Agroecology Institute Amazon Latin American as space permanent construction
Author: Silva, Elenara Ribeiro da, 1969-
Advisor: Tonso, Sandro, 1961-
Abstract: Resumo: Esse trabalho de pesquisa trata-se de um Estudo de Caso sobre o Instituto de Agroecologia Latina Americano Amazônico (IALA Amazônico). Esse Instituto faz parte de uma rede de instituições ligadas à Via Campesina responsáveis pela formação política e científica de camponeses e camponesas. Também tem como objetivo se constituir em um centro de convergência de experimentação baseadas em princípios agroecológicos no bioma Amazônico, isto significa que a sua abrangência extrapola a fronteira brasileira. Para manter o Instituto funcionando existe um grupo de pessoas que constituem a Brigada "Mamede Oliveira" que tem a responsabilidade de planejar e executar as atividades pedagógicas e produtivas, além de atividades de manutenção do espaço. Todas as pessoas que participam das atividades pedagógicas (cursos, reuniões, oficinas) também participam das atividades nas unidades produtivas, isto é, as atividades pedagógicas envolvem tanto estudo teórico como trabalho. Além disso, as pessoas participam de grupos e reuniões onde podem contribuir para reflexão e decisão sobre questões relacionadas ao IALA Amazônico. Todas as pessoas que participam, trabalham voluntariamente e como está vinculado a Via Campesina e tem abrangência Pan Americana, esse Instituto recebe visita de vários atores sociais. Como foi criado a partir de reflexões e discussões que sempre envolveram vários atores sociais e também por negar a ideia de ser centro de referência ou modelo, o IALA Amazônico se propõe a ser `um espaço em construção permanente¿. Nesse trabalho busquei entender em que medida as estratégias metodológicas adotadas no Instituto contribuem para que ele possa ser considerado `um espaço em construção permanente¿. Para me aproximar do cotidiano do IALA Amazônico realizei duas visitas de campo quando utilizei a metodologia Observação Participante. Além disso, entrevistei várias pessoas, pesquisei documentos relacionados ao Instituto, gravei reuniões e aulas que participei. Para análise utilizei elementos relacionados a Agroecologia, Educação do Campo e Participação Democrática. A Agroecologia compõe a proposta do Instituto, e é uma ciência que valoriza o conhecimento das comunidades do campo, e por meio desse diálogo também vai elaborando e sistematizando os conhecimentos. Além disso, por ser uma ciência recente também está em construção. O IALA Amazônico se configura uma experiência de Educação do Campo e busca utilizar princípios como alternância, trabalho e pesquisa como princípio educativo e relação entre teoria e prática. A alternância permite a aproximação com a realidade cotidiana das comunidades e é a base para as discussões teóricas e estudo. O trabalho e pesquisa como princípio educativo são formas de articulação crítica entre teoria e prática, buscando superar as incoerências e aprimorar as intervenções na realidade. A Participação Democrática traz elementos como decisão coletiva, acordos coletivos, relações dialógicas, delegação de poder juntamente com prestação de contas e compromisso por parte do representante para com os representados. As estratégias ligadas à discussão da Agroecologia, tais como buscar se tornar um centro de convergência de experimentações agroecológicas e o Encontro dos Sábios, a adoção dos princípios pedagógicos e também instâncias de participação e os acordos coletivos que existem no IALA Amazônico contribuem para configurá-lo em um espaço de construção permanente

Abstract: This research work it is a Case Study on the Agroecology Institute Amazon Latin American (IALA Amazon). This Institute is part of a network of institutions linked to the Via Campesina, responsible for political and scientific education of peasants. It also aims to constitute a convergence center of experimentation based on agroecological principles in the Amazon biome, this means that its scope extends beyond the Brazilian border. To keep the Institute running there is a group of people who constitute the Brigade "Mamede Oliveira" who has the responsibility to plan and execute the educational and productive activities, and space maintenance activities. All persons participating in educational activities (courses, meetings, workshops) also participate in activities in productive units, ie educational activities involve both theoretical study and work. In addition, people participate in groups and meetings which can contribute to reflection and decision on issues related to IALA Amazon. All people who participate, voluntarily work. Also this Institute is visited by various social actors because it is linked to Via Campesina and has a Pan American scope. The IALA Amazon was created from reflections and discussions that always involved various stakeholders and also to deny the idea of a reference center or model, IALA Amazon intended to be 'a space in permanent construction'. This study aim to understand to what extent the methodological strategies adopted at the Institute contribute to its consideration as 'a space in permanent construction'. To approach the IALA Amazon I performed two field visits using the methodology of Participant Observation. In addition, I interviewed several people, researched documents related to the Institute and recorded the meetings and classes that I attended. To the analyze I used elements related to Agroecology, Peasant Education and Democratic Participation. Agroecology is part of the proposal of the Institute, and is a science that values the knowledge of the peasant communities, and through this dialogue also elaborate and systematize knowledge. Moreover, being a recent science is also under construction. The IALA Amazon to set up a Rural Education experience and seeks to use principles such as switching ( alternância ) , work and research as an educational principle and relation between theory and practice. Switching allows approach to the everyday reality of communities and is the basis for the theoretical study and discussions. The work and research as an educational principle are forms of critical articulation between theory and practice, seeking to overcome inconsistencies and improve interventions in reality. Democratic Participation brings elements such as collective decision, collective agreements, dialogical relations, power delegation along with accountability and commitment by the representative to the represented. The strategies related to the discussion of Agroecology, such as seeking to become a center of convergence of agroecological trials and the Meeting of the Wise , the adoption of pedagogical principles and also instances of participation and collective agreements that exist in IALA Amazon contribute to configure it in a space in permanent construction
Subject: Instituto de Agroecologia Latino Americano Amazônico
Educação do campo
Ecologia agrícola
Participação democrática
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_ElenaraRibeiroda_M.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.