Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321161
Type: TESE DIGITAL
Title: O gênero Manihot Mill. (Euphorbiaceae) na Amazônia brasileira
Title Alternative: The genus Manihot Mill. (Euphorbiaceae) in the Brazilian Amazon
Author: Orlandini, Priscila, 1990-
Advisor: Souza, Vinicius Castro
Abstract: Resumo: A família Euphorbiaceae é uma das mais complexas da ordem Malpighiales Mart., sendo amplamente distribuída, porém mais diversa em regiões tropicais, apresentando cerca de 6300 espécies distribuídas em 218 gêneros, dentre os quais, Manihot Mill. é o sétimo mais numeroso, com cerca de 150 espécies. O gênero possui grande importância econômica devido à sua espécie mais cultivada: M. esculenta Crantz, que é a base alimentar de muitos povos. Para a confecção deste trabalho foram realizadas viagens a campo e visitas aos herbários que continham coleções significativas de materiais amazônicos. A área de estudo inclui a região compreendida pelo Bioma Amazônia, restrito aos limites do território brasileiro. Foram reconhecidas 13 espécies de Manihot para esta região: M. allemii M.J. Silva, M. anomala Pohl, M. baccata Allem, M. brachyloba Müll. Arg., M. caerulescens Pohl, M. esculenta Crantz, M. leptophylla Pax, M. quinquepartita Müll. Arg., M. tripartita (Spreng.) Müll. Arg., M. tristis Müll. Arg., M. xavantinensis Rogers & Appan, além de duas prováveis espécies novas. Foi realizada uma descrição morfológica para o gênero de acordo com as plantas analisadas e realizada uma breve explanação de características morfológicas gerais como o caule, tronco, metabólitos secundários, folhas, flores, frutos e sementes, além de aspectos relacionados à importância econômica. Para a separação dos táxons foram utilizadas características vegetativas e reprodutivas, com destaque para a ampla variabilidade morfológica apresentada pelas folhas do grupo, que podem ser inteiras ou lobadas ou ambas no mesmo indivíduo

Abstract: The Euphorbiaceae family is one of the most complex of Malpighiales Mart. order, widely distributed, however, is more diverse in tropical regions, presenting 6300 species distributed in 218 genera, among them, Manihot Mill. is the seventh more numerous, with about of 150 species. The genus has such a great economic importance due to its most cultivated species: M. esculenta Crantz, which is the food base for many people. For this study, field trips were necessary and also visits to herbarium which contained significant scientific collections of Amazonian region material. The research was held in the comprised region by the Amazon Biome, restrict to the limit of the Brazilian territory. They were recognized 13 species of Manihot for this region: M. allemii M.J. Silva, M. anomala Pohl, M. baccata Allem, M. brachyloba Müll. Arg., M. caerulescens Pohl, M. esculenta Crantz, M. leptophylla Pax, M. quinquepartita Müll. Arg., M. tripartita (Spreng.) Müll. Arg., M. tristis Müll. Arg., M. xavantinensis Rogers & Appan, and two probable new species. It was realized a morphological description of the genus according to the analysed plants and a brief explanation of the general morphological features as the stem, trunk, secondary metabolites, leaves, flowers, fruits and seeds, as well as aspects related to economic importance. For the separation of the taxa were used vegetative and reproductive features, highlighting the wide morphological variability of the leaves of the group, which may be whole or lobed or both in the same individual
Subject: Botânica
Malpighiales
Mandioca
Taxonomia vegetal
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Orlandini_Priscila_M.pdf15.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.