Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321151
Type: TESE DIGITAL
Title: Prole de progenitores treinados em endurance herdam a melhora da função mitocondrial por meio da redução dos correpressores de PPAR = Offspring from endurance-trained fathers inherits improved mitochondrial function through PPAR co-repressors decreased
Title Alternative: Offspring from endurance-trained fathers inherits improved mitochondrial function through PPAR co-repressors decreased
Author: Freitas-Dias, Ricardo, 1979-
Advisor: Carneiro, Everardo Magalhães, 1955-
Abstract: Resumo: Apesar dos benefícios do exercício físico sobre o controle glicêmico e redução da incidência e prevalência da obesidade e desenvolvimento da síndrome metabólica serem bem consolidados pouco é conhecido sobre a transmissão e mecanismos destes benefícios para as próximas gerações. Nós investigamos se esses benefícios estão relacionados à herança da função mitocondrial do músculo esquelético bem como a sinalização molecular envolvida. Outro aspecto avaliado foi à influência da dieta hiperlipídica neste contexto. Camundongos Swiss machos foram submetidos ao treinamento de endurance por um período de oito semanas e acasalados com fêmeas não treinadas. Foi avaliada a função mitocondrial, bem como os mecanismos moleculares envolvidos na biogênese mitocondrial da prole. Os progenitores treinados exibiram resultados típicos do treinamento físico incluindo melhora do desempenho de endurance, função mitocondrial e controle glicêmico. A prole dos progenitores treinados também apresentou maior desempenho de endurance, consumo de oxigênio mitocondrial, tolerância à glicose e sensibilidade à insulina. Apesar de maior expressão de genes oxidativos, a expressão e atividade de PGC1? não aumentou na prole dos progenitores treinados. No entanto, foi observado menor expressão dos correpressores de PPAR (NCOR1 e RIP140). Com os resultados do presente trabalho pode-se concluir que a maior função mitocondrial herdada pela prole dos progenitores treinados é modulada por meio da redução da expressão dos correpressores de PPAR. De forma interessante, demonstramos que a dieta hiperlipídica abole a reprogramação metabólica associada com a melhor performance mitocondrial

Abstract: Skeletal muscle capacity and mitochondrial function are tightly associated with glycemic control. The beneficial effects of exercise on glycemic control appear to be transmitted to offspring; however, the mechanisms underlying this transfer are still unknown. We investigated whether these benefits are related to the inheritance of skeletal muscle mitochondrial function and evaluated the possible signaling pathways involved. Male Swiss mice were subjected to 8 weeks of endurance training and mated with untrained females. The mitochondrial function and biogenesis of the offspring were assessed. As expected trained fathers demonstrated enhanced endurance performance, mitochondrial oxygen consumption, PGC-1? expression, and glycemic control. The offspring from trained mice also exhibited better endurance performance, mitochondrial oxygen consumption, glucose tolerance and insulin sensitivity. Intriguingly, PGC-1? expression and activity did not increase in the offspring from trained mice. However, lower levels of the PPAR co-repressors NCoR1 and RIP140 were detected. In conclusion, enhanced mitochondrial function is inherited by the offspring of trained fathers, and the signaling underlying this improved function is mediated by the decreased expression of PPAR co-repressors
Subject: Epigenética
Exercícios físicos
Mitocôndria - Fisiologia
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas-Dias_Ricardo_D.pdf2.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.