Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321115
Type: TESE DIGITAL
Title: O processo de criação em dança e sua relação com elementos da arte visual e musical : uma proposta de utilização de métodos de improvisação de Rolf Gelewski
Title Alternative: The process of creation in dance and its relationship with elements of the visual and musical art : a proposal for the use of Rolf Gelewski's improvisation methods
Author: Passos, Juliana Cunha, 1983-
Advisor: Zimmermann, Elisabeth Bauch, 1946-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa teórico-prática de Doutorado em Artes da Cena tem como tema principal a utilização de improvisações no processo de criação em dança, a partir de métodos elaborados por Rolf Gelewski e as possibilidades de relação entre a Dança e os elementos da linguagem visual e musical. Inicialmente, propôs um resgate histórico do trabalho artístico-pedagógico de Gelewski (1930-1988), dançarino, professor e pesquisador de dança que atuou no Brasil entre as décadas de 1960 e 1980. Em um segundo momento, desenvolveu propostas de improvisação com artistas voluntários utilizando elementos da linguagem visual e musical para estimular a criação em dança. Nesta etapa, foram utilizados dois métodos de improvisação, estruturada e livre, contidos na publicação Ver ouvir movimentar-se: dois métodos e reflexões referentes à improvisação na dança (1973) de Gelewski. Esta publicação aborda essencialmente um trabalho com improvisações em dança, a partir de obras musicais sugeridas. Inicialmente foi explorada a utilização de músicas como energia motora e estimuladora do movimento, como propõem os métodos de Gelewski. Posteriormente, o trabalho foi expandido, desenvolvendo improvisações a partir de obras das Artes Visuais (figurativas e abstratas), adaptando os métodos para esta linguagem artística. Por fim, na fase artístico-criativa, improvisações e laboratórios de criação foram realizados para elaboração do espetáculo de dança contemporânea "Doar-se dor", fruto do processo criativo coletivo. Na fase anterior, as relações ocorreram em um único sentido: música ou imagem estimulando a criação de movimentos e de sentidos. Na fase final, foram criadas novas relações e inter-relações entre movimento, imagens (linguagem visual) e sons (linguagem musical), a partir de criações do próprio grupo. As relações romperam as barreiras e extravasaram em múltiplos sentidos e combinações possíveis: Som/Imagem/Movimento que gera imagem, que gera movimento, que gera som, que gera cena, que gera espetáculo... E onde foi mesmo que toda esta criação começou?

Abstract: The main theme of this theoretical and practical research for PhD in Performing Arts is the use of improvisation in the creative dance process, based on two methods developed by Rolf Gelewski and the possibilities of relationship between dance and elements of visual language and musical. Initially, the project proposed a historical review of Gelewski's artistic and pedagogical work. Gelewski (1930-1988) was a dancer, teacher and researcher of dance who lived and worked in Brazil between the 1960s and 1980s. In a second moment, the research developed improvisation proposals with volunteer artists using elements of visual and musical language to stimulate the creation of dance. At this stage, we used two methods of improvisation, structured and free, contained in the publication "To see, To hear, To move: two methods, and thoughts on improvisation in dance" (1973) of Gelewski. This publication addresses primarily a work with improvisation in dance, with suggested musical works. Initially music was explored as a driving energy in order to stimulate movement, as proposed the methods of Gelewski. Later, the work was expanded by developing improvisations from works of Visual Arts (figurative and abstract), adapting the methods for this artistic language. Finally, in the artistic-creative phase, improvisations and labs of creation were performed for the development of contemporary dance "Doar-se dor", the result of the collective creative process. In the first phase, relations occurred in only one direction: music or image stimulating the creation of movements and senses. In the final phase, there were created new relationships and interrelationships between pictures (visual language) and sounds (musical language), from the group's own creations. The relationship broke barriers and elaborated in multiple directions and possible combinations: Sound / Image / Movement which generate image, which generate movement, which generate sound, which generate a scene that generates spectacle ... And where does all this creation come from?
Subject: Gelewski, Rolf, 1930-1988
Dança
Improvisação na dança
Processo criativo
Arte - Linguagem
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Passos_JulianaCunha_D.pdf6.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.