Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320990
Type: TESE DIGITAL
Title: As resistências à cidade de exceção : reestruturação urbana em Cuiabá no contexto da copa do mundo da FIFA de 2014  
Title Alternative: The resistances to the city of exception : urban restructuring in Cuiabá in the FIFA's world cup context
Author: Nascimento, Adriana Queiroz do, 1982-
Advisor: Moretti, Edvaldo César, 1962-
Abstract: Resumo: O Brasil sediou um dos principais eventos esportivos mundiais em 2014: a Copa do Mundo, realizada pela FIFA - Fédération Internacionale de Football Association. Muitas transformações de cunho social, político, cultural e econômico passaram a ser associadas ao megaevento num sistema de apoio logístico. Esse processo ocorreu em meio ao que Agambem (2004) denomina de Estado de Exceção e gera a cidade de exceção, quando os investimentos em infraestrutura encontram lacunas na própria legislação urbana brasileira ao serem mediados por interesses que passam pelo setor imobiliário, utilizando-se de recursos públicos. O evento movimentou altos recursos financeiros, em especial aqueles direcionados a obras que foram pensadas no momento da Copa do Mundo, e que fogem aos interesses de ordem pública, atendendo aos interesses de grupos políticos e empresariais, utilizando-se de um modelo de governança urbana que tem sido instalado nos países que sediam grandes eventos esportivos,. Esta tese se preocupa em compreender o processo de reprodução do espaço urbano levando-se em consideração as remoções urbanas que antecederam a realização de megaeventos no Brasil analisando as transformações urbanas associadas às mudanças do espaço público e privado e as intervenções socioambientais que ocorreram em virtude da realização da Copa do Mundo em Cuiabá. Para demonstrar esse sistema, que envolve as mudanças urbanas em fase de preparação e desenvolvimento da Copa do Mundo em Cuiabá-MT, esta análise parte de uma abordagem qualitativa (MINAYO;GOMES, 2012). A sequência metodológica se inicia com os levantamentos secundários sobre a reestruturação urbana, os investimentos públicos e privados e as informações sobre a ação dos agentes modificadores do espaço urbano. As hipóteses foram corroboradas a partir do método, no sentido de fazer com que a pesquisa esteja diante de processos analíticos que compreendam a ação dos investimentos públicos e privados para a realização da Copa do Mundo em Cuiabá. No que tange ao processo de compreensão das intervenções socioambientais, será enfatizado o processo de ocupação das margens do Córrego do Barbado, marcado pela segregação socioespacial, pela população periférica desde a década de 1970. Atualmente vem sendo apropriada por grupos imobiliários que agem nacionalmente na construção de edifícios voltados para o público de alto poder aquisitivo. A dicotomia dessa relação está marcada pelo conflito de interesses que diferencia ocupações existentes na mesma área em virtude do processo de valorização da terra urbana e que, devido à Copa do Mundo, cogitou-se remover apenas as famílias de baixo poder aquisitivo que historicamente vivem em Área de Preservação Permanente (APP), passando a ter o seu direito à moradia questionado em virtude da realização do Megaevento. Sabem-se das relações conflitantes do processo de organização da Copa do Mundo, das disputas políticas, dos jogos de interesses, porém torna-se necessário refletir sobre a vida nos ambientes urbanos, sobre as pessoas que estão muito aquém dessa discussão, mas que estão diretamente ligadas ao resultado que as decisões político-administrativas trazem à cidade

Abstract: Brazil hosted one of the world¿s main sport events in 2014: The World Cup, held by FIFA ¿ Fédération Internationale de Football Association. Many transformations of the social, political, cultural and economical trend began to be associated with the mega event in a system of logistic support. This process took place in the midst of what Agamben (2004) denominates State of Exception, when gaps are found in the infrastructure investments in its own Brazilian urban legislation mediated by interests that go through the real estate industry using public resources. The event handled big financial resources, especially those addressed to construction work that were thought to at the time of the World Cup, and that are beyond the interests of public order, answering to the interests of political and business groups, using an urban governance model that has been established in countries that host large sports events. This thesis cares to understand the reproduction process of the urban space taking into account the urban removals that precede the realization of mega events in Brazil analyzing the urban transformations associated with the changes of public and private space and the socio-environmental interventions that took place in virtue of the realization of the World Cup in Cuiabá. In order to demonstrate this system, which involves the urban changes in the preparation and development phase of the World Cup in Cuiabá-MT, this analysis starts off at a qualitative approach (MINAYO; GOMES, 2012). The methodological sequence initiates with the secondary data collection relating to urban restructure, the public and private investments and the information about the action of urban area modifiers. The hypotheses corroborated from the method, in ways of presenting the research against analytical processes that comprehend the action of public and private investments for the realization of the World Cup in Cuiabá. Regarding the comprehension process of socio-environmental interventions, the occupation process of Córrego do Barbado¿s edges will be emphasized, set by the socio spatial segregation, by the peripheral population since the decade of 1970. Nowadays it has been appropriated by real estate groups that act nationally in the construction of buildings aimed at the public of high purchasing power. The dichotomy between this relation is marked by the conflict of interest which differentiates the existing occupation in the same area in virtue of the valorization process in urban land and that, due to the World Cup, it has been considered removing only the families with low purchasing power that historically live in the Permanent Preservation Area (PPA), who started having their right of living questioned due to the realization of the mega event. Conflicting relations of the organization process of the World Cup are known, as well as the political disputes and self-interest involved, however it becomes necessary to reflect about life in urban environments, about people who falls far short of this discussion, but that are directly connected to the result that the political administrative decisions bring to the city
Subject: Planejamento urbano
Copa do mundo (Futebol)
Periferias
Cuiaba, MT
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nascimento_AdrianaQueirozdo_D.pdf7.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.