Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320927
Type: TESE DIGITAL
Title: A fuga da Sogra : mulheres, poesia e humor em Hecyra
Title Alternative: The runaway mother-in-law : women, poetry and humour in Hecyra
Author: Bragion, Aline da Silva Lazaro, 1990-
Advisor: Cardoso, Isabella Tardin, 1971-
Abstract: Resumo: A presente pesquisa propõe o estudo da caracterização dos papéis femininos em Hecyra (A sogra), uma intrigante comédia de Terêncio (185-159 a.C.) que é muito pouco estudada no Brasil. A tradução anotada do texto serviu de ponto de partida para a análise. Nesta, primeiramente, observando de que modo os Prólogos narram os acontecimentos das duas primeiras tentativas de representação de Hecyra, propomos uma interpretação que destoa da leitura "literal" normalmente dedicada a tais passagens. Na análise das cenas propriamente ditas, atentamos para o modo como se introduz uma temática central à peça, a saber: o conflito entre mulheres e entre os sexos (incluindo violência sexual e misoginia). Levamos em conta sobretudo a linguagem poética de Terêncio (com destaque à presença de metateatro), bem como a caracterização de personagens e situações pertinentes ao repertório da fabula palliata. Essa atenção à poesia terenciana revela-se fundamental para se perceberem aspectos humorísticos pouco apreciados em Hecyra

Abstract: This study analyzes the characterization of the female roles in Hecyra (The mother-in-law), an intriguing play by Terence (185-159 BC) that is not very much studied in Brazil. The annoted translation of the play, presented in this study, was the starting point for the analysis. A closer reading of the way the prologues narrate the previous attempts of staging the play itself has led to a less verbatim reading of those passages. The analysis of the first scenes privileged the way a central theme to the play is introduced: the conflicts between women and between genders (including sexual violence and misogyny). Special attention is given to the Terentian poetic language, to the presence of metatheatre as well as of characters and situations pertaining to the repertoire of the fabula palliata. Such an attention o Terentian poetry shows itself essential to the perception of laughable aspects in Hecyra
Subject: Terêncio, 185-159 a.C.. A sogra - Crítica e interpretação
Terêncio, 185-159 a.C. - Personagens - Mulheres
Teatro latino (Comédia)
Prólogos e epílogos
Mulheres na literatura
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bragion_AlinedaSilvaLazaro_M.pdf2.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.