Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320840
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: O cinema ficcional e o despertar de emoções = um caminho expandido para a aprendizagem =The fictional film and the awakening of emotions : an expanded path to learning
Title Alternative: The fictional film and the awakening of emotions : an expanded path to learning
Author: Chinalli, Didiane Vally Figueiredo, 1961-
Advisor: Akhras, Fábio Nauras, 1954-
Abstract: Resumo: Esta dissertação investiga o cinema ficcional quanto ao seu viés pedagógico nesta era de educação midiática. Em particular, trata das emoções desencadeadas no espectador (aluno universitário) durante a assistência a uma narrativa fílmica ficcional e dos seus possíveis impactos na aprendizagem. É de domínio público na Academia que ao longo das três últimas décadas se produziram inúmeros trabalhos científicos acerca do uso do cinema na Educação e há praticamente consenso entre estudiosos da sétima arte e educadores quanto à relevância do cinema para fins pedagógicos. Não obstante, até onde se pôde averiguar não se promoveram pesquisas voltadas diretamente à análise das emoções evocadas pela obra fílmica na facilitação ou otimização da aprendizagem. Na parte inicial da dissertação se expõe um panorama das mudanças na Educação em virtude dos avanços das tecnologias; destaca-se as principais contribuições pedagógicas do cinema nesta era da cultura à imagem e comenta-se a teoria da aprendizagem multimídia. Como referencial teórico são elencadas as principais pesquisas do Cognitivismo ¿ no domínio das teorias do cinema ¿ que tratam dos recursos do filme narrativo ficcional para evocar emoções no espectador. São também citadas as pesquisas da Psicologia e da Neurociência sobre os reflexos das emoções na cognição cujos fundamentos sugerem a possibilidade de as emoções fílmicas contribuírem para aprendizagem. Para fechar a exposição teórica se efetuou a análise fílmica da obra "The constant gardener" de Fernando Meirelles (2005) com o fim de identificar os recursos para evocar as emoções no espectador, o potencial de aprendizagem do filme e os aspectos cognitivos suscitados na audiência. A análise indicou que o espectador (no caso, o aluno universitário) recebe uma vasta gama de estímulos ao longo da narrativa que podem contribuir para a construção do conhecimento tanto pelos processos cognitivos suscitados (entendimento) como pelas emoções sentidas (vivência). Esta investigação permitiu sugerir que as emoções evocadas no espectador podem contribuir para um incremento da aprendizagem. Também auxiliou demonstrar que a aprendizagem que decorre da assistência a filmes (aprendizagem multimídia) parece proporcionar resultados mais rentáveis em relação à aprendizagem dita tradicional (por meio de livros e demais textos didáticos). Acredita-se que pesquisas futuras possam aprofundar e expandir o estudo dessa temática

Abstract: This dissertation investigates the fictional movie about his educational bias in this age of media education. In particular, deals with the emotions triggered in the viewer (university student) during the care of a fictional film narrative and its possible impact on learning. It is in the public domain at the Academy that over the last three decades have produced numerous scientific papers on the use of film in education and there is a virtual consensus among scholars of the seventh art and educators about the relevance of the cinema for educational purposes. Nevertheless, as far as it was able to ascertain not promoted research aimed directly to the analysis of the emotions evoked by the film work in facilitating or optimization of learning. In the early part of the dissertation presents an overview of the changes in education because of advances in technology; highlights the main pedagogical contributions movie in this era of culture in the image and commented the theory of multimedia learning. As a theoretical framework are listed the top searches of Cognitivism - in the field of cinema theories - dealing with the fictional narrative film resources to evoke emotions in the viewer. the research of psychology and neuroscience are also cited on the reflections of emotions on cognition whose fundamentals suggest the possibility of filmic emotions contribute to learning. To close the theoretical exposure was made the film analysis of the movie "The constant gardener" by Fernando Meirelles (2005) in order to identify resources to evoke emotions in the viewer, the learning potential of the film and cognitive issues raised at the spectator. The analysis indicated that the spectator (in this case, the university student) receives a wide range of stimuli throughout the narrative that can contribute to the construction of knowledge by both raised cognitive processes (understanding) as the emotions felt (experience). This investigation has suggested that the emotions evoked in the viewer can contribute towards improving learning. Also helped demonstrate that the learning that arises from assistance movies (multimedia learning) seems to provide profitable results in relation to the traditional learning (through textbooks and other educational texts). It is believed that future research to deepen and expand the study of this subject
Subject: Cinema na educação
Estratégias de aprendizagem
Emoções
Editor: [s.n.]
Citation: CHINALLI, Didiane Vally Figueiredo. O cinema ficcional e o despertar de emoções: um caminho expandido para a aprendizagem =The fictional film and the awakening of emotions : an expanded path to learning. 2016. 1 recurso online ( 122 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/320840>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chinalli_DidianeVallyFigueiredo_M.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.