Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320831
Type: TESE DIGITAL
Title: Escrita de si, escrita do outro = os procedimentos do artista Thomaz Perina em seu livro-arquivo e sua casa-ateliê = Self writing, other's writing: artist Thomaz Perina's procedures in his archive-book and his home-studio
Title Alternative: Self writing, other's writing : artist Thomaz Perina's procedures in his archive-book and his home-studio
Author: Fardin, Sonia Aparecida, 1963-
Advisor: Schiavinatto, Iara Lis, 1964-
Schiavinatto, Iara Lis Franco, 1964-
Abstract: Resumo: Thomaz Perina (1921 - 2009) foi professor de pintura, ilustrador, artista plástico e decorador com destacada presença na imprensa e nos mecanismos de atestação de valor do campo das artes em Campinas/SP, na segunda metade do século XX. Desde a década de 1980, sua vida e obra vêm sendo objeto de celebração e estudo. Thomaz Perina foi um artista atento e ativo aos procedimentos de documentação e visibilidade de suas atividades e produção artística. Os dois mais expressivos procedimentos foram a organização de uma encadernação à qual deu o nome de Livrão, que teve a função de arquivo das menções públicas a sua atuação como artista e decorador. Nessa peça, sua imagem pública foi por ele documentada por décadas sob a forma de seleção e armazenamento de retratos, impressos, cartas e material jornalístico. A casa em que viveu e trabalhou também foi por ele transformada em um espaço representativo de sua presença e atuação na cidade como decorador, professor e artista plástico. Foi nesse espaço que ele documentou todo seu processo criativo. O Livrão, a casa e o ateliê advêm, com isso, os atestadores não só de sua autoridade no campo da produção artística como também da memória, nesse campo, na cidade de Campinas, na segunda metade do século passado. Por essa razão, o Livrão ou o livro-arquivo e a casa-ateliê são tomados aqui como procedimentos de tessitura dessa autoridade e memória. Por consequência, esses dois procedimentos são analisados como escritas de si detentoras cada qual de especificidades, mas que conjuntamente constituíram um discurso de atestação de uma imagem pública pautada pela afirmação de autonomia, liberdade e autodidatismo. A pesquisa empreendida nesta tese problematiza essa escrita de si permeada pelas mediações com outros sujeitos sociais: os seus próximos, os familiares, os artistas e os pesquisadores; e com os outros, os integrantes do campo de legitimação da arte da cultura, os jornalistas, os críticos e os produtores de memória

Abstract: Thomaz Perina (1921-2009) was a painting teacher, illustrator, visual artist and decoration designer with outstanding presence in the press and in the value-affirmation mechanisms of the fine arts field in Campinas, at the second half of the XX Century. Since 1980¿s, his life and work have been subject of celebration and study. Thomaz Perina was a careful and active artist, regarding the procedures of documentation and visibility of his activities and artistic production. The first of the two most expressive procedures was the organization of a bookbinding, which he named "Great Book" and whose function was to record the public mentions of his performance as an artist and a decoration designer. In this piece, he has documented his own public image along decades, by selecting and stocking pictures, printings, letters and news clippings. The house where he lived and worked was also turned into a representative space of his presence and performance as a decoration designer, teacher and visual artist in the city. In this place he has documented all his creative process. Thus, the "Great Book", his home and studio became the attesters of not only his authority in the field of artistic production, but also of the memory in this field, in Campinas, at the second half of the last century. Thence, here we take the "Great Book" or "archive-book" and the home-studio as procedures of weaving this authority and memory. Therefore, this two procedures are analyzed as self writings, each one holding its own specificities, yet together building a speech that attests a public image ruled by the affirmation of autonomy, liberty and autodidacticism. In this thesis, the undertaken research questions this self writing and the way it is permeated by mediations with other social actors: his closest ones, his family, the artists and researchers; and with the others, the members of the art and culture legitimation field, the journalists, the critics and the memory producers
Subject: Perina, Thomaz, 1921-2009
Atelies de artistas
Livros artísticos
Artistas - Campinas (SP)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fardin_SoniaAparecida_D.pdf439.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.