Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320705
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Sustentabilidade ambiental e serviços ecossistêmicos : uma estratégia para avaliar zonas de amortecimento de paisagens protegidas - o caso da Reserva Florestal do Morro Grande/SP
Title Alternative: Environmental sustainability and ecosystem services : a strategy for evaluating buffer zones of protected landscapes - the case of the Forest Reserve of Morro Grande / SP
Author: Thomaziello, Sueli Aparecida, 1972-
Advisor: Santos, Rozely Ferreira dos, 1951-
Abstract: Resumo: Alcançar a conservação de áreas que abrigam importante legado ecológico e cultural, legalmente protegidas, em um contexto urbano é um desafio, que pode ser obtido se consideradas estratégias que efetivem a paisagem ao seu redor como uma zona de amortecimento. Paisagens altamente dinâmicas e multifuncionais, como se configuram as zonas de amortecimento, exigem estratégias de gestão que considerem a importância da conservação da integridade da paisagem e das atividades humanas na busca por reduzir os conflitos inerentes a essa integração. Nessa linha, acredita-se que há um limiar de qualidade ambiental a partir do qual a ZA deixa de cumprir o seu papel. A pergunta que segue é como reconhecer esse limiar? Ainda não encontramos essa resposta efetivamente aplicada nos planejamentos de áreas protegidas. Desse modo, este estudo pretende contribuir para tal resposta aplicando a abordagem de avaliação de serviços ecossistêmicos capaz de indicar sobre a qualidade ambiental esperada para uma ZA, dado em um contexto específico: Reserva Florestal do Morro Grande. Partindo do pressuposto de que quanto mais próximo dos limites da área protegida, melhor deve ser a qualidade de uma ZA, os critérios foram aplicados em seis municípios que envolvem a reserva e em buffers de 1 a 10km. A avaliação sobre os serviços ecossistêmicos é aplicada em cada município e em faixas de distanciamento da Reserva, sob dois enfoques, o da análise da paisagem e o da perspectiva da gestão desses municípios, por meio de seus planos municipais diretores. Os resultados dessas análises foram comparados com os valores de referência obtidos a partir de especialistas em serviços ecossistêmicos. A estratégia foi o de avaliar as coberturas da terra e usos humanos por sua capacidade de ofertar serviços ecossistêmicos. As respostas obtidas foram representadas espacialmente, de forma a compreender e comparar o gradiente de proteção dado por cada município. Acredita-se que essa abordagem, é capaz de fornecer uma estratégia metodológica de avaliação sobre a efetividade de ZA, indicando limiares técnicos e, ao mesmo tempo, de maneira compreensível e facilmente replicável, para a população de forma a fortalecer os processos participativos de planejamento ambiental

Abstract: Conserving areas with significant ecological and cultural values, protected under environmental legislation, in an urban context is a challenge. Conservation can be achieved with strategic actions with the implementation of buffer zones, comprising the surrounding landscape. Landscapes, or buffer zones, are highly dynamic and multifunctional. They require management strategies that should consider the conservation of the landscape as well as human activities, seeking ways to minimize conflicts which are inherent to this interface. It is believed that there is a threshold for environmental quality from which the buffer zone can no longer play its role. The main question is: how to identify this threshold? Protected area planning does not seem to provide an answer to this question. This thesis aims to contribute in searching that answer. This research is based upon an approach which looks at ecosystem services as expected indicators of environmental quality in buffer zones. This approach was tested in the Morro Grande Forrest Reserve, as the study area. The main assumption was that the closer to the protected area, the better the environmental quality of the buffer zone should be. The assessment criteria was applied in buffers of 1 to 10 km surrounding the study area, with a total area comprising six Local Government Areas (LGA). The assessment of ecosystem services was applied to each LGA and in the buffers surrounding the study area. Two different perspectives were applied to the assessment: landscape analysis and Local government management, based on analysis of LGA¿s strategic and business plans. The results were compared to benchmarking values, obtained in the literature. The strategy was based on the analysis of land cover and human activities, and its ability to enable ecosystem services. The findings have been mapped to enable better understanding of the different levels of protection provided by each LGA. It is believed that this approach provided a suitable methodology for the assessment of the effectiveness of buffer zones, identifying technical thresholds. Moreover, it is believed that the proposed methodology can be easily applied in participatory planning, empowering local communities to participate in and strengthen environmental planning
Subject: Planejamento ambiental
Áreas protegidas
Florestas urbanas
Análise espacial
Gestão ambiental
Editor: [s.n.]
Citation: THOMAZIELLO, Sueli Aparecida. Sustentabilidade ambiental e serviços ecossistêmicos: uma estratégia para avaliar zonas de amortecimento de paisagens protegidas - o caso da Reserva Florestal do Morro Grande/SP. 2016. 1 recurso online (151 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/320705>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Thomaziello_SueliAparecida_D.pdf5.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.