Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/319217
Type: TESE DIGITAL
Title: Práticas de leitura : a Coleção Biblioteca das Moças no Instituto de Educação "Carlos Gomes" em Campinas (1951-1976)
Title Alternative: Reading practices : Coleção Biblioteca das Moças (Collection Ladies' Library) in State School "Carlos Gomes", Campinas (1951-1976)
Author: Kirchner, Cássia Aparecida Sales Magalhães, 1976-
Advisor: Menezes, Maria Cristina, 1958-
Abstract: Resumo: Nesta tese de doutorado foram tomados como objeto de análise romances de uma coleção que integra a biblioteca não circulante da antiga Escola Normal de Campinas, atualmente Escola Estadual "Carlos Gomes", considerando o período em que foi denominada Instituto de Educação "Carlos Gomes", entre 1951 e 1976. Esta Coleção foi publicada ininterruptamente pela Companhia Editora Nacional no período entre 1926 a 1960 com o nome de Coleção Biblioteca das Moças e era destinada provavelmente à leitura feminina. A análise desenvolvida pauta-se pela história da educação, história cultural da leitura e relaciona-se aos estudos de gênero. A proposta do trabalho com indícios e vestígios norteia a metodologia do trabalho e contribuiu para o recorte estabelecido com base nas marcas de leitura e registros de empréstimos deixados por suas "possíveis leitoras". Os resultados da análise indicaram quatro períodos convergentes: o período de produção dos exemplares, tanto das primeiras publicações, entre 1926 e 1948, por sinalizar estratégias editoriais voltadas para um público-alvo, quanto das edições localizadas na biblioteca da antiga Escola Normal de Campinas, ou seja, romances publicados entre 1949 e 1960; o período em que a escola esteve como Instituto de Educação "Carlos Gomes", de 1951 a 1976, por situar a Coleção em um lugar específico, possibilitando tratá-la a partir desse lugar; o período de registro nos cartões de empréstimos, entre os anos de 1957 e 1975, por dar pistas sobre sua circulação e as "possíveis leitoras" desses romances; e, ainda , o período relatado por quatro ex-alunas do Instituto de Educação "Carlos Gomes", entre 1948 e 1974, por tratar a coleção na perspectiva do leitor. No decorrer do trabalho interessou identificar a "leitora pretendida" pelos editores, sendo considerada a representação de mulher presente no período, o perfil das autoras que escreveram os romances e os subterfúgios utilizados para conquista e fidelização de um público. A investigação conduziu a uma "leitora rastreada" que rompia com a representação até então considerada no início da pesquisa. Esse movimento indicou um deslocamento entre a geração de "leitoras pretendidas" e "leitoras rastreadas" dentro de uma instituição considerada detentora da capacidade de legitimar obras e práticas, contribuindo para uma leitura às avessas dessa prática institucionalizada

Abstract: In this doctorate thesis, the object of analysis were novels from a collection integrating the non-circulating library of the State School "Carlos Gomes" considering the period between 1951 and 1976. The collection was published nonstop by the Companhia Editora Nacional in the period between 1926 to 1960 with the name Coleção Biblioteca das Moças (Collection Ladies¿ Library) and was propably directed to feminine reading. The analysis develop is based on the History of Reading, History of Culture and is related to studies of gender. The work proposal with evidence and trace elements directs the work methodology and contributes with the work frame established based on the Reading evidence and registers of book borrows left by their possible readers. The results of this analysis have indicated four converging periods: the period of production of the volumes, both the first publications between 1926 and 1948 for signalizing publishing strategies direct to a target audience, and the issues found in the library, that is, novels published between 1949 and 1960. The period, in which the school was called Institute of Education "Carlos Gomes" placing the Collection in a specific place, allowing it to be treated from this place. The period of register in the borrow cards between the years 1957 to 1975 for giving evidence of the circulation and possible readers of the novels. And the period reported by the former students of the Institute of Education "Carlos Gomes" between 1948 and 1974 for treating the collection from the reader¿s perspective. During the work it became interesting to identify the readers targeted by the publishers, and in order to do so, the representation of the woman in that period was considered in the beginning the research. The profile of the authors who wrote the novels and the strategies they used to conquer an audience. Based on the data it was possible to consider a reader traced who indicated preferences and broke with the representation considered until then. This movement indicated a slide between generations of readers intended and readers traced inside an institution considered the owner of the capacity to legitimate works and practices contributing with an upside down reading of this institutionalized practice
Subject: História da educação
Leitura
Praticas de leitura
Arquivo escolar
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Kirchner_CassiaAparecidaSalesMagalhaes_D.pdf6.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.