Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/319207
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo da atenção à família no cuidado de crianças e adolescentes com alterações de linguagem = perspectiva dos familiares utilizando a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para crianças e jovens (CIF-CJ)
Title Alternative: Study of family attention in the care of children and adolescents with language impairment : families' perspective through The International Classification of Functioning, Disability and Health for children and youth (ICF-CY)
Author: Ostroschi, Daniele Theodoro, 1982-
Advisor: Zanolli, Maria de Lurdes, 1954-
Abstract: Resumo: A assistência à saúde tem sido objeto de atenção, em várias áreas do conhecimento, como a Pediatria e a Fonoaudiologia. A atenção à família, como tema de investigação e campo de intervenção em saúde, requer focalizar seus modos de funcionamento e compartilhar o cuidado, numa perspectiva mais ampla de saúde. Esse olhar ampliado para além das questões biológicas, da doença, pressupõe um modelo biopsicossocial, como proposto pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na criação da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde ¿ Versão para Crianças e Jovens (CIF-CJ), referencial de análise utilizado neste estudo. Objetivo: Investigar a percepção de familiares acerca das alterações de fala e linguagem de crianças e adolescentes em acompanhamento fonoaudiológico e a repercussão da participação da família no processo terapêutico utilizando a CIF-CJ. Método: Pesquisa de abordagem qualitativa longitudinal. Participaram 32 familiares de 25 crianças e adolescentes com alterações de fala e de linguagem, em acompanhamento fonoaudiológico. Para a coleta de dados realizou-se levantamento dos prontuários das crianças e adolescentes, para caracterização do perfil dos participantes, entrevistas semi-estruturadas com familiares, análise dos relatórios fonoaudiológicos e registros escritos, gráficos e em vídeo de 26 atendimentos em grupo com familiares, ocorridas entre agosto de 2012 a junho de 2015, transcritas para categorização com o uso da CIF-CJ. Resultados: Tanto nas entrevistas como nos registros dos atendimentos dos familiares, todos os participantes abordaram, a princípio, no componente de Funções e Estruturas do Corpo da CIF-CJ, domínios, como fluência e articulação, evidenciando preocupação com aspectos orgânicos. A maioria referiu diferentes repercussões das alterações de fala/linguagem, em domínios como lidar com estresse, atividade do falar, dentre outros, qualificados de leve a grave, inicialmente, sendo que esses qualificadores se modificam para sem alteração (sem problema) a moderado, ao longo do processo terapêutico. Os depoimentos dos participantes foram qualificados no componente de Fatores Ambientais, como facilitadores, em domínios como atitudes da família imediata e serviços, sistemas e políticas de saúde e, como barreiras, em atitudes sociais. Conclusão: Os achados evidenciam que as alterações de fala e de linguagem das crianças e adolescentes estudados, na percepção dos familiares, são abordados, inicialmente, na dimensão orgânica. A partir do atendimento terapêutico, os achados demonstram como repercussão, a ampliação do olhar dos familiares para outras questões e implicações da vida cotidiana na fala/linguagem. Os resultados reiteram a importância da utilização da CIF-CJ como instrumento de análise das alterações de fala/linguagem, agregando aspectos de funcionalidade e participação, favorecendo a promoção de oportunidades de saúde e cuidado, na vida desse grupo populacional, podendo contribuir para a formação dos profissionais de saúde na perspectiva teórica adotada

Abstract: The health assistance has been the subject of attention in various areas of knowledge, such as Pediatrics and Speech and Language Pathology. The family attention, as research subject and health intervention field, requires focus their modes of assistance and share the care, in a wider health perspective. This broader understanding beyond the biological dimension of the disease, presupposes a biopsychosocial model as proposed by the World Health Organization (WHO) in the creation of the International Classification of Functioning, Disability and Health - version for children and youth (ICF-CY), analysis referential applied in this study. Purpose: Investigate the perception of family members regarding the speech and language disorders of children and adolescents under speech and language therapy and the impact of family participation in the therapeutic process using the ICF-CY. Method: Longitudinal qualitative research approach in which 32 family members of 25 children and adolescents with speech and language disorders, under speech and language therapy. For the data collection it was conducted a survey of children and adolescents medical records, to characterize the participants¿ profiles semi-structured interviews with family members, analysis of speech and language pathology reports and written, graphic and video records of 26 group sessions with family members, which occurred from August 2012 to June 2015, transcribed for categorization using the ICF-CY. Results: In both interviews and attendance records of family members, all participants addressed initially, in the ICF-CY component of body Functions and Structures, domains such as fluency and articulation, showing concern with organic aspects. Most reported different repercussions of the speech/language disorders in domains such as dealing with stress and speaking activity among others, qualified from mild to severe, initially, wherein these qualifiers were modified to without alteration (without problem) to moderate during the therapeutic process. Participants statements were classified in the Environmental Factors component, as facilitators in domains such immediate family¿s attitudes and health services, systems and policies, and as barriers in the social attitudes. Conclusion: These findings demonstrate that the children and adolescents¿ speech and language disorders, in the families¿ perception, are firstly addressed at the organic dimension. As of the therapeutic care, the findings demonstrate, as repercussion, the expansion of the look of the family members to other issues and implications of everyday life in speech/language. The results corroborate the importance of the ICF-CY usage as a health care analysis tool, by incorporating functionality and participation aspects, fostering the promotion health and care opportunities in the life of this population group, which may contribute to the formation of health professionals in the theoretical approach adopted
Subject: Saúde da Criança
Saúde do adolescente
Fonoaudiologia
Relações profissional-família
Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde
Editor: [s.n.]
Citation: OSTROSCHI, Daniele Theodoro. Estudo da atenção à família no cuidado de crianças e adolescentes com alterações de linguagem = perspectiva dos familiares utilizando a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para crianças e jovens (CIF-CJ). 2016. 1 recurso online (88 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/319207>. Acesso em: 30 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ostroschi_DanieleTheodoro_D.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.