Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/318126
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Atividade antiulcerogenica e antiinflamatoria intestinal da Arctium lappa
Author: Almeida, Ana Beatriz Albino de
Advisor: Brito, Alba Regina Monteiro Souza, 1954-
Abstract: Resumo: Onodorpicrina, uma sesquiterpeno lactona, presente nas folhas de Arctium Lapa L. demonstrou através dos estudos de Barbosa et at (1993) erficaz atividade farmacológica. Com base nesses resultados e, devido ao fato, de nosso laboratório possuir estudos em relação à atividade antiulcerogênica de outras sesquiterpeno lactonas (desidrocrotonina e crotonina) obtidas das cascas de Croton cajucara Benth, decidimos estudar a atividade antiulcerogênica e antiinflamtória intestinal da fração semi-purificada (ONP), cujo composto majoritário é a onopordopicrina. Primeiramente estudamos o efeito da citotoxicidade da ONP avaliado através da viabilidade celular em fibroblastos (V79) de pulmão de Hamster chinês. A ONP apresentou IC50 aproximadamente de 15µM nos ensaios de MTT, vermelho neutro e conteúdo de ácido nucléico. Por ser uma substância com uma toxicidade relativa resolvemos estudar o efeito antitumoral dessa substância em linhagem celular de leucemia promielocítica (HL60) usada como modelo para estudos antitumorais. Da mesma forma que nos ensaios de citotoxidade, a ONP apresentou IC50 aproximadamente de 15 µM em ensaios de MTT e PTP. Para avaliar a atividade antiulcerogênica da ONP, foram utilizadas diferentes doses em modelos clássicos de indução de úlcera: etanol/HCl, estresse por imobilização e frio, indometacina e ligadura de piloro. Em todos os modelos a ONP apresentou atividade antiulcerogênica significativa. Nos procedimentos seguintes, avaliamos a atividade antisecretora da ONP através de ensaios de somatostatina e gastrina, nos quais a substância apresentou aumento da liberação e/ou produção de somatostatina e diminuição da produção e/ou liberação de gastrina. Em relação ao estudo da ONP em experimentos de muco e óxido nítrico, essa não apresentou diferença significativa. No entanto, promoveu diferença significativa no modelo de avaliação do envolvimento de radicais sulfidrila, indicando uma possível atividade antioxidante. Quando avaliada em modelo de colite ulcerativa induzida por TNBS, a ONP apresentou significativa proteção provavelmente pelo envolvimento da mieloperoxidase (MPO) e fator de necrose tumoral (TNF-alfa). Visto a atividade obtida com a ONP, resolvemos analisar a atividade do chá de Arctium lappa, o qual apresentou significativa envolvimento com óxido nítrico e grupamento sulfidrila para a obtenção da atividade antiulcerogência promovida pelo chá. Os resultados obtidos com a Arctium lappa são promissores, por causa de sua significativa proteção contra úlceras induzidas por diferentes agentes, sugerindo um efeito antisecretor mediado por sua ação na secreção de Somatostatina e Gastrina e um efeito protetor proporcionado pela propriedade antioxidante presente na ONP. Os dados também revelaram que o pré-tratamento com ONP é capaz de reduzir a inflamação intestinal produzida através do modelo de indução de colite ulcerativa por TNBS em ratos. O efeito agudo antiinflamatório provavelmente está relacionado com a diminuição de neutrófilos e diminuição da produção de TNF-a na mucosa intestinal. Nossos resultados sugerem um significativo potencial terapêutico da ONP na area gastrointestinal

Abstract: Onodorpicrin, a sesquiterpene lactone, present in the leaves of Arctium lappa L., showed through the studies of Barbosa et al (1993) effective pharmacological activity. Based on those results and due to the fact that our laboratory has studies in relation to the antiulcerogenic activity of other sesquiterpene lactone (dehydrocrotonin and crotonin) obtained by barks of Croton cajucara Benth, we decided to study the antiulcerogenic activity and bowel antiinflamatory of the semi-purified fraction (ONP), which majority compound is the onopordopicrin. Firstly we studied the effect of the citotoxicity of appraised ONP through the cellular viability in fibroblast (V79) of lung of Chinese Hamster. ONP presented IC50 approximately of 15µM in the MTT, red neutral and content of nucleic acid experiments. For being a substance with a relative toxicity we decided to study the effect antitumoral of that substance in cellular lineage of promyelocytic leukemia (HL60) used as model for antitumoral studies. In the same way that in the citotoxicity experiments, ONP presented IC50 approximately of 15 µM in experiments of MTT and PTP. To evaluate the antiulcerogenic activity of ONP, different doses were used in classic models of ulcer induction: ethanol/HCl, stress for immobilization and cold, indometacin and pylorus ligature. In all of the models ONP presented significant antiulcerogenic activity. In the following procedures, we evaluated the activity antisecretory of ONP through somatostatin and gastrin experiments, in which the substance presented increase of the liberation and/or somatostatin production and decrease of the liberation and/or gastrin production. In relation to the study of ONP in mucus experiments and nitric oxide, that one didn't present significant difference. However, it showed significant difference in the model of evaluation of the involvement of radicals sulphydryl, indicating a possible antioxidant activity. When evaluated in model of colitis ulcerative induced by TNBS, ONP presented significant protection probably for the involvement of the mieloperoxidase (MPO) and factor of necrosis tumoral (TNF-alpha). Checked the activity obtained with ONP, we decided to analyze the activity of the tea of Arctium lappa, which presented significant involvement with nitric oxide and sulphydryl group for the obtaining of the antiulcerogenic activity promoted by the tea. The results obtained with Arctium lappa are promising, because the significant protection against ulcers induced by different agents suggesting a effect antisecretory mediated through somatostatin and gastrin secretion and protective effect by the antioxidant properties present in ONP. The data also reveals that pre-treatment with ONP is able to reduce intestinal inflammation in theTNBS model of colitis in rats.The acute antiinflamatory effects seem to be related to impairment of neutrophil function and absence of up-regulation of TNF-a production in intestinal mucosa. Our findings suggest that ONP shows an excellent potential for therapy in the gastrointestinal area
Subject: Ulcera gastrica
Sesquiterpenos
Bardana (Planta)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_AnaBeatrizAlbinode_D.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.