Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/318117
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Gerenciamento ambiental para o controle de Musca domestica L. (Diptera: Muscidae) e Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera: Calliphoridae) em assentamentos urbanos paulistas
Title Alternative: Environmental management for the control of Musca domestica L. (Diptera: Muscidae) and Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera: Calliphoridae) in urbans areas of interior of Sao Paulo State
Author: Santos, Angela Mingozzi Martins dos
Advisor: Prado, Angelo Pires do, 1942-2013
Abstract: Resumo: O controle de moscas de importância para a saúde pública, em vários municípios do interior do Estado de São Paulo, com longa história (décadas) de elevada densidade de Musca domestica L. (Diptera: Muscidae) e Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera: Calliphoridae), apresenta-se como um importante desafio aos gestores de saúde. Nesses municípios as intervenções para o controle costumam ser executadas de forma pontual no tempo e no espaço e, em geral, apenas como resposta à pressão da população. Esse procedimento dificulta a obtenção de resultados permanentes. No capítulo 1 do presente estudo é apresentada uma proposta metodológica para o Gerenciamento Ambiental para o controle das duas espécies de moscas, nos assentamentos urbanos paulistas com menos de 50.000 habitantes. Ressalta-se para esses municípios a necessidade de um Programa de Controle de moscas, que integre a questão entomológica às questões constituintes da saúde-ambiental e que promova o dialogo entre os representantes dos diferentes setores da gestão pública e da sociedade local. Nesse sentido, foi elaborada uma proposta metodológica para o Gerenciamento Ambiental para o Controle de M. domestica e C. megacephala., sendo as principais atividades e tarefas inerentes ao Processo de Iniciação para um Programa de controle de moscas estabelecidas com base: a) no conceito de Promoção da Saúde inserido na Constituição Federal e explicitado na Lei Orgânica da Saúde (LOS) N. 8.080/90 e 8.142/90; b) nos conceitos de Gerenciamento de Projetos; c) na Lei Nº 10.083, de 23 de setembro de 1998 que dispõe sobre o Código Sanitário do Estado e o Decreto Nº 12.342, de 27 de setembro de 1978, Livro VII, Titulo I, Capitulo I, Art. 345 a 355 sobre o controle de artrópodes e de vetores mecânicos; d) em alguns procedimentos utilizados em pesquisas agroecológicas nos estudos de identificação de uso e ocupação do solo. Sugere-se inserir a questão do gerenciamento do controle de moscas e do manejo de resíduos orgânicos no contexto das políticas públicas, que têm como objetivos formular, produzir e desenvolver, de modo articulado, ações de promoção de saúde, em nível local . O capítulo 2 resulta da aplicação da metodologia proposta à realidade do assentamento urbano de Promissão para o período de 2000 a 2003. Delimitou-se uma Área de Execução de Controle, para a qual se realizou o diagnóstico e o prognóstico dos principais fatores determinantes do aumento da densidade de moscas nos domicílios urbanos. Foram identificados e caracterizados os principais Grandes Criadouros (G.C) ou Centros de dispersão de M. domestica e suas respectivas áreas de influência (impacto): 3 granjas industriais de produção de ovos com galpões tipo californiano e 1 fazenda com suinocultura industrial. Enquanto para C. megacephala foi identificado 1 G.C: a área de depósito final do resíduo sólido doméstico municipal. Através do critério proposto para delimitação das Áreas de Influência de cada G.C., constatou-se que as Áreas de influência Direta 1 (500 m ao redor) e influência Direta 2 (1500 m) ao redor das instalações de 3 granjas de poedeiras, englobavam loteamentos urbanos. Foram propostas as principais diretrizes para mitigar o impacto das granjas no assentamento urbano. Ainda nesse capítulo, foi elaborado o mapa de uso e ocupação do solo (qualitativo) dos fatores determinantes do aumento da densidade de M. domestica e C. megacephala na Área de Execução de Controle, constatando-se a continua aproximação das áreas de cultivo de cana-de-açúcar em direção ao assentamento urbano. No Capitulo 3 foi estudado o impacto das granjas industriais para produção de ovos situadas dentro ou próximo ao perímetro urbano. Os resultados foram obtidos por meio de dois indicadores, um referente à atratividade dos domicílios e quadras vizinhas ( Fator de Atratividade Total - FAT), e outro para avaliar o potencial de impacto das granjas com galpões tipo californiano (Fator de Impacto da Granja ¿ FIG). Os resultados obtidos a partir dos estudos da densidade de M. domestica no intra-domicílio e da aplicação dos indicadores (FAT e FIG) para as diferentes áreas do assentamento urbano de Promissão, no período de estudo, indicaram que juntamente com o período do ano mais favorável ao aumento da densidade de moscas (primavera-verão) outros fatores contribuíam para agravar a situação: a) a proximidade de pelo menos uma granja (atividade impactante) á área urbana e b) a qualidade do programa de controle de moscas, em especial, o gerenciamento do manejo dos resíduos orgânicos nessas atividades. Verificou-se uma relação positiva entre menor distância dos domicílios às granjas de poedeiras e o aumento de densidade de moscas nos mesmos. Verificou-se uma área de maior impacto, independente da qualidade do controle da granja, a qual correspondeu à área circular com raio de 500 m ao redor das instalações. Como conclusão geral, sugere-se que os gestores municipais estejam atentos às questões de implantação e/ou ampliação das atividades caracterizadas como principais Grandes Criadouros de moscas (ex: granjas, etc.). Alerta-se que especial atenção deva ser dada ao potencial de agravo à qualidade de vida da população decorrentes do procedimento de ferti-irrigação com vinhaça (vinhoto) em áreas de plantação de cana-de-açúcar. Isto ocorre não apenas por seu potencial poluidor e/ou contaminador do solo e/ou dos lençóis freáticos e mesmo das águas superficiais, mas também, por seu potencial de atratividade às moscas como criadouro. Essas questões deveriam ser consideradas na elaboração do Plano Diretor e da Agenda 21 local

Abstract: Fly control of relevance to public health, in various cities of the interior of the State of São Paulo, with a long history (decades) of elevated density of Musca domestica L. (Diptera: Muscidae) and Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera: Calliphoridae), presents itself as one of the main challenges to health managers. These control-interventions usually happen punctually in time and space and, generally, as a response to public pressure. This procedure makes it difficult to obtain permanent results. Chapter 1 of the present study proposes a methodology for an Environmental Management for the control of two fly species, in the interior of the State of São Paulo urban nestings with less than 50.000 habitants. It is suggested for these cities the creation of a project manager of fly control, who should be apt to integrate the issues: entomology and other components of health-environment and, yet, dialogue with the authorities responsible for the solution to the problem in different sectors of society, either at a local and/or regional level. The main activities and tasks suggested to compose the Initial Process with the Environmental Management for the Control of the M. domestica and C. Megacephala were proposed with basis on: a) the concept of health promoting inserted in the Federal Constitution and made explicit in the Organic Law of Health (LOS) N. 8.080/90 e 8.142/90; b) concepts of Project Management; c) A Law Nº 10.083, of 23 of September of 1998 which disposes of the State¿s Sanitary Code and the Decrete Nº 12.342, of 27 of September of 1978, Book VII, Title I, Chapter I, Art. 345 a 355 about the control of arthropods and mechanical vectors; d) adaptations of procedures used in studies of identifying use and occupation of soil, in agroecological research. It is emphasized that the necessity of inserting the fly control issue in context of public politics which has as objectives the formulation, production and development, in an articulated way, of health promoting actions. Chapter 2 results from the application of the proposed methodology to the reality of the urban nesting of Promissão in the period from 2000 to 2003. The Execution Area of Control, to which the diagnosis was made and the detailed prognosis of the main determining factors, present in the urban perimeter, which propitiate the increase density of flies in urban domiciles, from which are identified two types of activities characterized as Major Breeding Sites (M.B.C.) or Dispersion Centers of M. domestica and their respective areas of influence (impact due to a greater density of flies): 3 industrial ranches of egg production with Californian-type sheds and 1 farm with an industrial swine farm. For C. megacephala there was 1 M.B.C. identified: an area of final deposit of the city¿s domestic solid residue. Through the proposed criteria for delimitation of the Areas of Influence of each M.B.C. it was proved that the Areas of influence Direct 1 (500 m around) and influence Direct 2 (1500 m) around the installations of 3 poultry ranches, included urban land divisions. The main lines of action were proposed to mitigate the impact of the ranches in the urban nesting. Still in this chapter, a map on the use and occupation of the ground (qualitative) of the determining factors of the increase of the density of M. domesticates and C. megacephala in the Area of Execution of Control was elaborated, proving the continuous approach of the areas of sugar-cane culture in the direction of urban nesting. In Chapter 3, the impact of the industrial ranches for egg production, situated inside or close to the urban perimeter, was studied. The results were obtained through two indicators, one of them referring to the attractiveness in intra and peridomicile and neighboring squares, denominated as Total Factor of Attractiveness (Fator de Atratividade Total- TFA) and the other evaluating the potential impact of ranches (Californian-type sheds), denominated as Farm¿s Factor of Impact (Fator de Impacto das Granja- FIG). These together with the analysis of the distance from domiciles to ranches confirmed a positive relation between the biggest proximity of at least one farm and the highest density of adults of M. domesticates in the urban intradomicile. The results of the comparative density of M. domestica of the different areas of the urban nesting and the obtained indicators (FAT and FIG) allowed the conclusion that combined with the most favorable period of the year of fly density increase (spring-summer), others two factors contribute to aggravate the situation: the quality of the fly control program in these activities and the greater proximity of these to urban area. A positive relation between the distance of the domiciles to the poultry ranches and the increase of density of flies in them was verified. An area of greater impact, independent of the quality of the control used in the ranch, was established, (500 m around the sheds of bird breeding or of the manure in natura deposit area). As general conclusion, one suggests that the cities¿ managers should be attentive to the questions of implementation and/or enlargement of the activities characterized as the main habitat for the development Major Breeding Sites of flies (ex.: ranches, etc.). Special attention must be given to the potential aggravations to the population¿s quality of life caused by problems in the ferti-irrigation systems with ¿vinhaça¿ in the areas of sugar-cane plantation. This occurs not only because of its polluting potential and/or contaminating of the soil and/or subterranean or superficial waters, but also, for its potential of attractiveness to flies as a habitat. These issues should be considered in the elaboration of the Managing Plan and the local Agenda 21
Subject: Saúde ambiental
Controle vetorial
Avicultura de postura
Diarreia
Terra - Uso
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_AngelaMingozziMartinsdos_D.pdf9.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.