Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/318060
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Expressão de receptores androgenicos no lobulo ventral da prostata do gerbilo da Mongolia
Title Alternative: Androgen receptors expression in the Mongolian gerbil ventral prostate
Author: Cordeiro, Renato Simões
Advisor: Taboga, Sebastião Roberto
Abstract: Resumo: O crescimento normal, a diferenciação e a manutenção da integridade morfofuncional da glândula prostática são dependentes das interações de concentrações constantes de andrógenos com seus receptores. A necessidade de se estudar esta glândula em resposta aos hormônios e o efeito do bloqueio destes, deve-se ao fato da próstata humana ser o sítio de um grande número de doenças relacionadas à idade, sendo que as de maior importância clínica são o câncer prostático e a hiperplasia prostática benigna, as quais podem ser tratadas por estratégias de remoção de andrógenos. Este estudo teve por objetivo a análise imuno-histoquímica do grau de expressão do receptor androgênico (RA) no lóbulo ventral prostático do gerbilo após terapias de bloqueios androgênicos. Setenta e cinco gerbilos machos foram distribuídos, aleatoriamente, em 3 grupos de 25 animais, cada grupo representando uma fase do desenvolvimento pós-natal: jovem, adulto e senil. Em cada fase foi realizada uma análise morfológica e estereológica dos compartimentos prostáticos, bem como a análise imuno-histoquímica da expressão do RA. Além disso, estabeleceu-se a dosagem hormonal das concentrações séricas de testosterona, como método para verificar a relação da quantidade desse andrógeno com a expressão dos RA. Os resultados demonstraram haver um padrão heterogêneo de distribuição dos RA no lóbulo ventral ao longo do desenvolvimento pós-natal, em que quanto mais jovem for o animal maior a interação de andrógenos estimulando a expressão de RA nos compartimentos prostáticos. As terapias de bloqueios androgênicos diminuíram a expressão de RA no lóbulo ventral e a reposição androgênica após esses bloqueios não apresentou o mesmo grau de intensidade de expressão de RA próximo às condições fisiológicas normais. A regulação e a distribuição do RA nos tecidos prostáticos do gerbilo são mecanismos complexos e que, provavelmente, são geneticamente regulados por andrógenos antes do nascimento ou por outros fatores ainda desconhecidos. O gerbilo parece ser um modelo valioso na tentativa de melhorar o conhecimento do comportamento morfofisiológico e patológico dessa importante glândula em humanos ao longo do envelhecimento e da formulação de novas idéias de terapias de combate ao câncer de próstata

Abstract: The normal growth, differentiation and maintenance of the morphofunctional integrity of the prostate gland are dependent on the interaction of constant levels of androgens with their receptors. The need to study the responses to hormones under several conditions and the effect of their blockage is due to the fact that the human prostate is the site of a great number of age-related diseases, and the ones with a major medical importance are prostate cancer and benign prostatic hyperplasia, which can both be treated with androgen suppression. The aim of this study was to analyze immunohistochemical degree of expression of androgen receptor (AR) of the ventral lobe of the gerbil prostate during different phases of the postnatal development employing differents treatments for androgen blocking. Seventy-five male gerbils were distributed, randomly, into 3 groups of 25 animals each, where each group corresponded to one phase of postnatal development: young, adult and aged phase. In each phase, it was possible to morphologically and stereologically analyze the compartments of prostatic ventral lobe, as well as to immunohistochemically analyze the degree of expression of androgen receptor. In addition, it was possible to establish the hormonal dosage of serum testosterone concentrations given the comparative approach of the expression of androgen receptors. There is a heterogeneous pattern of AR distribution in the prostatic ventral lobe throughout postnatal development, in which the younger animal is the higher, the interaction of circulating androgens that stimulate the AR expression in the compartments prostatics. The androgen blockage therapies decreased AR expression in the ventral lobe, but the androgen reposition after these blockages was not showed the same the degree of expression of androgen receptor near normal physiological conditions. The regulation and distribution of AR along the gerbil prostatic tissues are complex mechanisms that are likely to be genetically regulated by androgens prenatally or by other factors that are still unknown. The gerbil seems to be a valuable model in the attempt to improve the understanding of the morphophysiological and pathological behavior of this important gland in humans throughout aging and to stimulate new therapeutic ideas to fight prostate cancer
Subject: Prostata
Receptores de andrógenos
Androgenos - Antagonistas
Imuno-histoquímica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORDEIRO, Renato Simões. Expressão de receptores androgenicos no lobulo ventral da prostata do gerbilo da Mongolia. 2007. 73p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/318060>. Acesso em: 8 ago. 2018.
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cordeiro_RenatoSimoes_D.pdf4.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.