Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317971
Type: TESE
Title: Caracterização cromossomica de especies e subespecies do grupo pulchella (Amphibia, Anura, Hylidae)
Author: Ananias, Fernando
Advisor: Recco-Pimentel, Shirlei Maria, 1954-
Abstract: Resumo: O complexo pulchella de Hyla, anteriormente conhecido genericamente como Hyla raddiana, consiste de populações encontradas no Brasil, Uruguai e Argentina, e tem sido dividido em várias formas geograficamente bem definidas. Fazem parte deste grupo: Hyla pulchella pulchella, H. pulchella joaquini, H. semiguttata, H. prasina, H. caingua, H. pulchella cordobae, H. pulchella riojana e H. pulchella andina, sendo que as cinco primeiras foram analisadas neste trabalho através do estudo do cariótipo, do padrão de banda C e da localização da NOR em células do epitélio intestinal, medula óssea e testículo. Todas as espécies analisadas neste trabalho possuem 2n = 24 cromossomos, com padrão morfológico constante sendo que os pares 1, 8, 11 e 12 são metacêntricos; os pares 2, 3, 4, 5, 7, 9 e 10 submetacêntricos e o par 6 acrocêntrico, com exceção de H. p. joaquini que apresenta o par 11 submetacêntrico e o par 10 metacêntrico. Não foi encontrado nenhum heteromorfismo cromossômico nos exemplares analisados. Em H. caingua e H. p. pulchella foi encontrada constrição secundária coincidindo com a localização da NOR. A não detecção de constrição secundária nas demais espécies pode ser atribuída ou a sua ausência ou ao grau de empacotamento dos cromossomos. Todas as espécies apresentaram apenas uma NOR ativa e não foi encontrada heterocromatina associada a esses cístrons. Na espermatogênese, a marcação pela prata foi observada até o paquíteno e em espermátide em espermiação. A marcação em espermátides pode ser atribuída a "vacúolos" contendo material resultante da desintegração nucleolar. Todas as espécies, com exceção de H. p. pulchella, apresentaram heterocromatina centromérica em quase todos os cromos somos, e algumas bandas intersticiais comuns à maioria das espécies analisadas. Foram também encontradas diferenças inter e intrapopulacionais em H prasina quanto à distribuição da heterocromatina. As características cariotípicas e os padrões de banda C e de NOR obtidos permitiram-nos verificar que tais espécies e subespécies podem ser reconhecidas por esses padrões. Porém, H prasina (as três populações) e H. semiguttata podem ser consideradas mais próximas entre si e H p. joaquini, pode ser considerada uma espécie não pertencente ao grupo pulchella, uma vez que também sua morfologia e padrão de canto são bastante diferenciados em relação às demais espécies aqui estudadas

Abstract: The pulchella group of Hyla, previously generically known as Hyla raddiana, consists in populations found in Brazil, Uruguai and Argentina. This group has been divided in others geografically in well defined groups: H pulchella pulchella, H p. joaquini, H. semiguttata, H. prasina, H caingua, H. p. cordobae, H p. riojana and H p. andina. The former five were analysed in this study through karyotype analysis, heterochromatin patterns and NOR localization in gut epithelium, bone marrow and testis. All species analysed in this work have 2n = 24 chromosomes, with a similar morphological pattern. They present the pairs 1, 8, 11 and 12 as metacentric; 2, 3, 4, 5, 7, 9 and 10 as submetacentric and the pair 6 as acrocentric, excepting H. p. joaquini whose pair 11 is submetacentric and pair 10 metacentric. Heteromorphism indicating the presence of sex chromosomes in males was not found. The chromosomes of H caingua and H p. pulchella showed a secondary constriction coincident with the NOR position. Secondary constriction were not detected in the others species, possibly due to the degree of chromosome compacting or because they really do not occur. All species presented only one active NOR and absence ofheterochromatin associated to this site. During spermatogenesis a positive Ag-impregnation of the nucleolus was observed up to the pachytene and in spermatid during spermiation. The Ag-impregnation in spermatids may be attributed to the nuclear "vacuole" which contains desintegrated nucleolar material. AlI species, except H p. pulchella, showed centromeric heterochromatin and common interstitial bands in common among them. Inter- and intrapopulational differences in the heterochromatin distribution were found in H. prasina. The karyotypes, C-band and NOR patterns permitted the recognition of these species and subspecies. However, through these cytogenetic analysis, we concluded that H prasina ( the three populations) and H semiguttata would be considered more related to each other, and that H p. joaquini, do not belong to the pulchella group. This result is reinforced by the difference in the morphology and calls pattems of this species in relation to the other species
Subject: Heterocromatina
Cromossomos
Cariotipos
Anfibio
Citogenética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ananias_Fernando_M.pdf5.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.