Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317945
Type: TESE
Title: Ação citotoxica e transformante do antineoplasico tamoxifeno sobre celulas da linhagem vero
Author: Barbieri, Grazieli Nogueira Farias
Advisor: Genari, Selma Candelaria
Abstract: Resumo: O tamoxifeno é um agente anti-estrógeno não esteróide utilizado como adjuvante no tratamento do câncer de mama e atualmente também no tratamento preventivo de mulheres com elevado risco potencial para o desenvolvimento dessa doença. Tal medicamento, a despeito da comprovada ação antineoplásica no tecido mamário, está associado ao aumento da incidência de câncer endometrial nas pacientes tratadas, dentre outros efeitos colaterais. Portanto, existe a necessidade que as ações do tamoxifeno nas propriedades dos diferentes tipos celulares sejam amplamente investigadas para a melhor compreensão das mesmas. Células da linhagem Vero, consideradas não tumorais, foram utilizadas devido as suas características de crescimento e comportamento, sendo recomendadas para estudos de citotoxicidade e transformação celular. Portanto, este trabalho teve como objetivo analisar as ações do tamoxifeno in vitro, em cultura de células Vero, com maior enfoque na transformação celular. As células Vero foram expostas a diversas concentrações de tamoxifeno e este exerceu ações citotóxica e transformante, de forma dose dependente. Em resposta imediata ao tratamento com 5?M de TAM por 24 horas as células Vero apresentaram um aumento da proliferação celular enquanto um efeito citotóxico foi evidenciado em concentrações mais elevadas. O tratamento com 30?M / 24 horas demonstrou ser a menor dose transformante e a linhagem celular originada por esse tratamento, denominada Vero T30, foi estabelecida para os estudos subseqüentes. Essa concentração de tamoxifeno pode causar morte em células Vero por apoptose, sendo que células remanescentes apresentaram, diferentemente do controle, crescimento em múltiplas camadas, comportamento esse relacionado à transformação celular in vitro. O padrão de distribuição de fibronectina das células normais e transformadas é aparentemente semelhante, porém as diferenças nas taxas de apoptose, aliadas à perda de inibição de crescimento por contato podem indicar que realmente trata-se de duas populações celulares distintas. Portanto, o tamoxifeno por um processo relacionado à sua toxicidade pode causar transformação morfológica em células Vero in vitro, fenômeno este que pode estar relacionado ao desenvolvimento neoplásico in vivo

Abstract: Tamoxifen is a non-steroidal antiestrogen agent used as an adjuvant in the treatment of breast cancer and also in the preventive treatment of women with high potential risk to develop this disease. This medicament, despite its proved breast antineoplasic action, is associated to the increase of endometrial cancer, among others side effects. Therefore, there is the need of a wide investigation on the actions of the tamoxifen in the properties of different cellular types for a better comprehension of those actions. Vero cells line, which is non-tumoral, was used due to their growth and behavior pattern, being recommended for studies of cytotoxicity and cellular transformation. Hence, this work aimed to analyze the in vitro actions of the tamoxifen on Vero cells in culture, focusing cellular transformation. Vero cells were exposed at several tamoxifen concentrations, which has had cytotoxic and transformer actions, in a dose dependent manner. In immediate response to the treatment with 5?M tamoxifen / 24 hours Vero cells presented an increase in cellular proliferation whereas was observed a cytotoxic effect in more elevated concentrations. Treatment with 30?M tamoxifen/ 24 hours demonstrated to be the lower transformer dose and the cell line originated through this treatment, named Vero T30, was established for subsequent studies. This latter tamoxifen concentration can cause death by apoptosis in Vero cells but the remaining cells presented, differently from control, multi-layered growth; which is a behavior related to in vitro cellular transformation. The pattern of fibronectin distribution on normal and transformed cells was similar but the differences in the apoptosis rates, associated to the lost of contact inhibition can really indicate that there are two different cellular populations. Therefore, tamoxifen can cause in vitro morphological transformation, a phenomenon that can be related to in vivo neoplasic development by a process related to its toxicity
Subject: Células
Apoptose
Fibronectinas
Carcinogênese
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbieri_GrazieliNogueiraFarias_M.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.