Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317937
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influência da corticosterona em diferentes doses sobre a próstata ventral do gerbilo da Mongólia (Meriones unguiculatus) = Influence of corticosterone in diferents doses in gerbil (Meriones unguiculatus) ventral prostate
Title Alternative: Influence of corticosterone in diferents doses in gerbil (Meriones unguiculatus) ventral prostate
Author: Antoniassi, Julia Quilles, 1991
Advisor: Taboga, Sebastião Roberto
Abstract: Resumo: A próstata, glândula do sistema reprodutor que tem origem embrionária a partir do seio urogenital, sendo formada por quatro pares de lobos fortemente associado à uretra: lobo anterior ou glândula coaguladora (GC), lobo dorsal (LD), lobo dorsolateral (LDL) e lobo ventral (LV). A fisiologia prostática é regulada por hormônios esteroides, principalmente andrógenos e estrógenos. Enquanto os andrógenos induzem a diferenciação, desenvolvimento, e atividade secretora, os estrógenos parecem modular os efeitos androgênicos, mantendo o crescimento e fisiologia normal da próstata. Embora o cortisol seja um hormônio largamente utilizado em medicamentos por suas ações anti-inflamatórias e imunossupressoras, pouco se sabe sobre os efeitos colaterais desses medicamentos, principalmente na morfofisiologia prostática. Além disso, sabe-se que esse hormônio está altamente relacionado com o estresse e com alguns distúrbios de comportamento. Desta forma, este projeto visou avaliar, por métodos histológicos, histoquímicos, imunocitoquímicos e estruturais com parâmetros qualitativos e quantitativos, diversos aspectos morfofuncionais da glândula prostática ventral de machos de gerbilo (Meriones unguiculatus), após a aplicação por cinco dias de corticosterona em duas doses diferentes: 0,5mg/kg/dia e 1,5mg/kg/dia, além disso os grupos foram subdivididos em um grupo com um período de 5 dias de descanso após o tratamento e outro grupo que foi morto um dia após o fim do tratamento. Os dados apresentados mostram que a corticosterona possui propriedades antiproliferativas e antiapoptóticas sobre a próstata de gerbilos. Esse hormônio também alterou a frequência dos receptores dos principais hormônios reguladores desse órgão, como andrógenos e estrógenos. Em relação aos receptores de glicocorticóides (GR), foi observada uma redução da sua expressão quando a concentração sérica da corticosterona encontrava-se elevada. As alterações na expressão dos receptores supracitados levaram ao surgimento de displasias prostáticas importantes. Houve uma variação nos efeitos desencadeados por esse hormônio de acordo com a dose aplicada, sendo que uma maior dose apresentou efeitos mais discretos e uma menor dose mostrou ser mais impactante. Os efeitos da corticosterona nos receptores nucleares foram revertidos ou atenuados após o período de descanso, o que não foi observado para os padrões de proliferação e apoptose celular

Abstract: The prostate, gland of reproductive system, has embryonic origin from the urogenital sinus and consists four lobes that are strongly associated with the urethra: anterior lobe or coagulating gland (CG), dorsal lobe (LD), dorsolateral lobe (LDL) and ventral lobe (LV). Steroid hormones, mainly androgens and estrogens, regulate the prostate physiology. While androgens induce differentiation, development and secretory activity, estrogens appear to modulate androgen effects, maintaining normal growth and prostate physiology. Although cortisol is widely used in drugs because their anti-inflammatory and immunosuppressive actions, little is known about the side effects of these drugs, especially in the prostate morphophysiology. Furthermore, it is known that this hormone is highly correlated with stress and some behavioral disorders. Thus, this research aimed evaluate, by histological methods, histochemical, immunocytochemical with structural and qualitative and quantitative parameters, various morphological and functional aspects of the ventral prostate gland of male gerbil (Meriones unguiculatus) after application of corticosterona. This hormone was applicated for five days with two doses of corticosterone: 0.5mg/kg/day and 1.5mg/kg/day, in addition, the groups were divided into a group with a 5-day period of rest after the treatment and another group was killed one day after the end treatment. The data showed that corticosterone has antiproliferative and anti-apoptotic properties on the prostate gerbils. This hormone also changed the frequency of AR, ER?, ER? e GR. We observed a reduction of glucocorticoids receptors expression when serum concentration of corticosterone was elevated. These changes led to the emergence of important prostatic dysplasia. There was a variation in effects triggered by this hormone in accordance with the applied dose, being that a higher dose reported effects more discrete and a lower dose was shown to be more impactful. The effects of corticosterone on nuclear receptors have been reversed or attenuated after rest period, which was not observed for apoptosis and cell proliferation patterns
Subject: Prostata
Gerbilo da Mongolia
Corticosterona
Glicocorticoides
Editor: [s.n.]
Citation: ANTONIASSI, Julia Quilles. Influência da corticosterona em diferentes doses sobre a próstata ventral do gerbilo da Mongólia (Meriones unguiculatus) = Influence of corticosterone in diferents doses in gerbil (Meriones unguiculatus) ventral prostate. 2015. 59 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317937>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Antoniassi_JuliaQuilles_M.pdf2.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.