Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317884
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influencia dos lipidios dietarios e do 7,12-Dimetilbenzantraceno nas populações celulares e no desenvolvimento de ductos e estruturas do tecido glandular mamario
Author: Guimarães, Fernando
Advisor: Tahin, Quivo Schwartzburd, 1938-
Tahin, Quivo S.
Abstract: Resumo: O modelo experimental que utiliza a 7.12-dimetilbenzantraceno CDMBA) para induzir dose única do a tumorgênese mamária tem permitido confirmar a importância da ingestão de lipídios no desenvolvimento tumoral. Tem-se atribuido aos ácidos graxos constituintes dos lipídios dietários. Segundo a familia a qual pertencem. alterações observadas no tempo de aparecimento e o número de tumores mamários. após a indução química da tumor gênese. Dessa forma dietas ricas em ácidos graxos poliissaturados CAGPl) da familia n-6 são mais efetivos no crescimento tumoral do que ácidos graxos saturados CAGS) e há evidências de que os ácidos graxos poliinsaturados da familia n-3 teriam um efeito inibitório no crescimento tumoral. Foi objetivo deste pelos trabalho observar as possíveis alterações promovidas lipidios dietários e/ou agente cancerígeno. Afetando o desenvolvimento de ductos e estruturas terminais da glândula mamária, alterações nas populações de células epiteliais dos tipos escuras coe) e intermediárias ClC) é ainda nas populações de mastócitos e eosinófilos relacionados ao tecido mamário. Para Tanto ratas Sprague-Dawley foram alimentadas logo após o desmame com dietas semi-sintéticas. isocalóricas contendo 10% de lip1dios provenierites de diferentes fontes: 1) óleo de girassol COG). rico em ácidos graxos da fam11ia _-6; 2) óleo de sardinha (OS) rico em ácidos graxos n-3 e 3) óleo de coco COC) rico em ácidos graxos saturados. Foram administrados 20 mg de DMBA por intubação gástrica aos 45 dias de idade. Após o término do experimento Caos 60 dias de idade) a segunda glândula mamária toráxica direita foi retirada e processada de forma a se obter montagens totais das mesmas o que permitiu o exame anatómico da estrutura glandular. Em seguida as montagens totais foram desfeitas para inclusão em parafina e corne seriado das glândulas mamárias. Foi observado ao n1vel das montagens totais alterações morfológicas entre as glâdulas mamárias dos diferentes grupos. dietários. Nas glândulas mamárias das ratas alimentadas com a dieta OG ou OC foram obervados um maior número de alvéolos do que nódulos terminais. enquanto naquelas alimentadas com a dieta OS havia maior número de nódulos terminais que alvéolos. Estes resultados indicam graus de amadurecimento glandular diferentes entre os grupos dietários. As populações de De mostraram-se significativamente alteradas entre ratas tratadas com DMBA e seuS respectivos controles. nos ductos do grupo dietário OG (controles 14.69 :t2.34 e tratados com DMBA 13.61 :t2.34) e alvéolos dos rupos dietários OS (controles 15.15 :t2.13 e tratados com DMBA 13.42 :t1 . 94) eoc (controles 15.73 tl.62 e tratados com DMBA 14.05 :t1.93). os quais apresentaram uma redução no número destas células A população de IC mostrou-se significativamente aumentada nas ratas tratadas com DMBA em-relação as controles nogrupo dietário OG. afetando ductos(controles 1.33 :t0.35 e tratados com DMBA 2.31 :t1.44) e alvéolos (controles 1.06 :t0.42 e tratados com DMBA 2.43 :tl.09). Foram observados um menor número de e o sinófilos nas glándulas mamárias de ratas tratadas com DMBA em relação às controles nos grupos dietários ricos em AGPI (OG p< 0.0005 e OS p< 0.005). enquanto na dieta OC (rica em AGS) ocorreu o inverso (p< 0.05). De um modo geral as glândulas de ratas tratadas com DMBA apresentaram um maior número de mastócitos do que o das ratas controles. alteração significativa nas dietas OG Cp< 0.01). OS (p< 0.01) e OC (p< 0.0006). As alterações observadas ao nível das montagens totais :foram discutidas em :função do baixo conteúdo de ácido linoléico na dieta OS e possivel ação dos AGPI n-3. presentes nesta dieta sobre o metabolismo dos AGPI n-6. As alterações nas populações de células epiteliais. Principalmente IC. . sugerem tratar ¿se dos primeiros eventos observados durante acarcinogênese mamária experimental. As variações observadas nas populações de mastócitos e eosinófilos foram discut.idas tanto em termos de uma ação dos liídeos dietários como pela ação experimental associada ao DMBA
Subject: Patologia experimental
Patologia celular
Citologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_Fernando_M.pdf6.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.