Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317829
Type: TESE
Title: Atividade antitumoral, isolamento e identificação dos principios ativos da Kielmeyera coriacea Mart & Zucc
Title Alternative: Antitumoral activity, isolation and identification of compounds actives of kielmeyera coriacea Mart & Zucc
Author: Vasconcellos, Maria Carolina Bayeux Leme Montanari de
Advisor: Carvalho, João Ernesto, 1954-
Abstract: Resumo: Kielmeyera coriacea Mart & Zucc (Clusiacea), conhecida popularmente como PauSanto (Alves e caL, 2000), foi uma das espécies do Cerrado que apresentou atividade antiproliferativa significativa em ensaios preliminares, sendo então selecionada para este estudo. Este trabalho teve como objetivo avaliar a atividade anticâncer, isolar e identificar os princípios ativos desta espécie. O extrato bruto diclometânico obtido à quente (EBDQ) apresentou atividade antiproliferativa (in vitro), portanto foi submetido ao fracionamento cromatográfico com biomonitoramento através do teste de atividade anticâncer em cultura de células tumorais humanas. Desse fracionamento obteve-se sete frações: de F1 à F7. A fração F7 mostrou melhor atividade antiproliferativa, apresentou inibição de crescimento e morte celular para a maioria das linhagens com boa correlação entre concentração e efeito, elevada potência e seletividade para mama, próstata, ovário e ovário resistente. Na avaliação in vivo, os camundongos (balb/c) sofreram implante de fibras semipermeáveis (Hollow Fibers) contendo em seu interior linhagens tumorais humanas (Hollingshead e col.,1995). - mama, ovário resistente e ovário. Assim, o tratamento com a fração 7, reduziu a densidade celular da linhagem de mama em 61 % quando. as fibras foram implantadas no abdômem (Lp), enquanto que a doxorrubicina, a droga padrão, mostrou redução de 44%, Nas fibras subcutâneas, a Fração 7 mostrou redução de 44%, mesmo valor obtido pela doxorrubicina. No câncer de ovário, tanto a Fração 7 quanto a doxorrubicina mostraram inibição significativa apenas nas fibras intraperitoneais. Os resultados obtidos in vitro foram reproduzidos in vivo sugerindo que os princípios ativos têm condições de alcançar a circulação e chegar em diferentes locais do organismo. Com isso, a identificação dos princípios ativos responsáveis por essa atividade tomou-se fundamental. Desse modo, a fração 7 foi submetida a diversos procedimentos cromatográficos, originando três frações que foram biomonitoradas pelo teste de citotoxicidade. A Fração Beta (Fr 13) produziu inibição do crescimento e morte celular para a maioria das linhagens, com. boa correlação entre concentração e efeito com seletividade para ovário, mama e próstata. O padrão de seletividade para as linhagens que sofrem influências de esteróides sexuais foi a principal característica destas duas frações. A análise de espectro de massas (Mahato e col., 1994, 1997) sugeriu-se que a fração ß é uma mistura de triterpenos pentaciclicos de esqueleto oleânico e ursólico. Posteriormente, foi a avaliada a interferência do óxido nítrico sobre a atividade antitumoral, pois este possui atividade antitumoral dependente da concentração (Floyd e col, 2007). A fração 7 foi avaliada em cultura de mama previamente tratadas com LNAME, inibidor da enzima óxido nítrico sintetase, e LPS (Lipopolissacarídeos de E. colí), que estimula a produção de óxido nítrico. Os resultados demonstraram que a atividade foi reduzida na presença de bloqueio da síntese de NO e estimulada pelo LPS, sugerindo a participação do óxido nítrico no mecanismo de ação dos princípios ativos da fração 7. Também foi avaliado os efeitos citotóxicos dessa fração em células não-cancerígenas (fibroblastos) (Jorge e col., 2008). Dessa maneira, concluiu-se que embora tenha atividade antiproliferativa para linhagens celulares cancerígenas, não é citotóxica para células "normais".

Abstract: Kielmeyera coriacea Mart. (Clusiacea), popularly known as Pau-Santo (Alves et aI., 2000), was one of the Cerrado species that showed significant antiproliferative activity in previous tests and therefore was selected for this study. Activity guided fractionation of the crude dichloromethane extract was undertaken to isolate and identify the active compounds involved with the antiproliferative activity. Df seven fractions separated, fraction F7 presented best antiproliferative activity, showed inhibition of growth and cell death for most cell lines with good correlation between concentration and effect, high potency and selectivity for breast, prostate, ovarian and breast resistant to multipledrugs. For in vivo evaluating, mice (balb /c) had i fibers (Hollow Fibers) containing human tumor lines implanted(Hollingshead et aI., 1995) - Breast, ovarian and ovarian resistant to multiple drugs. Thus, treatment with fraction 7, reduced the cellline densitybreast by 61% when the fibers were implanted in the abdomen (ip), whereas doxorubicin, the standard drug, showed reduction by 44%. With subcutaneous fibers, Fraction 7 showed reduction by 44%,which was the same value obtained by doxorubicin. With ovarian cancer lines, both Fraction 7 and doxorubicin showed significant inhibition only on abdomen fiber. The in vitro results were reproduced by in .viv experimentso, suggesting that the active compounds are able to achieve different body locations. Fractionation of fraction by column chromatography Fr7 provided three nain fractions. The most polar of the trhee fractions, Fr f3, produced grovyth inhibition and cell death for most celllines (in vitro), with good correlation between concentration and effect with selectivity for ovarian, breast and prostate. Cell line selectivity was observed for steroidal hormone type compounds. Analysis of Fr f3 demonstrated that this fraction is a mixture of oleaonic and ursolic acid type skeletons (Mahato e col., 1994, 1997). Subsequently, nitric oxide interference was evaluated for antitumor activity (Floyd et ai, 2007). Fraction 7 previously treated with L-NAME, an inhibitor of nitric oxide synthase enzyme, LPS (Iipopolysaccharide of E. coli), which stimulates the production of nitric oxide was assessed in vitro (breast). The results demonstrated reduction of was NO synthesis and stimulated by LPS, suggesting nitric oxide to be involved with the mechanism of action. Evaluation of fraction 7 on fibroblast proliferation proved not to be very cytotoxic to "normal" cells (Jorge, 2008).
Subject: Cancer
Plantas medicinais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vasconcellos_MariaCarolinaBayeuxLemeMontanaride_D.pdf13.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.