Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317793
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Cultura de celulas vero sobre polimeros bioabsorviveis a base de poli(L-acido lactico)
Author: Santos Junior, Arnaldo Rodrigues dos
Advisor: Wada, Maria Lucia Furlan, 1953-
Abstract: Resumo: Os biornateriais poliméricos são compostos desenvolvidos para serem utilizados como substitutos de tecidos danificados. Urna classe de biomateriais poliméricos utilizados são os bioabsorvíveis, que são compostos que se decompõe tanto in vitro quanto in vivo, e são utilizados em tecidos que necessitam de um suporte temporário até que a recomposição tecidual se concretize. Dentre os vários polímeros bioabsorvíveis, se destacam os dispositivos a base do poli(L-ácido láctico) [PLLA] por apresentar boa biocompatibilidade e os produtos de sua decomposição serem eliminados do corpo por vias metabólicas. Membranas densas de PLLA ou com poros de diferentes diâmetros (> que 451lm, entre 180-2501lm e entre 250-350Ilm) foram avaliadas quanto a adesão, crescimento e diferenciação de células fibroblásticas em cultura. Observamos que as células aderem lentamente às membranas de PLLA. Uma vez aderi das, as células apresentaram variações em seus padrões morfológicos de acordo com as características estruturais do substrato no qual elas cresceram. Em todos os substratos de PLLA estudados, as células não apenas foram capazes de proliferar sobre a superficie dos mesmos como também foram hábeis em produzir uma matriz extracelular rica em colágeno tipo IV e fibronectina. Avaliamos também o comportamento das células fibroblásticas sobre blendas de PLLA com poli(hidroxibutirato-co-hidroxivalerato) [pHBV] em diferentes proporções (100/0, 60/40, 50/50, 40/60, 0/100). Nas blendas de PLLAlPHBV, também observamos a adesão celular lenta e uma morfologia variável, variando de células arredondadas à completamente achatadas e unidas por prolongamentos, de acordo com as características fisicas e topográficas do substrato. Também observamos que os substratos foram capazes de estimular a proliferação celular e a produção de um matriz extracelular rica em colágeno tipo IV e fibronectina. A análise conjunta dos resultados mostra que os diferentes substratos a base de PLLA estudados não apresentam toxicidade, uma vez que as células são capazes de crescer e proliferar sobre eles. Sobretudo, as células foram capazes de se diferenciarem sobre os diferentes polímeros, uma vez que passam a produzir uma matriz extracelular rica em colágeno IV, comportamento incomum a células fibroblástica

Abstract: Polymeric biomaterials are developed compounds used as substitutes for damaged tissue. A c1ass of biomaterials is the bioabsorbable ones, which are polymers that degrade in vitro as well as in vivo and are used in tissues that need a temporary support until its tissue regeneration happens. Among the several bioabsorbable polymers, the poly (L-acid lactic) [PLLA] based devices are eminent because their decomposition products are eliminated ITom the body by metabolic ways and due to their good biocompatibility. PLLA dense membranes or with different diameter pores (smaller than 45 Ilm, between 180-2501lm and 250-350Ilm) were evaluated by their ability of stimulating adhesion, growth and differentiation of tibroblastic cells in culture. We observed that the cells adhere slowly to the dense and porous PLLA membranes. Once adhered, they presented a differentiated morphological pattern in accordance with the substrate characteristics that they had grown. In ali the PLLA substrates studied, the cells were not on1y capable of proliferating over the substrates but also producing an extracellular matrix, rich in type IV collagen and tibronectin. We also evaluated the tibroblastic cells behavior over the different proportions blends of PLLA with poly(hydroxybutirate-co-hydroxyvalerate) [pHBV] (100/0, 60/40, 50/50, 40/60, 0/100). At the PLLA/PHBV blends, we also noticed a slowly cellular adhesion and a variable morphology according to the physical and surface substrate characteristics. We also observed that the substrate were capable of stimulating cell proliferation and the production of an extracellular matrix rich in type IV collagen and tibronectin. The results analysis show that the different PLLA based substrates studied, do not present toxicity, once the cells could differentiate over the different polymers, which was demonstrated by the production of an extracellular matrix rich in type IV collagen, an uncommon behavior to tibroblastic cells
Subject: Diferenciação celular
Células - Cultura e meios de cultura
Bacterias produtoras de acido lactico
Polímeros
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
SantosJunior_ArnaldoRodriguesdos_D.pdf11.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.