Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317789
Type: TESE
Title: Ação de agentes quimicos no processo de diferenciação celular induzida pelo feltro de colageno microcristalino "in vitro"
Author: Gallão, Maria Izabel
Advisor: Wada, Maria Lucia Furlan, 1953-
Abstract: Resumo: Muitos trabalhos têm sido feitos empregando substratos a base de colágeno para vários tipos celulares. É bem conhecida a ação indutora na diferenciação celular desta macromolécula. Neste trabalho utilizamos um feltro tridimensional de colágeno microcristalino fornecido pelo Dr E.C. Vidal (Departamento de Eiologia Celular Unicamp), como substrato para a adesão e crescimento de célulãs VERO, uma linhagem celular estabelecida partir de células renais de macaco. Este colágeno utilizado como substrato foi dividido em três grupos sendo um submetido ao tratamento com glutaraldeído, outro tratado com ácido periódico, e o terceiro permaneceu sem tratamento As amostras foram retiradas com i, 5, 10 e 15 dias de cultivo. Com os resultados obtidos pudemos concluir que este feltro de colágeno sem tratamento e com tratamento induzem um processo de diferenciação que se caracteriza por alterações na forma e no tamanho das células e por alterações no complexo DNA- proteínas, visualizadas através da coloração com Azul de toluidina. Como foi demonstrado por muitos trabalhos, o glutaraldeído tem a capacidade de aumentar as ligações cruzadas na molécula de colágeno. Devido a esta característica os fragmentos de colágeno tratados com glutaraldeído são melhor preservados, tornando-se mais resistentes à ação enzimática. O ácido periódico age sobre as porções glicosídicas da molécula de colágeno. As células que crescem sobre este substrato têm sua capacidade de adesão e de espalhamento alteradas indicando que os colágeno boidratos laterais da molécula das cadeias exercem influências no processo de adesão e espalhamento das células VERO sendo proliferação celular alterada

Abstract: Collagen bàsed substrate have been employed in many works The induction action the cell diffErentation of this macromolecule is well known Tridimensional microcristalino collagen sponge provided by Dr. S.C. Vidal Has been used àS substratum for attachment and growth of VERO cells, a cell type derived from monkey kidney vells. The collagen used as substratum has been divided in 3 groups: one under glutaraldehyde treatment, the second under periodate acid treatment, while the third remained non treated. The samples were removed after 1, 5, 10 and 15 days of grwth. The results led to the conclusion that both treated and non treated collagen sponge induce a differentiation process distinguished by alterations in shape an size of cells and modifications in the protein-DNA complex, observed by Toluidine blue staining. As widely demonstrated in other works the glutaraldehyde has the ability of increasing the number of cross-linking in the collagen molecule, making possible a better preservation of glutaraldehyde collage fragments and increased resistence to enzyme activity. The periodate acid acts on glicosidic portion of the collagen molecule the cells that grow on this substratum have attachment and spreading ability alterated, indicating that the lateral chains carbohydrates of the collagen molecule exert influence on the attachment and spreading process of VERO cells, causing a partially alterated cell proliferation
Subject: Citologia
Colágeno
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gallao_MariaIzabel_M.pdf17.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.