Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317695
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Analise histologica e estereologica do epididimo e celulas deLeydig em camundongos submetidos ao criptorquidismo experimental e orquidopexia
Title Alternative: Histological and stereological analysis of epididymis and Leydig cells in mice submitted to experimental cryptorchidism and orchidopexy
Author: Garcia, Patrick Vianna, 1978-
Advisor: Pereira, Luis Antonio Violin Dias, 1968-
Abstract: Resumo: O epidídimo de mamíferos, através da secreção de proteínas andrógeno-dependentes, é responsável pela maturação dos espermatozóides visando o processo de fecundação, alterando-os em características morfológicas e bioquímicas. O criptorquidismo é uma condição patológica congênita na qual os testículos e epidídimos permanecem alojados na cavidade abdominal do organismo, causando a interrupção da espermatogênese e a ausência de espermatozóides no epidídimo, bem como atrofia e alterações histológicas que comprometem a função do epitélio germinativo do testículo e do epitélio secretor do epidídimo. A orquidopexia consiste no posicionamento dos testículos e epidídimos à topologia normal, contudo há ainda relatos de casos de infertilidade pós-orquidopexia. Alterações no epidídimo não revertidas pela orquidopexia poderiam ser co-responsabilizadas pelo baixo índice de fertilidade em indivíduos pós-orquidopexia. O objetivo deste estudo foi descrever em camundongos C57BL/6 as alterações histológicas e estereológicas causadas pelo criptorquidismo experimental e a possível reversibilidade destas alterações pela orquidopexia. Adicionalmente, foram determinadas e comparadas as concentrações séricas de testosterona e o número e o volume do núcleo das células de Leydig em camundongos controles, submetidos à condição de criptorquidismo experimental e à orquidopexia. A condição criptorquídica causou reduções significativas nos parâmetros estereológicos avaliados, contudo as alterações epididimárias foram menos acentuadas do que as verificadas para testículos. Após a orquidopexia, os valores de todos os parâmetros no epidídimo atingiram valores significativamente semelhantes aos controles. A dosagem sérica de testosterona não foi significativamente diferente em nenhum grupo analisado. A persistência da redução no número de células de Leydig na condição criptorquídica associada à não variação dos níveis de testosterona sugerem um mecanismo compensatório da atividade das células de Leydig. Os resultados demonstram que as alterações epididimárias causadas pelo criptorquidismo podem ser revertidas pela orquidopexia. Assim, a orquidopexia pode ser considerada um método eficaz para restauração da espermatogênese e alterações histológicas da cabeça do epidídimo causadas pelo criptorquidismo e, desta forma, sugere-se que a infertilidade, pós-orquidopexia, não deve ser correlacionada às alterações sofridas pela cabeça do epidídimo

Abstract: The mammalian epididymis, through secretion of androgen-dependents proteins, is responsible for maturation of the sperm aiming fecundation process, modifying the sperm in theirs morphological and biochemical features. Cryptorchidism is a pathological condition in which testis and epididymis are retained in the abdominal cavity, resulting in interruption of the spermatogenesis and absence of sperm in the epididymis as well as atrophy and histological alterations that compromise the function of germinative epithelium of the testicle and secretor epithelium of epididymis. Orquidopexy restored the normal topology of testis and epididymis, however there are relates of cases of infertility pos-orchidopexy. Epididymis alterations not reverted by orchidopexy could be coresponsable for decrease fertility potential pos-orchidopexy. The aim of this study was to describe in mice (C57BL/6) by histology and stereological parameters the alterations induced by experimental cryptorchidism in epididymis and testis and the possible reversibility of these alterations by orchidopexy. Additionally were determined and compared serum levels of testosterone, number and nuclear volume of Leydig cells in mice controls and mice submitted to experimental cryptorchidism and orchidopexy. The cryptorchidic conditions caused significantly reduction of stereological parameters that were analyzed, however the epididymal alterations were less decreased than testicular alterations. After orchidopexy, the values of all parameters in the epididymis were significantly similar to controls. The serum testosterone levels were not significantly different among the groups analyzed. The decreased number and nuclear volume of Leydig cells in cryptorquidic conditions not associated with variations of the serum testosterone levels suggest a compensatory mechanism of the Leydig cells activity. The results showed that alterations in caput of epididymis and interruption of spermatogenesis caused by cryptorchidism can be reverted by orchidopexy, suggesting that the infertility, pos-orchidopexy, does not have to be correlated to the alterations suffered by the caput of the epididymis
Subject: Criptorquismo
Epidídimo
Leydig, Células de
Orquiopexia
Testículos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Garcia_PatrickVianna_M.pdf2.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.