Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317657
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Isolamento e caracterização de celulas endoteliais prostaticas e a modulação do seu comportamento por celulas musculares lisas
Title Alternative: Characterization and isolation of prostatic endothelialcells and modulation of your behavior by smooth muscle cells
Author: Oliveira, Silvia Borges Pimentel de
Advisor: Gomes, Laurecir, 1954-
Abstract: Resumo: Interações entre o epitélio e o mesênquima/estroma são importantes em diversos estágios da morfogênese, na diferenciação celular e na função geral de diversas glândulas. Na próstata, a função secretora do epitélio nos animais adultos é regulada por andrógenos que tem participação direta na manutenção do estado ativo da glândula. Sabe-se que o endotélio é um dos primeiros elementos prostáticos a responder à eliminação do estímulo androgênico e a responder à sua reposição. Entretanto, a célula endotelial não apresenta receptor para andrógenos, o que leva a crer que a modulação do seu comportamento ocorra indiretamente pela ação de fatores locais produzidos por diferentes tipos celulares. Este trabalho teve como objetivo isolar, caracterizar e cultivar células endoteliais prostáticas, assim como avaliar a possível regulação do seu comportamento por células musculares lisas que correspondem ao principal tipo celular do estroma prostático. Culturas primárias de células endoteliais da próstata de ratos foram obtidas e caracterizadas a partir de sua morfologia e expressão do fator von Willebrand e dos receptores Flk-1 (VEGFR-1) e Flt-1 (VEGFR-2) marcadores específicos de células endoteliais, e de sua habilidade em formar estruturas parecidas com capilares quando cultivadas sobre Matrigel. Não foi observado efeito sobre a proliferação celular quando estas células foram cultivadas na presença de meio condicionado por células musculares lisas, sobre diferentes substratos (plástico, colágeno, matrigel). Entretanto, o meio condicionado pelas células musculares lisas reforçou o efeito de indução da diferenciação em estruturas similares a capilares. Foi também detectado que o meio condicionado inibe a secreção de angiopoietina-1 pelas células endoteliais quando cultivadas sobre colágeno e estimula a secreção de angiopoietina-2 quando as células foram cultivadas sobre Matrigel. Os dados obtidos demonstram que o protocolo utilizado resultou em uma população homogênea de células endoteliais prostáticas e que, as células musculares lisas, produzem fatores solúveis capazes de regular diferencialmente o comportamento das células endoteliais, de acordo com o substrato

Abstract: Interactions between the epithelium and mesenchyme/stroma are important in different stages of morphogenesis, differentiation and function of most glands. In the prostate, the secretory function of the epithelium in adult animals is regulated by androgens, which have direct roles in maintaining prostate activity. It is well known that the endothelium is the first prostatic compartment to respond to androgen deprivation and to its reposition after castration. However, the endothelial cell does not express the androgen receptor and this led us to believe that the altered behavior in response to androgen is modulated by soluble factors produced by other cell types that can sense androgen levels. The objective of this work was to isolated, characterize and culture prostatic endothelial cells, as well as to evaluate its possible regulation by smooth muscle cells, which are the predominant cell type in the prostate stroma. Primary cultures of rat ventral prostate endothelial cells were isolated, maintained in culture and characterized by their morphology, expression of von Willebrand factor, Flk-1 (VEGFR-1) and Flt-1 (VEGFR-2) receptors, and ability to form capillary-like structures on Matrigel. When these cells were cultured in the presence of smooth muscle cell conditioned medium, on different substrata (plastic, collagen, matrigel) there was no variation in cell proliferation. However, the smooth muscle cell conditioned medium reinforced the formation of capillary-like structures in Matrigel. It was also observed that the smooth muscle cell conditioned medium inhibited the secretion of angiopoietin-1 when the cells were cultured on collagen and stimulated the secretion of angiopoietin-2 when the cultured on Matrigel. Altogether, our data indicate that the protocol employed here resulted in a highly homogenous population of prostate-derived endothelial cells and that smooth muscle cells produce soluble factors capable of differentially regulating the behaviour of endothelial cell, as a function of the substratum
Subject: Prostata
Isolamento imunomagnético
Matrigel
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_SilviaBorgesPimentelde_D.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.