Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317617
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Atividade antitumoral, antiinflamatória e antiulcerogênica de duas variedades de própolis brasileira
Title Alternative: Antitumoral, antiinflamatory and antiulcerogenic activity of two types of brasilian propolis
Author: Madjarof, Cristiana
Advisor: Carvalho, João Ernesto, 1954-
Abstract: Resumo: A própolis é uma resina coletada por abelhas da espécie Apis mellifera e atualmente esse produto vem se destacando por apresentar propriedades biológicas interessantes, como atividade antimicrobiana, antiinflamatória, antiulcerogênica, antiviral, antioxidante e anticâncer. A própolis brasileira apresenta uma constituição química diferenciada principalmente pela diversidade de espécies vegetais para a retirada de resina; variação esta que aponta para a necessidade de novas investigações tanto da composição química quanto das propriedades biológicas das própolis encontradas em diferentes regiões do país. Neste trabalho, duas novas variedades de própolis, a vermelha (Alagoas) e a pertencente ao grupo 6 (Bahia), foram avaliadas quanto às atividades antitumoral, antiinflamatória e antiulcerogênica revelando resultados diferenciados e promissores com relação a essas atividades. Ambos os extratos brutos das própolis demonstraram atividade antiproliferativa nos ensaios in vitro em cultura de células tumorais, bem como suas frações e compostos isolados; mas quando avaliadas in vivo, observou-se que a própolis vermelha demonstrou maior potência e baixa toxicidade. O mesmo foi observado nos ensaios in vivo para atividade antiinflamatória, podendo essa atividade, estar relacionada à atividade antitumoral. Já para a atividade antiulcerogênica ambas as própolis reduziram o volume de secreção gástrica, sendo esse o provável mecanismo de ação para essa atividade.

Abstract: Propolis is a resinous product collected by Apis mellifera bees and has been used as a pharmaceutical because of its antimicrobial, antiinflammatory, antiulcer, antiviral, antioxidant and anticancer activities. Depending on the region, Brazilian propolis has presented a different chemical composition has a composition reflecting the rich biodiversity of vegetal species to collect the resins. This suggests that further studies are needed to investigate biological properties and chemical composition of each regional propolis. The aim of this study was to investigate antitumoral, antiinflamatory and antiulcerogenic activities of two new types of propolis, collected in Alagoas (called Red Propolis) and in Bahia (a propolis from Group 6). Both propolis etanolic crude extracts had demonstrated an antiproliferative activity in vitro in human tumoral cells, as well their fractions and isolated compounds, although in vivo evaluation pointed out that red propolis was more efficient and less toxic. The same result was observed to antiinflamatory activity and probably there is a relationship with antitumoral activity. Antiulcerogenic activity of both própolis was significative and probably due to gastric secretion reduction as the pharmacological mechanism of action.
Subject: Agentes antineoplásicos
Anti-inflamatórios
Drogas antiulcerogênicas
Própolis
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Madjarof_Cristiana_D.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.