Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317616
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Caracteristicas estruturais da junção músculo papilar - corda tendínea em animais normais e hipertensos
Author: Farje, Luis Alberto Domingo Francia
Advisor: Soares, Jair de Campos
Abstract: Resumo: A junção musculotendínea (JMT) é a região de transição entre o tendão e o tecido muscular. Este trabalho visa avaliar as características mOrfológicas da JMT, através de técnicas de microscopia de luz, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia eletrônica de transmissão (MET), assim como avaliar o papel da vinculina nessa região por meio da técnica de imunofluorescência na JMT em corações de ratas hipertensas (SHR - Spontaneous Hypertensive Rats) e normais. Os corações (16 SHR e 28 normais) foram retirados e processados para serem estudados à microscopia de luz, MET e MEV. À microscopia de luz, observaram-se as cordas tendíneas ramificando-se e os feixes de colágeno penetrando nas digitações da porção terminal do músculo papilar em ambos os grupos. A densidade de colágeno (embora não avaliada quantitativamente) mostrou-se maior nos animais SHR. O estudo em MEV mostrou que o ápice do músculo papilar das ratas SHR apresentaram-se morfologicamente mais alargado. Os miócitos SHR apresentaram as características gerais dos miócitos de animais normais, ou seja, têm formato alongado, corpo cilíndrico e ápices cônicos. Suas extremidades, em alguns casos, ramificam-se. A MET, pequena quantidade de substancia fundamental amorfa e numerosas vesículas sarcoplasmáticas foram observadas no ápice da fibra muscular de animais SHR. No estudo com Imunofluorescência (lF), observou-se que a fluorescência era mais evidente nos animais SHR, onde a marcação do sarcolema apresentava distribuição regular da vinculina formando estriações transversais nas fibras do músculo papilar. Estas estrias tinham conexão com o sarcolema, aparentemente em nível do disco Z do sarcômero. Este resultado sugere que esta proteína desenvolve papel importante na transmissão de força, já que, nas JMT dos animais SHR, a marcação da vinculina é muito mais evidente. Nos animais SHR, a perda da transmissão de força poderia ser compensada pela maior densidade e aumento de feixes cOlágenos da conexão músculo papilar -colágeno-valva
Subject: Coração
Músculos
Ultraestrutura (Biologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FARJE, Luis Alberto Domingo Francia. Caracteristicas estruturais da junção músculo papilar - corda tendínea em animais normais e hipertensos. 2004. 66f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317616>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Farje_LuisAlbertoDomingoFrancia_M.pdf7.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.