Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317485
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Utilização de inibidores enzimáticos em Leishmania amazonensis
Title Alternative: Use of enzyme inhinibitors in Leishmania amazonensis
Author: Barbosa, Ademar Mesquita, 1973-
Advisor: Giorgio, Selma, 1962-
Abstract: Resumo: A leishmaniose tegumentar americana é uma doença causada pelos parasitas do gênero Leishmania e atualmente, está em franca expansão em todos os estados da federação. O tratamento é problemático, tendo em vista que os fármacos preconizados são de difícil administração e com sérios efeitos colaterais. Este trabalho foi realizado com o objetivo de testar compostos sintéticos, desenvolvidos pelo grupo de Química da USP/São Carlos. A avaliação de compostos com ação sobre enzimas do metabolismo foi realizada em formas promastigotas de Leishmania amazonensis e em cultura de macrófagos peritoneais murinos. Os resultados mostraram que dos 17 compostos testados, 3 (IDs 71S, 130S e 195 que são inibidores da enzima diidroorotato desidrogenase - DHODH) foram tóxicos para promastigotas de L. amazonensis-GFP, em ensaios de contagem em microscópio óptico e medição de fluorescência em espectro-fluorimêtro, apesar de que somente o ID 71S o ID 130S foram considerados significativos pela analise estatística. Esses inibidores reduziram a infecção com amastigotas em cultura de macrófagos peritoneais murinos, mas foram tóxicos para essas culturas de macrófagos. O composto ID 195 foi tóxico para os macrófagos nas concentrações mais altas. Em outro experimento demonstrou-se que em concentrações menores o ID 195 não foi tóxico para macrófagos, mas também não reduziu o numero de amastigotas no interior dos macrófagos

Abstract: Leishmaniasis is a disease caused by parasites of the genus Leishmania and currently is expanding in all states. Treatment is problematic, given that the recommended drugs are difficult to administer and serious side effects. The present study aims to test synthetic compounds, developed by the group of Chemistry, USP / São Carlos. The evaluation of compounds that act on enzymes of metabolism was performed in promastigotes of Leishmania amazonensis in cultured murine peritoneal macrophages. The results showed that the 17 compounds tested, three IDs (71S, 130S and 195 are dehydrogenase inhibitors enzima diidroorotato - DHODH) were toxic to promastigotes of L. amazonensis-GFP, in assays counting under a light microscope and measuring fluorescence spectra-fluorometer, though only the ID of the ID 71S 130S were considered significant by statistical analysis. These inhibitors are reduced infection with amastigotes in cultured murine macrophages peritoneias but these were toxic to macrophage cultures. The compound ID 195 was toxic to macrophages at the higher concentrations. In another experiment it was shown that at concentrations below 195 the ID was not toxic to macrophages, but did not reduce the number of amastigotes inside macrophages
Subject: Inibidores enzimaticos
Leishmania
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BARBOSA, Ademar Mesquita. Utilização de inibidores enzimáticos em Leishmania amazonensis. 2013. 69 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317485>. Acesso em: 23 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_AdemarMesquita_M.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.