Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317340
Type: TESE
Title: Estrutura genética de populações de Echinolittorina lineolata (Mollusca:Gastropoda) em São Paulo
Title Alternative: Genetic structure of Echinolittorina lineolata (Mollusca:Gastropoda) populations in São Paulo
Author: Salloum, Priscila Madi, 1990-
Advisor: Solferini, Vera Nisaka, 1957-
Abstract: Resumo: A estrutura genética de populações marinhas pode ser avaliada de dois modos: espacial e temporal. Nesse ambiente, fatores diferentes funcionam como barreiras ao fluxo gênico para espécies distintas, apesar da expectativa de que animais com grande capacidade de dispersão apresentem populações panmíticas ao longo de sua distribuição. Echinolittorina lineolata (D¿Orbigny 1840) é um gastrópode comum na costa brasileira e que apresenta larvas com elevada capacidade de dispersão, sendo um interessante modelo para avaliar estrutura genética em ambiente marinho. Este trabalho utilizou abordagens espacial e temporal para avaliar a variabilidade genética e a estrutura populacional de E. lineolata em duas praias do estado de São Paulo. Quatro coletas de juvenis dessa espécie foram feitas em intervalos de 40 dias; três regiões do DNA mitocondrial foram utilizadas como marcadores moleculares, sendo duas regiões do gene citocromo-b (Cyt-b) e uma do gene citocromo oxidase I (CO-1). Os índices de diversidade haplotípica e nucleotídica foram baixos, o que é semelhante a outras espécies marinhas. Redes de haplótipo, análises de variância molecular e a estatística FST evidenciaram estrutura genética entre amostras das duas praias (espacial) e entre amostras das quatro coletas (temporal). Dois fatores foram considerados como prováveis geradores da estrutura genética observada nesses juvenis de E. lineolata: variações geográficas ou oceanográficas locais e variância no sucesso reprodutivo

Abstract: The genetic structure of marine populations can be evaluated by two modes: spatial and temporal. In this environment, different factors work as barriers to gene flow for different species, although animals with high dispersal ability are expected to present panmitic populations along their range. Echinolittorina lineolata (D¿Orbigny 1840) is a common gastropod on the Brazilian coast and has larvae with high dispersal ability, being an interesting model to evaluate genetic structure in the marine environment. This work used spatial and temporal approaches to evaluate the genetic variability and population structure of E lineolata in two beaches of the São Paulo state. Four collections of juveniles were done in 40-days intervals; three regions of the mitochondrial DNA were used as molecular markers: two from cytochrome-b gene (Cyt-b) and one from cytochrome oxidase I gene (CO-1). The haplotype and nucleotide diversity indexes were low, similar to other species. Haplotype networks, analyses of molecular variance and FST statistics indicated genetic structure among the two beaches¿ samples (spatial) and among the four collections¿ samples (temporal). Two factors were considered as likely drivers of the observed genetic structure on these juveniles: local geographic or oceanographic variations and variance in the reproductive success
Subject: Estruturação genética
Molusco
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Salloum_PriscilaMadi_M.pdf751.66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.