Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317336
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Variabilidade genetica em algumas especies de Bulbophyllum Thouars (Orchidaceae) de campos ruprestes
Author: Farinaci, Juliana Sampaio, 1972-
Advisor: Solferini, Vera Nisaka, 1957-
Abstract: Resumo: Bulbophyllum ipanemense, 8. involutum e 8. weddellii são orquídeas de campos rupestres que crescem diretamente sobre as rochas e são polinizadas por fêmeas de Pholeomyia (Diptera: Milichidae). Dezesseis amostras destas espécies, coletadas em diferentes localidades nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Bahia foram analisadas citoge netica mente. Somente cinco destas amostras apresentaram-se constituídas por indivíduos diplóides, com 2n=38, sendo as demais possivelmente poliplóides, com 2n=ca.72. As amostras diplóides foram analisadas quanto à estruturação e variabilidade genéticas através de eletroforese de isozimas utilizando oito locos enzimáticos. Foi encontrado grande polimorfismo enzimático e alta variabilidade genética (He entre 36,9% e 49,7%). O valor de !ir (=0,0524) para 8.ipanemense indica uma estruturação genética moderada, mas que não deve ser negligenciada. Estes resultados não são esperados em espécies de distribuição disjunta, cujos polinizadores são pequenos insetos que, julga-se, não sejam capazes de voar longas distâncias. Assim, a alta homogeneidade genética entre as amostras estudadas sugere que a dispersão de sementes nestas espécies deve ser um fator mais importante na manutenção do fluxo gênico do que geralmente se julga. Também é possível que amostras de diferentes localidades estejam sujeitas a diferentes pressões seletivas, pois o fluxo gênico não é totalmente livre, mesmo entre amostras de localidades bastante próximas. Isto indica que as amostras locais devem de fato representar populações distintas. A comparação com outro trabalho realizado com orquídeas também rupícolas e miiófilas de campos rupestres indica que a alta variabilidade encontrada pode estar relacionada às características ecológicas comuns a estas plantas. A alta incidência de indivíduos poliplóides sugere que esta possa ser uma característica com algum valor adaptativo no ambiente que estas plantas ocupam

Abstract: Bulbophyllum ipanemense, B. ínvolutum and B. weddellíl are orchids trom 'campos rupestres' that grow directly on rocks and are pollinated by Pholeomyia (Diptera: Milichidae) females. Sixteen samples of these plants, collected in different localities in .Minas Gerais, São Paulo and Bahia were analyzed citogenetically. Only five out of these sixteen samples were constituted by diploid individuals, with 2n=38. The other samples have putative polyploids, with 2n=ca.72. Eight loci were studied in the diploid samples through isozyme electrophoresis. Genetic variability was high, with great enzymatic polymorphism and He between 36.9% and 49.7%. The & score (=0.0524) in B.ipanemense suggests moderate, but not negligible, genetic structure. These results were not expected for species with disjunct distribution whose pollinators are small insects, as they are not supposed to be able to fly great distances. Therefore, genetic homogeneity shown by the studied samples suggests that seed dispersal might be more important for gene flow maintainance than it is generally thought. As gene flow is not completely free, even between samples from rather dose localities, it is also possible that the different localities are exposed to different selective pressures. This indicates that the local samples may actually represent distinct populations. Comparison with similar results from another study of rupiculous and fly-pollinated orchids from 'campos rupestres' indicates that the high genetic varlability may be related to the ecological features that these plants have in common. The high incidence of polyploids in Bulbophyllum may suggest some relation between polyploidization and titness
Subject: Linhagem (Genética)
Orquídea
Poliploide
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FARINACI, Juliana Sampaio. Variabilidade genetica em algumas especies de Bulbophyllum Thouars (Orchidaceae) de campos ruprestes. 2001. 47f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317336>. Acesso em: 27 jul. 2018.
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Farinaci_JulianaSampaio_M.pdf3.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.