Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317334
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito de diferentes intensidades de exercício resistido na atividade biológica das MMP-2 e MMP-9 e na organização dos feixes de colágeno em tendão calcâneo de rato Wistar
Title Alternative: Effects os different resistance exercise intensities in the biological activity of MMP-2 and MMP-9 and organization of collagen bundles in Achilles tendon Wistar rat
Author: Mazon, Josete, 1975-
Advisor: Pimentel, Edson Rosa, 1949-
Abstract: Resumo: Os diferentes protocolos ou métodos de treinamento resistido são os treinamentos de hipertrofia, de força e o de resistência. O treinamento resistido vem se tornando cada vez mais estudado por pesquisadores devido à importância para a manutenção da saúde e para o desempenho dos atletas. Este tipo de treinamento pode evitar possíveis lesões por meio do fortalecimento de músculos e tendões. Entre os vários tendões, o tendão calcâneo é um dos mais estudados na medicina esportiva. O tendão calcanear possui matriz extracelular (MEC), constituída por fibras de colágeno e elastina, glicoproteínas não colagênicas e proteoglicanos, e capaz de se adaptar a diferentes estímulos biomecânicos. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi analisar a resposta de diferentes protocolos de treinamento resistido como hipertrofia, força e resistência, sobre a organização dos tendões calcaneares após treinamento. Ratos Wistar foram divididos nos grupos: não-treinado (NT), treinamento de resistência (TR), treinamento de hipertrofia (TH) e treinamento de força (TF). O protocolo de treinamento em plataforma de escalada vertical foi realizado três dias por semana, durante doze semanas para todos os grupos de treinamento. A quantificação de hidroxiprolina, que infere na concentração de colágeno total no tecido, mostrou maior concentração nos grupos TH e TR em relação ao grupo NT. Com relação à dosagem de proteínas não colagênicas foi observada maior concentração no grupo TR quando comparado aos demais grupos. Na microscopia de polarização as medidas de birrefringência para detecção da organização das fibras de colágeno nos tendões mostraram maior birrefringência no grupo TH e menor valor no grupo TF, quando comparados ao grupo NT. Na densitometria de bandas (pixels), o grupo TF apresentou maior valor para a isoforma latente da MMP-9 quando comparado com os grupos TH, TR e NT. A banda correspondente à isoforma ativa da MMP-9 foi mais proeminente no grupo TH. Na zimografia para MMP-2 a densitometria de bandas mostrou diferenças significativas da isoforma latente entre os grupos TH e NT. Na análise das isoformas intermediária e ativa foram encontrados resultados significativos quando comparados os grupos de treinamento ao grupo não-treinado. Nos cortes corados com azul de toluidina (AT), maior metacromasia foi observada na região distal dos tendões dos grupos TH e TR. Concluímos que estes protocolos promoveram diferentes respostas na MEC principalmente na concentração de colágeno total, quantidade de MMP-2 e MMP-9 e na organização dos feixes de colágeno, sugerindo que os protocolos promovem efeitos de remodelamento na MEC

Abstract: The calcaneal tendon has an fibrous extracellular matrix (ECM) consisting of collagen, glycoproteins and proteoglycans, and it is able to adapt to different biomechanical stimuli. In this sense, the objective of this study was to analyze the response of different resistance-training protocols, such as hypertrophy, strength and resistance, on the organization of the calcaneal tendon after training. Wistar rats were divided into the following groups: untrained (UT), resistance training (RT), hypertrophy training (HT), and strength training (ST). The training protocol in vertical climbing platform was performed thrice per week during twelve weeks. The quantification of hydroxyproline, which infers the total collagen concentration in the tissues, showed higher concentrations in the HT and RT groups compared with the NT group. Regarding the levels of non-collagenous proteins, a higher concentration was observed in the RT group when compared with the other groups. In polarization microscopy, the birefringence measures for the detection of collagen fibers organization in the tendons showed higher birefringence in the HT group and lower birefringence in the ST group when compared with the NT group. In densitometry of bands (pixels), the ST group showed a higher value for the latent MMP-9 isoform compared with the HT, UT and RT groups. The band corresponding to the active MMP-9 form was more prominent in the HT group. In zymography for MMP-2, the densitometry of bands showed significant differences of the latent isoform between the HT and UT groups. In the analysis of intermediate and active isoforms, significant results have been found when comparing the trained groups with the non-trained group. In sections stained with toluidine blue (TB), higher metachromasia was observed in tendon's distal region in the TH and TR groups, as this area is subject to compression forces, indicating greater amount of proteoglycans. We conclude that these protocols produced different responses in the ECM, especially in total collagen concentration, amount of MMP-2 and MMP-9, and in the organization of collagen bundles, suggesting that the protocols promote a remodeling effect on the ECM
Subject: Colágeno
Exercícios físicos
Tendão calcanear
Matriz extracelular
Editor: [s.n.]
Citation: MAZON, Josete. Efeito de diferentes intensidades de exercício resistido na atividade biológica das MMP-2 e MMP-9 e na organização dos feixes de colágeno em tendão calcâneo de rato Wistar. 2015. 1 recurso online ( 46 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317334>. Acesso em: 29 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mazon_Josete_D.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.