Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316970
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Variação morfologica em populações brasileiras de Drosophila melanogaster : variação latitudinal e temporal, herdabilidade e associação com inversões cromossomicas
Title Alternative: Morphological variation in Brazilian populations of Drosophila melanogaster: latitudinal and temporal variation, heritability and association with chromossomal inversions
Author: Silva, Laura Helena Hafner da
Advisor: Klaczko, Louis Bernard, 1953-
Abstract: Resumo: O presente trabalho tem como objetivo caracterizar a variação do tamanho e forma das asas de populações de Drosophila melanogaster em três pontos ao longo de uma grande amplitude latitudinal na costa brasileira. O trabalho foi feito a partir de coletas realizadas no Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre, e os seguintes aspectos foram abordados: 1) variação geográfica; 2) variação temporal; 3) herdabilidade; e 4) a influência de inversões cromossômicas. Para este fim, o método da elipse foi aplicado a imagens digitalizadas das asas, e foram analisados: o tamanho das asas, sua forma e as posições dos pontos de junção e das extremidades das veias (caracterizadas por suas coordenadas angulares é radiais, essas padronizadas pelo tamanho da asa). Os resultados obtidos mostraram que a variação de tamanho em D. melanogaster no Brasil segue a tendência mundial de formação de clines latitudinais, com indiv.íduos maiores sendo encontrados a latitudes também maiores. No entanto, a herdabilidade e a variação temporal entre múltiplas coletas realizadas no Recife e no Rio de Janeiro não apresentou um padrão regular nítido. O único efeito consistente e significativo de inversões cromossômicas que pudemos observar foi o de In(3R)Payne sobre o tamanho corporal, sendo também consistente com achados prévios descritos na literatura. Entretanto, não detectamos efeito significativo de interação genótipo-ambiente, quer entre coletas, quer entre localidades

Abstract: The present work aims to characterize the variation of wing size and shape in Drosophila melanogaster populations from three localities distributed along a wide latitudinal range of the Brazilian coast. The work was performed based on collections made in the cities of Recife, Rio de Janeiro and Porto Alegre. The aspects studied were: 1) geographic variation; 2) temporal variation; 3) heritability; and 4) the influence of chromosomal inversions. To this end, the ellipse method was applied to digitized images of the wings. We analyzed wing size, wing shape and the position of vein junctions and extremities (characterized by their angular and radial coordinates, the latter being standardized by wing size). The results obtained showed that size variatiorn in Brazilian D. melanogaster follows the worldwide tendency toward the formation of latitudinal clines, with larger individuaJs being found at higher latitudes. However, the heritability and temporal variation among multiple collections performed in Recife and Rio de Janeiro did not show a clear regular pattern. The only consistent and significant effect of chromosomal inversions that we could observe was that of In(3R)Payne on body size, which is also consistent with previous findings reported in the literature. However, we did not detect a significant effect of genotype-environment interactions, neither among collections, nor among localities
Subject: Drosophila melanogaster
Clines
Inversão cromossômica
Variação morfológica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_LauraHelenaHafnerda_M.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.